OUTROS

Istambul vira cenário de "A Origem"

Pilar Magnavita
Author
Pilar Magnavita
Istambul vira cenário de "A Origem"

Lembram do filme com Leonardo DiCaprio, "A Origem" (título original "Inception"), em que a mente dele era capaz de moldar cenários?

Lembram de como achamos incrível aquele efeito em que a rua "dobrava" ao meio, como se uma ponta fosse tocar a outra? E como vibramos com técnicas incríveis do diretor das galáxias Christopher Nolan (aquele que fez sequências absurdas do Batman com o Christian Bale)?

Pois o fotógrafo turco Aydın Büyüktaş (a gente escreve Aydin Buyuktas mesmo) resolveu aplicar a técnica cinematográfica em Istambul, sua cidade natal na Turquia, utilizando apenas um drone com uma câmera acoplada. Ao projeto deu o nome de Flatland (traduzindo: Terra Plana).

O fotógrafo se inspirou no livro do romancista inglês Edwin Abbot, que escreveu em 1884 o livro "Flatland: A Romance of Many Dimensions" (Terra Plana: Um romance de Muitas Dimensões). Foi concebido na época para explorar as várias camadas sociais e emocionais dos britânicos na Era Vitoriana (durante o reino da rainha Victoria do Reino Unido, entre 1837 a 1901).

Fazendo uma rápida pesquisa (porque eu não li o livro), descobri que a história de Abbot descreve um mundo bidimensional ocupado por figuras geométricas: as mulheres são a linha-segmento simples, enquanto os homens são polígonos com vários números de lados. O narrador é um quadrado chamado Um Quadrado (louco!) e membro da casta dos senhores e profissionais. Ele guia os leitores por meio de algumas das implicações da vida em duas dimensões. A primeira metade da história narra aspectos práticos existentes em um universo bidimensional, e vai até o ano de 1999, na véspera do terceiro milênio.

Aí é que temos o plot twist (virada da trama). Na véspera de Ano Novo, Um Quadrado sonha com uma visita a um mundo unidimensional (Lineland) habitado por "pontos brilhantes", no qual ele tenta convencer o monarca do reino de que existe uma segunda dimensão. É claro que o rei não acredita e "quadradão" se dá muito mal. Mas a história vai se desenrolando com várias outras dimensões começando a "conversar" entre elas. Concluindo, o rei de Flatland é uma besta quadrada, igual ao rei das outras dimensões que também não aceitam que nada é tão flat assim. As coisas são mais complexas do que parecem.

Deu vontade ler, né?!

Foi essa história que inspirou Büyüktaş usou imagens compostas, como na técnica da cinemática. Não o filme de Nolan, segundo o artista (tá! sei...). 

Os cliques foram planejados utilizando software 3D, o que permitiu o fotógrafo explorar possíveis localizações na capital turca. Foram dois meses de planejamento para descobrir como fazer o que queria e como a paisagem poderia ganhar uma curva suave nas imagens que idealizava. Cada local foi fotografado várias vezes a partir de diferentes ângulos e altitudes usando um quadrotor, que é aquele drone que tem quatro hélices, para dar mais estabilidade às imagens coletadas.

A ideia dele era mostrar Istambul de maneira diferente não somente para visitantes, mas, principalmente, para os próprios habitantes.

O projeto foi feito originalmente fazendo colagens de impressões físicas, mas Büyüktaş não estava feliz com os resultados. Mergulhou então no Photoshop, trabalhando dias em cada imagem!

As informações são da Colossal.

Espia só e diz se não valeu os perrengues que ele passou para obter permissão para voar, ter o equipamento danificado por pássaros, esperar dias por um dia de sol... Valeu, né?!

Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"
Istambul vira cenário de "A Origem"

#inception #aorigem #filmeaorigem #aydinbuyuktas #istambul #fotografia #arte