OUTROS

Mulheres demoram mais a emagrecer do que homens

Pilar Magnavita
Author
Pilar Magnavita

Não se vocês já fizeram esse experimento de emagrecer com o parceiro ou a parceira. Se você for um casal hetero vai saber do que estou falando. Ele vai enxugar tudo em um mês e você, moça, vai lutar MUITO para perder meio quilo por semana. No fim das contas, quando você chegou lá, no peso ideal, o filho da mãe já está recuperando alguma coisa de novo.

A diretora mexicana Mariana Chenillo (de "Cinco dias sem Nora") escreveu e filmou "Paraíso", que conta exatamente essa história. Chorei com esse filme, gente!

Pesquisadores das universidades britânicas de Aberdeen e Cambridge, além da americana Michigan, em esforço conjunto, já têm uma pista do motivo. Eles dizem que os hormônios responsáveis por regular o apetite, atividade física e gasto energético agem de formas diferentes entre os sexos. Isso significa que mulheres precisam de estratégias melhores para emagrecer do que os homens, segundo a professora Lora Heisler, de Aberdeen.

A descoberta pode alterar a forma como a obesidade é abordado através de medicação específica, acreditam os especialistas da Universidade de Aberdeen. Trabalhando com equipes da Universidade de Cambridge e da Universidade de Michigan, eles usaram um modelo de rato para estudar como o ganho de peso é diferente em cada sexo dependendo da atividade física e do gasto energético. Durante o estudo, os investigadores foram capazes de transformar macho obesos em ratos saudáveis, magros, mas a mesma transformação não ocorreu nos ratos fêmeas.

Mulheres demoram mais a emagrecer do que homens

Medicamentos atuais da obesidade estimulam a produção de peptídeos POMC no cérebro que regulam o apetite, aumentam o gasto calórico por meio de calor e incentivam os movimentos (exercícios). Mas os pesquisadores descobriram em ratos fêmeas hormônios extras que apenas regulavam o apetite.

Talvez seja por isso que a Organização Mundial de Saúde (OMS) relate mais casos de obesidade entre mulheres em todo o mundo. Meninas, somos mais gordas! Em algumas partes do mundo, os casos chegam a ser o dobro do que entre homens.

A pesquisadora Lora Heisler, que comandou a pesquisa com os times das universidades, observa que não há nenhuma diferença na forma como a obesidade é tratada em homens e mulheres hoje no mundo. E, no entanto, a parte do cérebro que determina como usamos calorias e o que comemos é moldado de forma diferente entre os dois sexos.

Ou seja: você pode virar um transgênero masculino, tomando todos os hormônios característicos do homem que você não vai conseguir mandar seu corpinho emagrecer como eles. Para isso, seria preciso mudar de cérebro. Homens e mulheres produzem pró-opiomelanocortin (POMC) que são responsáveis pela regulação nosso apetite, atividade física, o gasto de energia e peso corporal. O que esse povo cientista descobriu é que nem todos os neurônios POMC executam a mesma função.

Mulheres demoram mais a emagrecer do que homens

Enquanto nos homens ele faz o trabalho completo (com o benefício extra de também modular a atividade física e do gasto calórico), nas mulheres eles não estimulam muito a atividade física e o metabolismo não..

A pesquisa foi publicada na revista do metabolismo molecular.

Precisamos de remédios melhores? Talvez. Mas sem sombra de dúvidas precisamos mais de força de vontade de ir lá fora e se mexer. Eu, inclusive!

#exercício #emagrecimento #pesquisa #ciência #mulheres #gordura #apetite