Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Genes da infidelidade? Só os homens têm, diz a ciência

Tapa Da Pantera
há 8 meses305 visualizações

Um número que assusta: de modo geral, 1/4 das pessoas casadas são infiéis. A informação é da antropóloga e pesquisadora de comportamento humano da Universidade Rutgers, Helen Fisher. Mas por que isso, hein?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Genes da infidelidade? Só os homens têm, diz a ciência

Segundo a especialista, algumas pessoas traem como desculpa para deixar as parceiras atuais. Outras só querem se sentir mais especiais, mais atraentes. Os motivos, enfim, são variados. Inclusive genéticos.

Segundo biólogos suecos, o rato da pradaria, único roedor monogâmico, não tem um gene particular que influencia no hormônio antidiurético. Este, por sua vez, atua no comportamento social e na motivação sexual. 

Os homens com este gene, também apelidado de “gene da infidelidade”, tiveram mais crises no casamento durante o período em que foram estudados. Homens sem este gene foram mais fiéis. E mulheres não têm este gene.  

7 fatos sobre paqueras que todos (até os casados) precisam saber

PrincessButtercup
há 8 meses207 visualizações

Para muita gente, paquerar é uma experiência TENSA. É difícil criar coragem para puxar papo, mais difícil ainda saber que assuntos levantar, e quase impossível conduzir a conversa até o momento de conseguir algo (um beijo, um abraço, o que for) sem aquele medo constante de falar algo errado e jogar tudo pelo ralo.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
7 fatos sobre paqueras que todos (até os casados) precisam saber

Maaaas isso fica mais fácil depois de um pouco de experiência. E fica muito mais fácil se a gente souber de certas coisas como:

1. Pessoas paqueram por seis motivos diferentes

Eles foram identificados pelo professor David Dryden Henningsen, da Universidade Northern Illinois, nos EUA:

- Sexo (para levar alguém para a cama, claro)

- Diversão (há quem trate paquera como esporte)

- Exploração (experimentar como seria estar em uma relação)

- Relação (para tentar aumentar a intimidade de uma relação)

- Autoestima (autoexplicativo, né?)

- Instrumental (para quem tenta obter algo de outra pessoa)

Importante: na pesquisa, o professor Henningsen entrevistou 101 mulheres e 99 homens. Os motivos mais frequentes para os homens são os sexuais; para as mulheres, os relacionais.

2. Há maneiras cientificamente mais eficientes de iniciar uma paquera

Uma psicóloga da Universidade do Alaska entrevistou 600 pessoas sobre a eficácia de três tipos de frases que iniciam paqueras. As respostas foram divididas, mas o estudo apontou que, de modo geral, homens preferem aproximações diretas, enquanto mulheres preferem perguntas inofensivas.

3. Homens superestimam o interesse de mulheres

Vários estudos confirmam essa tese. Entre pessoas heterossexuais, homens tendem a perceber um interesse sexual das mulheres muito maior do que ele realmente é. No caso delas, acontece o contrário. Mulheres tendem a se sentir menos desejadas do que realmente são.

4. Características mais atraentes dependem do gênero

Não parece nenhuma surpresa, mas também é uma teoria apoiada por pesquisas. Felicidade é a expressão mais atraente para mulheres, mas uma das menos atraentes para homens. O inverso acontece com o orgulho.

5. Paquerar pode te fazer mais interessante

Um psicólogo evolucionista da Universidade do Novo México afirma que flertar é um processo de negociação que acontece após os primeiros momentos da atração. Segundo ele, o melhor é revelar seu interesse aos poucos. A paquera, então, passa a ser algo que aumenta o nível de atratividade entre os dois.

6. O sol ajuda

Um psicólogo fez uma experiência que sugere que o clima exerce grande papel nas chances de você ter sucesso na paquera. Ele observou homens de 20 anos de idade abordando mulheres nas ruas da França e pedindo seus números de telefone. O resultado mostrou que mais mulheres deram seus números em dias de sol.

7. Casais também precisam paquerar

Um estudo da Universidade de Kentucky analisou 164 pessoas casadas e apontou que a maioria paquerava o cônjuge de maneiras sutis - como sussurrar no ouvido. É uma maneira de manter e enfatizar a intimidade. É como se casados quisessem criar “um mundo particular”, só deles.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.