OUTROS

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

Pilar Magnavita
Yazar
Pilar Magnavita

Muita gente se apavora diante da rotina entre casais. Acha que isso destrói a felicidade de ambos, porque já não existe mais aquele "fogo que arde sem se ver" ou a "ferida que dói e não se sente". A segunda parte é verdade, mas o que desconhecem é que o relacionamento fica muito mais legal com o tempo. É como plantinha que cresce e aquele caule fino vai tomando corpo e criando casca. E o desejo de um pelo outro não acaba. Pode até rolar uma preguiça às vezes, mas nada que destrua a felicidade sexual. 

E se você se reconhece em alguma dessas situações, parabéns! Você pode não ter muita noção, mas é muito feliz.

#1 Zoeira never ends

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

Com as convenções daquele jogo de sedução no início, ninguém se mostra de verdade como é. Só o tempo vai derrubando as barreiras do convencional depois que ambos já estão mais à vontade na companhia um do outro. Aquelas inseguranças normais do início vão dando lugar a uma divertida amizade. Um passa a sacanear o outro porque já conhece os limites. Sabe o pegar leve, evitar o onde o calo dói e deixar o momento divertido. Alguns casais até passam trotes. E isso é muito saudável!

#2 Amigos dele ou dela são "nossos amigos"

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

Isso é algo que as pessoas que não tiveram a experiência de um relacionamento longo não entendem muito bem. O casal continua tendo amigos que são só dele e amigos que são só dela, mas ambos os grupos se tornam "amigos do casal". Do tipo: ele brigou com ela e vai chorar a mágoa para o parceiro, mas quando o romance volta à rota da paz, o amigo volta à cena e se dá bem com a guria. Entendeu?

Aqueles que forçam uma barra para continuar naquela amizade unilateral com o amigo ou amiga que vive em um relacionamento longo acabam se distanciando. É natural, porque o cara ou a mina passaram para um estágio em que (no bom e velho clichê) um completa o outro. Não estamos dizendo que o cara ou a moça só devem sair em conjunto, mas que existe um movimento natural de verdadeiros amigos para englobar o parceiro ou a parceira que chegou para trazer a felicidade do outro. Sabe aquela coisa de "é meu amigo e quero ver muito feliz"? Pois é isso. E para a pessoa que está bem no meio da amizade e do romance, a felicidade é ver todos juntos e se dando bem.

#3 Muito à vontade um com o outro

É sexta à noite. Ele se esparrama no sofá de samba-canção, dá aquela coçada, toma uma cerveja. Ela anda de blusão (às vezes até rasgado), com o cabelo amarrado num coque medonho e também desfruta de uma cerveja. No gargalo. E os dois se amam demais assim. A cena é comum a todo relacionamento longo. O casal é o melhor amigo um do outro e sabe dividir o momento da sedução (aquele que a guria usa o salto alto e o cara resolve usar perfume) e o momento do relax. E, honestamente, isso é muito legal!

#4 Preguiça de sexo

Já diziam os mais antigos que sexo é que nem pizza: mesmo ruim é bom. Mas imagine que essa pizza é você quem tem que preparar? Aí, nem sempre dá vontade, né?! Pois é. Em relacionamentos longos é comum rolar certa modorra baiana para a coisa. E isso é normal! Dá sensação de que o que vocês têm está esfriando, esmorencendo aos poucos, mas não é verdade. Está ficando mais forte com a naturalidade que o sexo passou a ser encarado.

Só cuidado para que os dois não se afastem muito um do outro. É importante que a sedução ainda exista em algum grau. Sexo de pijama e meia às vezes é até bom, mas não faça disso uma rotina. Não faça do outro um instrumento apenas para chegar ao orgasmo. Isso pode até rolar de vez em quando, mas o ideal é que o casal ainda conserve algum mistério. Sair de noite com amigos, de vez em quando, dar uma produzida bacana no vizu para provocar o outro é aquela pimentinha que também não pode faltar.

