Luz e sombra
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Luz e sombra
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Luz e sombra
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone

Pilar Magnavita
há 2 anos5 visualizações

Imagine você, no seu casamento, organizando todos os fornecedores e contratando um dos melhores fotógrafos do seu país. Você fica como?!

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Aí na data da cerimônia, o cabra aparece com um iPhone 6 S plus. Um mísero telefone celular, com câmera inferior ao de outros smartphones e facilmente confundido com um tablet. Ou como a turma lá da rua diz, é o telefone do "Zé Bonitinho".

Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone

E você de noiva, toda trabalhada na grinalda, dá aquela "xoxada" básica sem conseguir disfarçar a frustração com o palhaço que exigiu o equivalente a um apartamento de pagamento e vai te entregar meia dúzia de bananas. #phoda

Fazer o quê? Como diria mamãe, se está no inferno então abraça o capeta. A pessoa não tem o que fazer senão relaxar e gozar da festa. Você até pede aos mais chegados e talentosos para tirarem também as fotos. Vai que alguma imagem bonita você consegue ter no fim da festa?! E, no entanto, eis que meses depois você não só uma, mas trocentas fotos incríveis do dia em que você foi mais feliz em toda a vida. O cabra fotógrafo provou para você, com imagens absurdas de emocionantes, que uma boa foto não depende tanto da câmera, mas da mão que a maneja.

Esse é o caso de Sephi Bergerson, um fotógrafo profissional israelita que vive na Índia, registrando casamentos no país que adotou como seu. Cobra US$ 5 mil para cada projeto, o que significa um montante acessível apenas para famílias muito abastadas. Se não sabe, cada dólar equivale a mais de 67 rúpias indianas.

Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone

E com apenas seu iPhone 6 S Plus, ele fez fotos absurdas de lindas! Todas editadas no próprio aparelho.

Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone

Ele conta que era um sonho dele fotografar um casamento indiano completo apenas com o telefone. O problema não só eram as limitações tecnológicas dos modelos de iPhone anteriores (e ele diz que ainda há muitas outras no atual), mas, principalmente, encontrar um casal que concordasse com a maluquice.

No blog, ele dá muito crédito ao casal Ayushi e Abhishek, por terem confiado e apoiado o trabalho. Ele explica que o novo iPhone 6s Plus é excelente em termos de resolução e renderização de cor, mas fotografar com pouca luz foi muito difícil, especialmente na pista de dança, como o limite ISO baixo. Para quem não sabe, para pode registrar a noite com movimento, não se pode baixar demais a velocidade do obturador porque senão as fotos saem borradas. É preciso regular no ISO, que acerta a sensibilidade do "filme". O ISO muito alto, no entanto, significa fotos mais granuladas. Por isso, as câmeras mais caras (as chamadas full-frame) consegue esse índice altíssimo de sensibilidade, sem pixelar demais a imagem.

Sob a capa inocente de seu iPhone, encontra-se uma ferramenta poderosa que está a mudando a forma de trabalhar e de pensar dos fotógrafos. Pela primeira vez, é possível ter uma câmera e um diretório de pesquisa online em um dispositivo pequeno. É possível, inclusive, trabalhar com programas tipo Lightroom e Photoshop na própria "câmera". E talvez essa capacidade do telefone, de ser pequeno e dar recursos básicos de tecnologia ao profissional é que tenha justamente atraído a parte mais geek da classe.

O debate sobre as câmeras de smartphones contra DSLRs não é novo e nem os telefones são competição para as máquinas de fotografia, mas, para Bergerson, os smartphones estão chegando lá.

Enquanto isso, a gente vai tirando isso do casamento dazamiga, com um mesmo aparelho.

Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone

Olha só que habilidade a de Sephi Begerson.

Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone
Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone
Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone
Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone
Fotógrafo de casamento, profissional de iPhone

Aqui, ele documentou como foi fotografar o casamento de Ayushi e Abhishek.

Arrasou, Sephi!

#casamento #indiano #fotografia #iphone #câmera #fotógrafo

A Escolinha do Professor Raimundo era arte

Um professor de cabelos brancos de corte Chanel diante de uma turma que parecia ser um mobral para pessoas com sérios problemas psicológicos. Esse era um dos programas de maior audiência da TV brasileira pela direção de Chico Anysio. Ele foi um dos maiores ícones brasileiros do entretenimento. Humorista, ator, comentarista, compositor, diretor de cinema, escritor, pintor, radialista e roteirista brasileiro, notório por seus inúmeros quadros e programas humorísticos na Rede Globo, emissora onde trabalhou por mais de 40 anos.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Confesso que assisto no canal Viva quase todos os dias. É bobo toda vida, mas ainda traz aquele humor original de rádio, meio circense e meio ingênuo, levado nas infantis piadas de grandes mestres da comédia brasileira. Hoje, tive a grande satisfação de ver cenas que foram cortadas pelo alto conteúdo de palavrões. E que mostram que o clima de gravação era mais divertido do que aquilo que vimos em 38 anos de Escolinha. Deixou de ser um quadro para ser exibido como programa de 1990 a 2002, mas brilhou ainda em muitos outros shows de Chico, incluindo o Zorra Total.

Bordões e termos de grandes personagens passaram a fazer parte do nosso vocabulário. "Zé finí", "quando eu era criança pequena lá em Barbacena", "saúde é o que interessa, o resto não tem pressa", "só pensa naquilo", entre outras expressões eram comuns na boca do povo, provando que a arte da comédia brasileira estava tão viva quanto os velhos humoristas que nasceram no rádio.

Eu chorei com esses vídeos!

Passaram pelo elenco:

Antônio Carlos Pires (o pai da Glória Pires!), como Joselino Barbacena.

Antônio Pedro como Bicalho e depois como João Abrealas e Celso Piquete.

Brandão Filho, como Sandoval Quaresma.

Cláudia Jimenez, como Dona Cacilda.

Costinha, como Seu Mazarito.

Grande Otelo, como Eustáquio.

Jaime Filho, como o cacique Suppapau Uaçu.

Lúcio Mauro, como Aldemar Vigário.

Lug de Paula, filho de Chico Anysio, como Seu Boneco.

Marcos Plonka, como o impraticável Samuel Blaustein.

Mário Tupinambá, como Bertoldo Brecha.

Nizo Neto, outro filho de Chico Anysio, como Ptolomeu.

Orlando Drummond, como o inesquecível Seu Peru.

O genial Rogério Cardoso, como Rolando Lero.

Pedro Bismarck, como Nelson da Capitinga.

Stella Freitas, como Dona Cândida.

Walter D'Ávila, como Baltazar da Rocha.

Zezé Macedo, como a Dona Bela.

Não dá para esquecer, né?!

#Escolinha #ProfessorRaimundo #comédia #TVGlobo #televisão #ChicoAnysio

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.