Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

Pilar Magnavita
há 2 anos2 visualizações

Que rico não se mistura, isso a gente sabe. Por isso vários tomam remédios contra a solidão. Para eles há uma gama de serviços e até de redes sociais exclusivíssimos, que somente quem é do círculo seleto tem passe livre para transitar. Mas o que a gente não sabia era da existência de um tipo de Airbnb só para os milionários. Isso é a novidade! Ao contrário do site popular no nosso meio mais humilde, o Home requer que o usuário tenha uma propriedade tipo... mansão trilhardária para poder se hospedar em outras mansões do mesmo naipe.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O Home é um clube privado para proprietários de casas de luxo, com padrões igualmente de qualidade. Estamos falando aqui de serviço de concierge, mordomos e todo tipo de criadagem no valor do aluguel. A ideia é fazer um clubinho de swing de casas e ninguém se sente temeroso de ver a propriedade arruinada porque sabe que os membros que são hóspedes também serão anfitriões. Essa é a regra!

Dá para alugar um chalé de sete quartos, na humildade, para uma estadia tranquila e super bucólica na Inglaterra...

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

Ou levar as crianças para a Disney e ficar hospedado numa casinha simplória junto a um lago, apenas para garantir o conforto da família depois de dias inteiros de muita atividade. Essa piscina, aliás, é fundamental para relaxar depois de um dia assim.

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

E é absolutamente impossível ir à França e não ficar hospedado em um château de 13 quartos do século XVI, inteiramente reformado, em Crozon su Vauvre, no coração do país. Uns minutinhos só de distância de Paris, de helicóptero. Dá para ir fazer compras e voltar sem problemas. Só não vou me hospedar lá porque a agenda já está cheia com outros compromissos em outros lugares do mundo. Tipo Petrópolis, no Rio de Janeiro.

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

Há sempre outras opções na França, para outros gostos também. Como esse petit château de Monferrier em St. Geyrac, na Aquitânia. Um mimo!

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

Mas estamos pensando nessa simplória casinha em Loggos, na Grécia. Mais pelo lance da praia particular, porque não curtimos muito paparazzi. Por isso saímos do Leblon há um par de anos. Nesse cafofo rústico, temos seis quartos para nosso descanso, com muita privacidade e conforto.

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

É claro que Turks and Caicos também pode ser uma excelente opção, até com mais opções de entretenimento! Não seria mal se hospedar numa casinha de praia simples, de apenas quatro suítes, para momentos particulares de descanso e lazer, com deck privativo sobre o mar e piscina.

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários
O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários
O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

É que nem todo mundo gosta de praia. E nem todos curtem essa atmosfera da Perugia, no norte da Itália. Alguns acham monótono demais.

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

Mas é claro que sempre teremos Paris!

O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários
O maravilhoso mundo do Airbnb dos milionários

#milionários #viagem #primeiraclasse #destinos #alugueldetemporada

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Pilar Magnavita
há 2 anos2 visualizações

Lembro de assistir a Star Trek com entusiasmo nas minhas tardes modorrentas após a escola. E lembro de sentir nos meus ossos o verdadeiro efeito da frase na abertura do programa "audaciosamente ir aonde nenhum homem jamais esteve". Ninguém sabe que a fala foi tirada quase integralmente de um folheto da Casa Branca, produzido após o lançamento da sonda Sputnik 1, em 1957. Mas o fato é que aquilo me despertava para essa vontade indizível de conhecer lugares exóticos, desconhecidos, esquecidos.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Há verdadeiros paraísos na Terra onde o homem (graças a Deus!) ainda não despertou interesse. Você conhece algum deles? Fizemos aqui uma lista com os 10 destinos menos procurados do mundo e que vai fazer você economizar os últimos caraminguás para visitar todos eles.