#5 Apelidos vergonhosos

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

Mozão, mozico, momozinho, bubuzinho, bichinho, neném, baby, tchutchuco, filho ou filha, coelhinha, rainha, pretinha, neguinha, docinho, pudim... O casal se chama de coisas esquisitamente sem-vergonha, inaceitáveis nos dois primeiros meses. Com o tempo, os nomes horrorosos acabam fazendo parte da rotina. É como passam a se reconhecer. Não sei se a psicologia já estudou o motivo por que todos nós entramos nesse vício de adotar apelidos esdrúxulos com nossos parceiros, mas a verdade é que até gostamos. É ou não é?

#6 Telepatia

Acontece, viu?! Basta olhar um para o outro que já se sabe direitinho o que estão pensando. Aparece com o tempo de relacionamento, com a leitura exata das expressões do outro. É um bom sinal! No entanto, essa sintonia não é para servir a tudo no relacionamento. Comunicação verbal é fundamental, viu, gente! O casal que não se comunica se estrumbica, já dizia o Chacrinha.

#7 Eterna criança

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

A psicologia atualmente explica que devemos deixar a "criança" dentro nós assumir muitas vezes, o que significa deixar que nossos desejos mais antigos ressurjam ocasionalmente para nos fazer um bem. Isso tira aquela tirania do superego, que é nosso sensor natural das coisas infantis. É sadio, faz bem pra alma, alivia o estresse. E quando fazemos isso juntos em casal é muito legal. Reviver coisas felizes da infância é deixar a brincadeira fluir folgada, permitir a nossa parte inocente reanime nossos corpos por um momento feliz de insensatez. Vez ou outra, casais em relacionamentos longos brincam como se tivessem cinco anos de idade. E isso é muito legal!

Spoiler alert: às vezes, a "criança" do outro aparece para fazer uma pirracinha. E você vai lidar com isso como adulto, viu? Senão, dá briga.

#8 Mesmas manias, mesmo jeito

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

Uma coisa que só um relacionamento longo traz (e traz para todo mundo) é o contágio do jeito do outro. Não que as personalidades mudem (até mudam um pouco, geralmente par ao bem), mas é aquela coisa de imitar sem querer o outro: nas expressões, ou num gesto com o rosto, a maneira de ver certas coisas. Somos o que a psicologia chama de "homus sociologicus" e acabamos assumindo um pouco da identidade do outro com o convívio. Vai me dizer que você não pegou alguma coisa da sua melhor amiga ou do seu melhor amigo, por exemplo? Sabe por quê? Porque tudo que é legal fica.

#9 Hábitos estranhos

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

De Princípe e Branca de Neve, o casal vira Shrek e Fiona. E, na boa, isso é muito legal! Com o tempo, um pouco do mistério entre homem e mulher vai desaparecendo. É importante que não desapareça de todo! Algum tem que ficar. No entanto, é normal que se ouça alguns sons estranhos do parceiro ou da parceira. É no primeiro relacionamento longo que o homem descobre, por exemplo, que mulheres são criações da natureza e, por isso, podem soltar pum e arrotar. Como eu disse, não deve ser uma regra, hein?! Vamos prezar pelos bons rituais dentro na intimidade. Como dizem os mais velhos, intimidade é uma #m...

#10 Há futuro

Os 10 sinais de um feliz e saudável romance

O principal sinal de um relacionamento duradouro, feliz e sadio é a capacidade de os dois enxergarem o futuro juntos. Quererem as mesmas coisas e trabalharem em conjunto para consegui-las é a cola fundamental para que continuem assim. É fundamental que você queira compartilhar seus sonhos com o parceiro ou a parceira, e o outro corresponda. Um verdadeiro trabalho em equipe. E isso significa muitas vezes fazer um exercício de generosidade, humildade, de amor ao próximo, de respeito mútuo. Ninguém disse que relacionamentos são fáceis, mas olha que são experiências maravilhosas. E é isso que levamos para a vida, não é mesmo? A única coisa que carregamos para o túmulo são nossas memórias. Faça delas as melhores!

#relacionamento #casal #felicidadeconjugal #felizesparasempre #relação #relaçãoduradoura #juntos #romance