Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Gente
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

O rei da Holanda passou 21 anos trabalhando como piloto e ninguém desconfiou

Tapa Da Pantera
há 5 meses824 visualizações

O rei da Holanda teve uma vida dupla por mais de 20 anos, e ninguém viu nada errado nisso. Pelo menos essa foi a reação do povo de seu país quando ele mesmo revelou, recentemente, que pilota em voos comerciais duas vezes por semana há 21 anos. Sim, VINTE E UM ANOS.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
O rei da Holanda passou 21 anos trabalhando como piloto e ninguém desconfiou

Guilherme Alexandre, atualmente com 50 anos de idade, faz parte da equipe de pilotos da KLM, companhia aérea de seu país. Ele considera a atividade um “hobby” e diz que sua presença a bordo nunca foi revelada. Na melhor das hipóteses, um ou outro passageiro reconheceu sua voz.

O rei, inclusive, brinca e diz que “a vantagem é que sempre posso dizer que estou falando em nome do capitão e da tripulação e dar as boas vindas aos passageiros, então não preciso dizer meu nome.” Ele até diz que a maioria dos passageiros não presta atenção mesmo…

O rei da Holanda passou 21 anos trabalhando como piloto e ninguém desconfiou

Guilherme Alexandre pilota a frota de aviões Fokker 70 da KLM e chama a atividade de hobby, mas precisará dar uma pausa no passatempo. A companhia aérea vai aposentar os Fokkers e substituí-los por Boeings 737. Isso significa que o rei vai precisar passar por outro processo de treinamento antes de voltar ao cockpit.

E que tal pilotar aviões ainda maiores? O rei se recusa. Afinal, esse tipo de aeronave e usado em voos mais longos, o que significa que ele não poderia voltar imediatamente para a Holanda em caso de uma emergência. 

O palavrão te dá força, e é a ciência que está dizendo isso

Tapa Da Pantera
há 5 meses1.6k visualizações

Atletas que disparam palavrões antes de suas competições ficam mais fortes. Pelo menos foi isso que disseram os médicos da Sociedade Britânica de Psicologia durante a recente convenção realizada na cidade de Brighton, no Reino Unido. E preste atenção porque isso vale também para pessoas comuns.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
O palavrão te dá força, e é a ciência que está dizendo isso

Segundo Richard Stevens, da Universidade de Kiel, na Alemanha, alguns estudos realizados demonstraram que pessoas que falam palavrões toleram melhor a dor em comparação com os que sofrem em silêncio. Isso talvez aconteça porque os palavrões estimulam a parte sistema nervoso que move o corpo e faz o coração bater mais forte em situações perigosas. E isso, segundo o pesquisador, indicaria que quem fala mais palavrão fica mais forte - pelo menos naqueles instantes logo após os xingamentos.

Para colocar a tese em prova, Stephens e seus colegas reuniram 30 voluntários. Cada um deles passou por provas de força ou resistência. Pedalaram em uma bicicleta ergométrica e apertaram um dispositivo que mede a força de aperto manual.

A sacada foi a seguinte: metade dos participantes pôde soltar alguns palavrões antes do exercício. A outra metade teve de ficar em silêncio. Os resultados apontaram que os voluntários que xingaram utilizaram 10% a mais de energia durante o exercício da bicicleta e aplicaram 20% a mais de força ao apertarem o dispositivo.

Segundo os cientistas, o ritmo cardíaco, as variações de pulso, a pressão sanguínea e a propriedades elétricas das peles dos participantes não fizeram nenhuma diferença, o que pôde isolar o resultado dos xingamentos. Resumindo? Todos nós precisamos entender a força dos palavrões. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.