Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
ic-spinner
У каждого есть своя история
Находите лучшие истории и интересных людей. Вдохновляйтесь ими и начинайте писать самостоятельно либо вместе с друзьями.

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

Sou dessas que curte lugares diferentes. Que foge ao ver uma turma de bonés ou mochilinhas iguais seguindo uma bandeirola na mão de uma pessoa uniformizada. Sou do tipo que conheceu Grécia, Escócia, Austrália, Nova Zelândia e o sertão baiano, mas não faz ideia de como seja Alemanha, Holanda, Áustria, Itália e o litoral nordestino. E, para minha surpresa, descobri que há mais pessoas como eu do que eu supus!

Рассказывайте о том, что вы любите, вместе с друзьями
Стать соавтором ▸

Há uma galera lá fora que se inquieta só de planejar uma viagem diferente, fora do roteirão. Sou dessa turma, que prefere conhecer os lugares com realidades diferentes e faz das viagens verdadeiras jornadas de autodescobrimento pelo conhecimento que se adquire do outro. Descobrir como falar um grego básico e tentar uma conversa mesclada em inglês com o jornaleiro de uma esquina em Atenas... ou bater um papo com o dono de bar de uma praia deserta em Riacho Doce, Alagoas.... Conhecer a história de um pescador no Rio São Francisco forçado a se aposentar pela difícil lida.... Ver pelos olhos de um motorista de ônibus em Auckland, Nova Zelândia, como a vida pode ser bela.... Nada consegue ser tão mágico do que se ver no outro! E descobrir que, apesar das diferenças culturais e físicas, todos nós somos bastante parecidos na humanidade que nos une. Toda vez que chego em casa, sinto como se tivesse me conectado em outro nível com o planeta inteiro.

Esse é o poder de viajar!

Por isso, reuni em um série divida em três partes os 30 lugares que, não só tem uma natureza e paisagem incrível! Mas também realidades muito distintas da nossa e que vale muito a pena conhecer. Todos estão na minha listinha.

Veja os 10 primeiros!

#1 Capadócia, Turquia

Você não conheceu o mundo se não conheceu a Turquia. Não há paisagem e povo tão único quanto esse. Não há lugar mais mágico do que a Capadócia. As lendas de São Jorge e dos 40 Mártires do Cristianismo, que são as bases de fé dos católicos brasileiros, para os capadócios não são mais do que meras lendas, com um fundinho de verdade. É porque eles odeiam essa romaria cristã. Como todo povo orgulhoso de suas maravilhas e cultura, eles esperam que os visitantes vejam, compreendam e gostem da Capadócia pelo que o lugar é! Não dá para culpar, né?! Passeios de balão, a visita às moradias construídas dentro dos rochedos, uma boa mousaka (um escondidinho diferente com ragú de cordeiro e berinjela) e as danças típicas que convidam os turistas a participar são realmente uma experiência que vale para uma vida!

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#2 Arizona, Estados Unidos

Não se preocupe se você jamais conhecer Marte: vá ao Arizona. É o cenário de todo filme passado no Planeta Vermelho e local certo para toda epifania de gente famosa, de Jim Morrison aos hippies atuais, que se estabeleceram em cidades como Bisbee. Bicho, a galera é muito doida, irmão!

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1
10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#3 Bandarban, Bangladesh

É em Bandarban que existe uma das mais importantes relíquias de Buda: o Templo Dourado. Além de reunir fortemente a fé no caminho do Budismo, toda a região conserva as riquezas naturais de uma Ásia capitalista e pobre, mas extremamente religiosa. É uma viagem mágica, que pode fazer parte um roteiro por outras regiões do continente. Vale a pena visitar!

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#4 Salar de Uyuni, Bolívia

Minha próxima viagem. É a maior planície de sal do mundo, com 10.582 quilômetros quadrados. Está localizada nas regiões de Potosí e Oruro, no sudoeste da Bolívia, perto da borda da Cordilheira dos Andes e está a uma altitude de 3.656 metros acima do nível médio do mar. Pelo espelho d'água, é um dos raros lugares do mundo onde céu e terra se tocam.

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#5 Rochedo de Moher, Irlanda

Oh! Terra boa! Irlanda é umas das minhas casas espirituais. Só de pensar na música gaélica, nos campos verdejantes e naquelas maravilhosas cervejas, meu coração se emociona. Um dos locais mais incríveis da Irlanda é Moher. Há castelos por perto que também valem uma boa visita!

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

Não deixe de ver o por do sol!

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#6 Ilhas gregas do Mar Jônico

Imperdível. Honestamente, imperdível. Sem palavras aqui para descrever a beleza, a magia, o calor do povo grego que, mesmo na crise, recebe qualquer um, inclusive imigrantes, de braços abertos. Se meu coração é brasileiro, certamente minha alma é grega. As pessoas quando vão a Grécia, costumam ir nas populares Santorini e Mykonos no mar Egeu. Recomendo muitíssimo conhecer o lado do mar jônico, que banha a costa grega e sul-italiana. Lá estão as ilhas realmente mais belas da Grécia (não que as outras não sejam! todas são inigualáveis e únicas). Vá especialmente a Lefkada (ou Lefkas)...

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

...Kefalônia (onde filmaram Capitão Corelli!)...

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

... e Zakynthos (ou Zante).

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#7 Cavernas de gelo de Mendenhall, Alasca

São tão incríveis que você fica realmente debaixo da água petrificada, em uma gruta de gelo! Se você vencer a paúra, dá para entrar lá e conhecer algo que você nunca viu.

