Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Nova mania mórbida na internet: conheça o #deadpose challenge

Já teve #IceBucketChallenge (aquele do balde de gelo, lembra?), já teve #MannequinChallenge (aquele que todo mundo fica parado enquanto alguém filma o lugar inteiro) e agora eis que surge na internet um desafio um tanto… mórbido. É o #Deadpose Challenge. Nele, as pessoas têm que se fingir de mortas. E o povo já mostra muita criatividade, viu?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

#deadpose

A photo posted by Lisa (@elisa_malebo) on

Esse desafio “teatral” começou na África do Sul e supostamente (“supostamente” porque é realmente difícil tem certeza dessas coisas de internet hoje em dia) foi criado pelo estudante Karabo Mnisi, de 19 anos, um morador da cidade de Pretória. Ele disse que se inspirou em uma famosa cena da época do apartheid - a imagem de Hector Pieterson, morto no Soweto em 1976.

Nova mania mórbida na internet: conheça o #deadpose challenge

Mnisi espera que a mania continue a crescer. Seu objetivo, contudo, é modesto. Ele quer ter 40 mil seguidores no Facebook. Isso significaria que ele seria a “celebridade de Facebook” mais seguida na África do Sul.

A questão toda é que o #Deadpose Challenge não anda tão popular assim. Embora muita gente tenha abraçado o desafio, há também quem diga que é uma brincadeira de mau gosto e que traz má sorte.

#DeadPose for 2017😂😂😂😂😂😂😂

A photo posted by future mfana (@future___mfana) on

Será mesmo que dá azar? Você vai se arriscar?

Ele foi preso por roubar um controle remoto e agora vai passar 22 anos na cadeia

Tapa Da Pantera
há 9 meses17 visualizações

Essa é daquelas notícias que você lê o título nos sites e não entende nada. Mas é confuso mesmo. Como diabos um cidadão que rouba um controle remoto vai passar 22 anos na cadeia? É, mas é que a história de Eric Bramwell é mais longa do que um título de notícia.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Ele foi preso por roubar um controle remoto e agora vai passar 22 anos na cadeia

Eric, 35 anos, foi preso porque furtou um controle remoto de uma TV que ficava numa área comum em um condomínio na cidade de Wheaton, no estado americano de Illinois. Ele só foi pego porque largou no caminho uma luva. Acharam a luva, fizeram teste de DNA e pronto, cadeia para Eric Bramwell.

E aí você imagina… O rapaz vai passar una dias no xilindró, aparecer diante de um juiz americano e levar, no máximo, uma condicional. Mas aí é que tá. O que ninguém sabia é que o bravo Eric Bramwell era uma espécie de ladrão serial, que furtava coisas por onde passava, inclusive em condomínios próximos desse em Wheaton. 

Segundo a promotoria, Eric havia furtado objetos nas cidades de Lisle, Aurora, Bloomingdale, Downers Grove e Oakbrook Terrace. Não foi pouca coisa. Assim, o juizão não economizou na sentença: 22 anos. Agora o ladrão serial vai precisar passar pelo menos 11 anos em um presídio para tentar conseguir uma liberdade condicional e cumprir os outros 11 anos em liberdade. Dureza!

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.