Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

PrincessButtercup
há um ano35 visualizações

Uma nevasca cai lá fora e todo o Overlook hotel está seguramente trancado para que o frio e as forças da natureza não invadam a antiga construção. Enquanto isso, Danny, percorre os corredores em silêncio com o pequeno velotrol, sem saber que o sobrenatural habitava cada canto da mansão. Ao dobrar uma esquina, depara-se com duas meninas idênticas e pálidas, vestidas com fina organza azul, de olhar adulto e sorriso sapeca. Convidam-no para brincar. Brincar para sempre.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A cena é uma das mais célebres entre os filmes de terror que marcam a história do cinema. Quem vê “O Iluminado”(1980), dirigido pelo mestre Stanley Kubrick, não consegue deixar de se sobressaltar do sofá. É assustador tanto pela história original de Stephen King, quanto pela atuação de Jack Nicholson e pela habilidade do diretor.

Poucas pessoas sabem, no entanto, que a história foi baseada em um hotel que existe! O Stanley, no Colorado (onde, aliás, foi a locação do filme), considerado mal assombrado e com atividades paranormais. A hospedaria não é a única nos EUA a ser atribuída pelas pessoas como ninho de alma penada. Há um tantão de hotéis no país dos filmes de terror que a estadia não é para qualquer um não.

De acordo com alguns entusiastas paranormal, alguns dos mais antigos hotéis em todo o país podem ter alguns hóspedes que resolveram ficar de vez, mesmo abandonando o corpo físico. Para comemorar o Dia das Bruxas neste ano, por que não fazer uma viagem para uma dessas propriedades e viver (e morrer de medo) essa aventura espectral? Garanto que todos são um luxo! Até porque, se eu fosse espírito preso à Terra, iria querer ficar no bem-bom, não é mesmo?!

#1 Stanley Hotel, Estes Park, Colorado

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

Quando Stephen King e sua esposa se hospedaram no hotel em 1974, eles foram os únicos hóspedes, porque o hotel estava prestes a fechar para a temporada. Soa familiar? A sua experiência na sala 217, é claro, inspirou o romance (e mais tarde, o filme de Stanley Kubrick) “O Iluminado”. Embora a história de 107 anos da Stanley é relativamente monótona, ele ganhou uma reputação de atividade paranormal na década de 1970 que continua até hoje. A imaginação, aqui, despertou o medo stanleyhotel.com

#2 Hotel Chelsea, New York City

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

Construído no final do século XIX, na Big Apple, o Hotel Chelsea tem sido a inspiração para artistas de várias gerações, de Mark Twain, passando por Andy Warhol, até Ethan Hawke. Com tais convidados de alto perfil, não é nenhuma surpresa que o hotel tem visto igualmente escândalos de alto perfil, mais notavelmente, o assassinato não solucionado da namorada do roqueiro Sid Vicious (baixista do Sex Pistols), a groupie Nancy Spungen (1978). O hotel está fechado para reforma, mas é esperado para reabrir em 2017. chelseahotels.com

#3 Bourbon Orleans Hotel, New Orleans

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

Antes de ser convertido em um hotel na década de 1960, esta propriedade de quase dois séculos de idade serviu como um salão de baile e teatro, em seguida, um convento e orfanato. Alguns de seus hóspedes relatam atividades paranormais. Alguns rumores incluem um soldado confederado, que assombra o terceiro e sexto piso, crianças e mulheres, desde os dias do convento, e uma dançarina que ficou por lá desde os tempos do teatro. Espíritos ecléticos, não? bourbonorleans.com

#4 Deetjen’s Big Sur Inn, Big Sur, California

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

Ellen Brill, o decorador de set da série “American Horror Story” ouviu alguns passos estranhos e uma porta bater quando ficou instalado neste hotel com a equipe de filmagem. De acordo com a Vogue, o gerente disse a Brill que era apenas o vovô Deetjen, referindo-se ao fundador da pousada, Helmuth Deetjen, que construiu o imóvel na década de 1930 com a esposa, Helen Haight. É seguro dizer que vovô Deetjen é um fantasminha camarada e não quer mal a ninguém. Também pudera: depois de construir um lugarzinho fofo como esse, eu não ia querer ir embora. deetjens.com