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#8 Fiordland (Milford Sounds), Nova Zelândia

A terra dos maoris, Aotearoa, conserva maravilhas da natureza tão incríveis que os ingleses, quando chegaram e mudaram o nome para Nova Zelândia, não ousaram modificar nada. O local foi cenário para os filmes da franquia Senhor dos Anéis e a gente entende o motivo: é surreal! O passeio começa pela cidade base dos fiords, Te Anau, mas já que você pretende visitar o lugar, também não deixe de conhecer a gracinha e magnífica Queenstown, lar dos Remarkables, a montanha que cerca a cidade e foi cenário de vários outros filmes.

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1
10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

só para você conhecer os Remarkables...

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#9 Angkor Wat, Cambodia

É uma região do Camboja que serviu como sede do Império Khmer, que floresceu aproximadamente entre o século IX e o século XIII. A palavra "Angkor" é derivado do Sânscrito nagara, que significa "cidade". É um dos patrimônios da humanidade tombado pela Unesco e um dos destinos mais incríveis da Ásia. Realmente incrível como a arquitetura milenar se casou com a natureza e como esta tomou as construções de pedra como se as reclamassem de volta para si. É um poderoso exemplo do poder da mãe Gaia.

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#10 Bali, Indonésia

Aproveitando o continente asiático, impossível viver sem conhecer Bali antes de morrer. 

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

A fauna e flora são tão poderosas lá quanto os templos e os arranha-céus de Jakarta, capital da Indonésia.

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

Em Bali, a religiosidade é muito forte e um rígido código de conduta da população que acredita que a verdadeira vida não está na crosta terrestre, mas para além dela. Por isso os balinésios respeitam cada aspecto da vegetação, da vida animal e da geografia de Bali. Ainda há muito a ser feito em Bali, em termos de direitos humanos, posto que, se acreditam que a verdadeira vida não é aqui, possuem pouco respeito pelas pessoas que aqui vivem. No entanto, não é algo muito latente para os visitantes, que se encantam sobremaneira com tudo o que Bali é e representa. Impossível riscar esse ligar da lista.

10 lugares que precisamos conhecer antes de morrer - parte 1

#viagem #lugaresparaconhecer #lugaresimperdiveis #passeio #turismo

Quando as fronteiras entre países quase não existem

Quando as fronteiras entre países quase não existem
Рассказывайте о том, что вы любите, вместе с друзьями
Стать соавтором ▸

França e Alemanha. Aquelas duas vizinhas com hábitos extremamente diferentes que não se bicam. Do tipo que levam a rixa para um quebra-pau na reunião de condomínio, precisando da colaboração dos vizinho de porta para dar uma acalmada nos ânimos. Traduzindo em termos geográficos, estes podem ser representados pela Benelux, um bloquinho econômico formado por Bélgica, Holanda e Luxemburgo, com maior atuação na política da vizinhança do que necessariamente no comércio entre países. E, com base nessa difícil relação entre franceses e alemães, criou-se a União Europeia.

Quando as fronteiras entre países quase não existem

Você certamente me pergunta o motivo dessa pequena aulinha de geografia. Eu explico: por causa desse grupinho de países, que criaram em 1985 o Acordo de Schengen, é que as fronteiras da Europa se tornaram quase invisíveis. Isso porque o tratado permitiu a livre circulação de pessoas nesses países, sem necessidade de passaportes e outros documentos, como uma viagem doméstica. É como ir de um bairro a outro.

O Acordo de Schengen, depois substituído pelo de Lisboa, da Comunidade Europeia, em 2007, que instaurou uma espécie de "espaço de liberdade, segurança e justiça", que vai além da cooperação policial e judiciária. Também recebe políticas comuns entre os países, no tocante aos vistos, asilo e imigração, mediante substituição do método intergovernamental pelo método comunitário. Se por um lado isso complicou o controle dos imigrantes e de refugiados (dando aquela dor de cabeça aos europeus), por outro mudou completamente a paisagem.

O fotógrafo italiano Valerio Vincenzo, residente da Holanda, mostrou como essas fronteiras europeias são quase inexistentes, com a série de imagens "Borderline, as fronteiras da paz". A ideia dele é lembrar aos europeus de que a comunidade europeia pode ser uma comunidade mundial. Eu, particularmente acredito em karma. E, para mimi, nada mais justo para esses imigrantes receberem, enfim, tudo aquilo lhes foi tomado em séculos anteriores.

#1 Letônia e Estônia

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#2 Alemanha e Polônia

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#3 Lituânia e Letônia (Nem Ipanema e Leblon se dividem assim!)

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#4 Polônia e Lituânia

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#5 Noruega, Finlândia e Suécia

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#6 Eslováquia e Polônia

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#7 Bélgica e Holanda

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#8 Portugal e Espanha

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#9 Alemanha e Polônia

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#10 Holanda Alemanha e Bélgica

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#11 França e Alemanha

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#12 Suíça e Itália

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#13 Alemanha e Áustria

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#14 Bulgária e Romênia

Quando as fronteiras entre países quase não existem

#15 França e Itália

Quando as fronteiras entre países quase não existem

Em 2012, a União Europeia ganhou o prêmio Nobel da Paz por contribuir por mais de seis décadas para o avanço da harmonia e da reconciliação entre os países, a democracia e os direitos humanos na Europa. Vamos torcer que isso se espalhe para o restante do mundo!

#geografia #fronteiras #países #viagem #lugares

Вы прочитали историю
Story cover
написанную
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.