Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Marcos diz que Emilly 'não ficou roxa' como se isso amenizasse agressão

Tapa Da Pantera
há um mês2.7k visualizações

O cirurgião plástico Marcos Harter, participante do BBB 17, esteve no Superpop, de Luciana Gimenez, e voltou a comentar o episódio com Emilly que terminou com sua expulsão da casa. O cirurgião se defendeu, mas deu uma escorregada nas palavras e acabou não conseguindo melhorar sua situação.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Marcos diz que Emilly 'não ficou roxa' como se isso amenizasse agressão

“Eu passei do ponto, sim. Foi no final de uma festa, eu tinha bebido… Não justifica, mas acho que estava na hora de eu sair”, disse à apresentadora. “Ela não ficou roxa mediante as minhas ações. Lá dentro, a gente tinha várias provas, inclusive mecânicas, prensando a pessoa, provas de resistência mais intensas do que eu imaginava. Volta e meia a gente ficava roxo.”

Traduzindo: Marcos disse que as marcas roxas mostradas por Emilly à polícia não eram por causa dele. Ah, então beleza, né? Se ela não ficou roxa, então a agressão foi besteirinha? Pelo foi isso que ele deu a entender no Superpop.

O cirurgião plástico também culpou a pressão do reality show, a saída do amigo Mamão da casa e conta que tentou terminar o relacionamento com Emilly algumas vezes, mas que isso não aconteceu por causa do confinamento.

A Rede Globo também foi apontada como culpada por Marcos. Ele disse que faltou transparência por parte da emissora e que “enfrentava uma disputa não apenas com os participantes, mas com a produção também. Eu não estava de acordo com a forma com a qual nos tratavam.” O cirurgião afirmou que os outros participantes aceitavam os maus tratos da emissora porque não queriam sofrer a punição que ele sofreu. Coitadinho, não? Agrediu a moça, mas a culpa é da Globo. 

5 melhores maneiras de superar o fim de uma relação

Tapa Da Pantera
há um mês3.5k visualizações

Se tem uma coisa que nunca é fácil na vida, é terminar uma relação. Umas doem mais, outras machucam menos, mas se você se dedicou de verdade àquela parceria, fica sempre um gosto amargo quando acaba, além daquele monte de perguntas. Por que não deu certo? O que eu poderia ter feito? O que vou fazer agora?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
5 melhores maneiras de superar o fim de uma relação

Muita calma nessa hora. Não adianta se desesperar. Segundo um estudo publicado no The Journal of Positive Psychology, a gente leva 11 semanas para superar uma separação. Sim, parece muito, mas há maneiras de lidar com isso sem entrar em depressão e mantendo um nível de vida saudável.

1. Bote para fora

Chore. Chore mesmo. É muito importante reconhecer o que aconteceu e o quanto aquilo vai afetar você nos próximos dias. Se você está sentindo falta, admita isso. Quanto mais você tentar negar o que está passando, pior será esse período. Além disso, vários estudos mostram que refletir sobre o fim de um relacionamento ajuda a superá-lo.

2. Corte relações

5 melhores maneiras de superar o fim de uma relação

Se acabou, acabou. De vez. Não tente ficar reatando. Não fique stalkeando o outro nas redes sociais. Corte ligações. Mesmo. Pode parecer rude no começo, mas o melhor a fazer é mesmo dar unfollow, unfriend, block, o que for. Um estudo de 2012 entrevistou 464 pessoas e apontou que aqueles que continuavam amigos dos ex no Facebook viviam níveis de estresse mais altos.

3. Converse com alguém

Fale muito. Fale com os pais, os irmãos, os amigos, o barbeiro, a manicure, quem for. O importante é falar e se livrar daquele peso emocional durante o papo. Falar vai, inclusive, te ajudar a encontrar um novo amor. Um estudo feito em 2014 constatou que pessoas que entravam logo em novos relacionamentos lidavam melhor com aquele período do que as que continuavam solteiras.

4. Escreva

5 melhores maneiras de superar o fim de uma relação

Faça um diário, um blog, qualquer coisa. Não precisa usar o espaço para criticar a outra pessoa, mas colocar todos os sentimentos por escrito faz parte do processo de “botar para fora” e, ao mesmo tempo, refletir sobre o que aconteceu e o que não deu certo.

5. Curta a vida

Presenteie-se. Passe uns dias num spa ou num hotel bacana, matricule-se em algum curso que você vinha querendo fazer mas não tinha tempo, encontre uma aventura. Tudo isso vai te fazer mais feliz e deixar sua mente mais leve.

(Fotos via Pixabay)

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.