#1 Tuvalu

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

É o país menos visitado do mundo! E também aquele punhadinho de meia dúzia de gente que desfila nas aberturas dos Jogos Olímpicos super orgulhosas de si mesmo. Apenas cerca de mil pessoas fazem turismo nesse país remoto ao norte de Fiji. São nove ilhas que somam apenas 26 quilômetros quadrados de superfície. Gente, isso é menos do que alguns latifúndios brasileiros! A capital é a minúscula Funafuti.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

As principais fontes de renda do governo são licenças de pesca e o domínio de internet “.tv”, super concorrido por sites de pirataria que rodam o mundo atrás de domínios. E isso rende a Tuvalu cerca de US$ 2,2 milhões por ano. Foi com esse dinheiro que, em 2002, conseguiram pavimentar as ruas da capital Funafuti e instalar iluminação pública. Awwnnn!

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Mas a gente entende porque o destino paradisíaco dos maoris é tão menosprezado. É praticamente impossível chegar lá. A Fiji Airways até tem um voo que parte de Suva, em Fiji, mas é preciso reservar com muita antecedência. E, pra que ninguém seja pego de surpresa, é bom saber: não há voos domésticos entre as nove ilhas. Vai precisar andar de barquinho mesmo!

#2 Ilhas Marshall

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Na imagem, um avião da Segunda Guerra Mundial virou lar de peixes após Japão e EUA abandonarem os veículos na ilha, que hospeda um cemitério de sucatas de guerra no fundo do mar, com mais de 150 aviões.

Cerca de cinco mil pessoas visitam anualmente as Ilhas Marshall, que ficam no Oceano Pacífico, pouco acima do Equador, e são formadas por dois atóis e mais de mil ilhas minúsculas. Assim como Tuvalu, ficam quase no meio do caminho entre o Havaí e a Austrália.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Se você pensa em programar uma viagem, faça isso rápido. Com uma altitude média de 7 metros acima do nível do mar, as Ilhas Marshall estão entre as que mais chance têm de desaparecer por causa do aquecimento global.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

E fique ligado: em 2011, o governo decidiu transformar uma área de quase 2 milhões de quilômetros quadrados em santuário de tubarões.

#3 Kiribati

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Outro arquipélago no Pacífico, composto por 33 ilhas, atóis e uma ilha de coral. São apenas 800 quilômetros quadrados de superfície, mas Kiribati ocupa 3,5 milhões de quilômetros quadrados no oceano.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Kiribati é também o único país do mundo que está presente nos quatro hemisférios do planeta: Norte, Sul, Leste e Oeste. E, por ficar ao ponto mais a leste da linha internacional de data, é sempre o primeiro país a festejar o Ano Novo.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Para chegar a Kiribati e se juntar aos seis mil turistas que visitam a cada ano, há voos partindo de Nadi, em Fiji; a Nauru Airlines tem voos que saem da Austrália via Ilhas Salomão e Nauru; e a Coral Sun Airways oferece alguns voos internacionais para as Ilhas Gilbert e Phoenix.

#4 São Tomé e Príncipe

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

As ilhas de São Tomé e Príncipe estiveram desabitadas até 1470, quando foram descobertas pelos navegadores João de Santarém e Pedro Escobar. Os portugueses povoaram as ilhas durante o século XVI, aproveitando sua localização, a oeste e perto da costa da África, para traficar escravos.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Somando as duas ilhas principais e várias ilhotas, São Tomé e Príncipe ocupa 1.001 quilômetros quadrados, sendo o segundo menor país do continente africano.

Para chegar até lá, há voos da TAP e da STP Airways saindo de Lisboa. Também há voos partindo de Angola, Cabo Verde, Gabão e Camarões.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Um dos melhores romances portugueses que li nos últimos tempos foi Equador, de Miguel Sousa Tavares, e se passa nesse pequeno país. Ainda me emociono só de lembrar da história.

