Luz e sombra
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Luz e sombra
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Luz e sombra
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Tapa Da Pantera
há um ano8 visualizações
E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A partir do próximo mês, por uma bagatela de 650 mil libras, será possível morar numa réplica simplista do palácio de Buckingham, residência oficial da Rainha da Inglaterra. É que herdeiro do trono, o Príncipe de Gales e Duque da Cornualha, Charles, resolveu fazer uma homenagem para a avozinha dele, a Rainha Mãe, morta em 2002 aos 101 anos. E em vez de acender uma vela, mandar construir uma estátua ou coisa assim (ele até vai construir uma mega escultura), criou na Praça Rainha Mãe (Queen Mother Square), bem no meio da cidade de Poundbury, em Dorset, coração da Cornualha, uma pequena vila com os edifícios históricos presentes na vida da antiga rainha consorte do Rei George VI. Todos eles serão abertos para a população.

O edifício principal, réplica sutil da sede do governo britânico, traz a fachada principal em menor escala, na cor amarela. São oito unidades, com preços que variam entre 650 mil libras a 860,632 libras (de R$ 2,85 milhões a R$ 3,8 milhões). Luxo puro!

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Todos apartamentos já foram vendidos, diga-se de passagem. 

O edifício leva o nome de Strathmore, em homenagem ao pai da Rainha-Mãe, o 14º Conde de Strathmore. O brasão no topo é a representação do título.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Abaixo, imagem do projeto para a cozinha.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Os quartos receberam decoração clássica moderna. Todos possuem closet e banheiro.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

No detalhe abaixo, é possível ver o banheiro bem simples e, ao mesmo tempo, requintado, com materiais de qualidade.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Ao lado do edifício Strathmore, haverá um hotel que leva o nome "Duquesa da Cornualha", inspirado no Ritz, de Londres, elogiado algumas vezes pela Rainha-Mãe.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Compondo a praça, haverá ainda um prédio com 20 apartamentos e um spa, chamado Royal Pavillion, inspirado no pavilhão dos cavalos de corrida da avó de Charles.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Abaixo, a vista do projeto do Royal Pavillion, de fundos e iluminado.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

O toque final da Praça ficará por conta de uma estátua de 3 metros de altura da boa senhora quando ela tinha 51, tal qual a escultura em bronze que existe na The Mall, avenida que liga a Traffagal Square ao Palácio de Buckingham.

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

Vale dizer que toda Poundbury está sendo projetada nos anos 80 pelo arquiteto Leon Krier, de Luxermburgo, a pedido do príncipe, para ser uma cidade ideal no pequeno condado de Dorset. A ideia é fazer um experimento arquitetônico e urbano para integrar o clássico britânico com o moderno, especialmente sem segregação social e étnica. Sem muitos carros e melhor transporte público.

Quando terminada, em 2025, a pequena cidade deverá ter 5 mil habitantes vivendo em 2.250 casas.

Charles e a avó eram muito próximos. E é isso que chamo de homenagem, minha gente!

E se pudéssemos morar no Palácio de Buckingham?

#arquitetura #palaciodebuckingham #designbritânico #UK #inglaterra #rainhamae #principecharles #cornualha #paisdegales

Um travesseiro, 5 posições e a promessa de cura para a insônia no avião

Tapa Da Pantera
há um ano14 visualizações

Poltrona que não inclina, vizinhos estranhos, pouco espaço em qualquer direção que você olhe. Dormir em avião deveria estar no top 10 de qualquer lista de tarefas desconfortáveis para o ser humano moderno.  

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Um travesseiro, 5 posições e a promessa de cura para a insônia no avião

Vale qualquer coisa para não deixar a cabeça cair e parar no ombro de um vizinho hostil. Também é altamente recomendável evitar se apoiar na mesinha da frente porque o cidadão da frente pode inclinar a poltrona a qualquer momento e dar uma cadeirada na sua testa.

Foi desse drama que nasceu o FaceCradle, um travesseiro que promete resolver o problema da insônia do povo que viaja com frequência - ou até mesmo daquela turma que viaja uma vez por ano pros EUA. É um travesseiro que deixa o usuário dormir em até cinco posições diferentes dentro daquele espaço minúsculo que a gente chama de poltrona de avião. 

Um travesseiro, 5 posições e a promessa de cura para a insônia no avião

Quem olha, acha que o FaceCradle é mais um daqueles travesseiros de avião, mas na verdade ele dobra e se divide em dois. Junto com um par de travas e um cordão que pode ser preso no encosto da cabeça da própria poltrona (sem incomodar o vizinho!), o FaceCradle pode ser usado em até cinco posições diferentes, até inclinado na lateral. 

A produção do FaceCradle foi financiada por crowdfunding, e o negócio deu tão certo que os fabricantes agora fazem a venda diretamente no site da “vaquinha virtual”. Parece confuso, mas basta o comprador entrar lá no Kickstarter e escolher como e quando quer receber o travesseiro. Quem quiser receber em outubro, paga 39 dólares australianos (envio incluído), o que dá algo perto de R$ 100 (R$ 96,38 pela cotação de 12 de setembro de 2016).

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.