#5 Comores

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Com 1.862 quilômetros de superfície distribuídos em quatro ilhas principais e muitas outras pequenas, as Comores ficam no Oceano Índico, a leste da costa africana e a oeste de Madagascar.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Com 15 mil turistas anuais, as Comores têm uma grande mistura étnica, com africanos nativos, imigrantes malaios e descendentes de comerciantes árabes. A religião predominante é o islamismo, e os idiomas oficiais são o comoriano, o francês e o árabe.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

O pequeno número de visitantes se deve parcialmente a um histórico de golpes de estado desde sua independência, em 1975. Só agora as Comores vêm encontrando um pouco de estabilidade para desenvolver sua infraestrutura turística. Voos para lá partem de Quênia, Tanzânia, Madagascar, Dubai, França e Iêmen.

#6 Ilhas Salomão

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Compostas por seis ilhas principais e mais de 900 ilhas pequenas no Oceano Pacífico, a nordeste da Austrália, as Salomão recebem cerca de 24 mil turistas a cada ano.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

O país tem uma história turbulenta que inclui desde combates entre Estados Unidos e Japão na Segunda Guerra Mundial até casos de violência étnica que se esticaram até o início da década de 2000. Hoje, o local é muito mais calmo e aberto ao turismo.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

A principal rota aérea até as Ilhas Salomão é via Austrália. Também há voos partindo de Vanuatu, Fiji e Papua Nova Guiné. Quando chegar lá, procure a Solomon Airlines para voos domésticos.

#7 Micronésia

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Cerca de 35 mil pessoas visitam anualmente os Estados Federados Micronésia, no Oceano Pacífico, e comprovam que o país não é um lugar fictício criado pelo roteirista de Zoolander.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Mas o país não é só fonte de piadas para os Estados Unidos. Em 1986, a Micronésia firmou um acordo que permitia aos EUA instalar e manter bases militares nas ilhas. O acordo foi renovado por 20 anos em 2003, por um valor de US$ 3,5 bilhões!

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Para chegar até lá, há voos da Air Marshall Islands saindo de Fiji, Havaí, Kiribati e Tuvalu. A Continental Micronesia, que também faz voos domésticos, tem saídas de Havaí, Japão e Filipinas.

#8 Serra Leoa

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Serra Leoa nunca esteve entre os países mais ricos. Fome, corrupção e pobreza fazem parte da história desse país de forma tão central, que nem nós, brasileiros, não fazemos ideia do que seria isso. Em 2004, para piorar, uma epidemia de ebola complicou ainda mais a vida da população local.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

No entanto, o país cresceu nos últimos anos, com o governo tomando medidas contra o tráfico de diamantes e fazendo esforço para atrair investimentos estrangeiros. Por fim, hoje o país está longe da lista de países mais inseguros para visitar. Destinos mais populares como México, Índia, Tailândia e Camboja têm índices de furtos e de violência mais altos.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Chegar a Serra Leoa não é nada complicado: há voos saindo de Londres, Paris e Bruxelas, além de países como Quênia, Marrocos, Gana, Nigéria e outros.

#9 Tonga

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Essa monarquia polinésia - a última no mundo - é um arquipélago de 170 ilhas no sul do Pacífico e um país muito religioso (o cristianismo predomina) e bastante influenciado pelas tradições polinésias.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Não é permitido, por exemplo, trabalhar aos domingos. Logo, se seu programa dominical é pegar um barco e passear pelas ilhas, é preciso avisar com antecedência à polícia local e informar que ninguém estará trabalhando.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

A população local também é bastante amigável, o que faz de Tonga um lugar ainda mais agradável. Para voar até lá, é possível pegar um voo da Air New Zealand em Auckland ou Samoa; a Pacific Blue tem saídas em Sydney e Auckland; e a Fiji Airways liga Tonga a Fiji.

#10 Guiné

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Localizada no noroeste da África, a Guiné é um dos países mais ricos do continente em recursos naturais, ainda que sua população tenha níveis altos de probreza.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

Em 2014, com a epidemia de ebola, o turismo despencou no país. A Guiné foi declarada livre do vírus em dezembro do ano passado, mas o número de visitantes ainda não voltou ao normal.

Os 10 lugares (incríveis!) menos visitados do mundo

As principais rotas aéreas até Guiné incluem voos saindo de Paris e Bruxelas.

#viagem #lugaresremotos #paraísos #geografia #planeta

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.