#5 Battery Carriage House, Charleston, South Carolina

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

Essa pousada orgulhosamente é se diz a mais assombrada e também a mais romântica de Charleston. Além dos visitantes encarnados, há outros hóspedes vitalícios (ou diria, mortalícios) que não abandonam o imóvel. Chutaria dizer que é pelo ar do romance que permeia o local. Há um espírito sem cabeça que assombra o quarto 8, uma congregação inteira no quarto 3, e uma aparição cavalheiresca na sala 10. Como eles convivem em tranquilidade, a gente não sabe, mas que estão lá, ah!, estão mesmo! batterycarriagehouse.com

#6 Hawthorne Hotel, Salem, Massachusetts

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

Local dos infames julgamentos de mulheres consideradas bruxas, Salem, a cidade de Nova Inglaterra não é estranha a rumores de atividades paranormais. O hotel Hawthorne, de 91 anos, supostamente é um foco de acontecimentos sobrenaturais, com testemunhas de luzes piscando, torneiras ligando sozinhas e desligando por conta própria, e aparições de um espírito masculino. O programa de televisão Bewitched filmou vários episódios na propriedade. hawthornehotel.com

#7 1886 Crescent Hotel & Spa, Eureka Springs, Arkansas

Os 10 hotéis mais mal-assombrados dos Estados Unidos

Veja os hotéis preferidos destas cinco clebridades

PrincessButtercup
há um ano18 visualizações

Pessoas famosas estão sempre viajando, quer seja em com outras pessoas famosas em um grupo seleto e exclusivo, quer seja com a família, de maneira discreta. Fato é que estão #pelomundo e conhecem bem os hotéis furada e aqueles inesquecíveis.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Camas macias não são suficientes. Tem que ter algo de restrito, de difícil acesso, longe do óbvio e detalhes muito bem cuidados.

É o que traz o livro da editora chiquerésima Condé Nast, sobre as estadias preferidas das celebridades. É o “Chic Stays: Condé Nast Traveller’s Favourite People on Their Favourite Places”. O livro traz preferencias de Kate Winslet, Eva Longoria, Guy Ritchie, entre várias outros famosos.

Para alguém como a modelo Poppy Delevingne (irmã de Cara Delevingne), tem que ter aquele algo de histórico. Para a atriz Eva Longoria, há que ter um spa completo.

Tem gente de todo tipo e hotel para qualquer gosto. E pasmem, gente: tem Brasil na lista!

O lançamento está previsto para dia 27, no valor de 55 libras (R$ 216,20).

Kate Winslet: Eilean Shona, Inner Hebrides (Escócia)

Veja os hotéis preferidos destas cinco clebridades

A maioria das pessoas é fascinada pela ideia de luxo bem merecido no final de um dia estafante. Melhor ainda quando o conforte encontra a natureza selvagem e deserta como as praias isoladas de Shona, na Escócia. A espetacular e bela ilha na costa oeste da Escócia, a partir da qual (os picos) Eigg, Muck and Rum podem ser vistos à distância como mitos gigantes emergentes do mar, foi amada por Vanessa Branson e Robert Devereux, diretor da Virgin. O casal comprou a propriedade e a transformou em hotel já há duas décadas. A natureza é mágica e as praias de areia branca dão um belo contraste com um ar de magia. Este é o tipo de uma atmosfera que Kate anseia, procura e encontra raramente.

Sofia Coppola: Palazzo Margherita, Bernalda (Itália)

Veja os hotéis preferidos destas cinco clebridades

A diretora de “Virgens Suicidas” e de “Encontros e Desencontros”, Sofia Coppola, não poderia escolher outro hotel preferido do que do próprio pai, Francis Coppola. Ela explica no livro “Chic Stays”: “há um certo paralelo entre dirigir um filme e criar um hotel. Eu acho que é por isso que o meu pai é tão bom em fazer hotéis: Ele sabe que eles têm uma história e sabe como criar uma atmosfera; ele tem olho de diretor para detalhes.”

O arquiteto, Jacques Grange, restaurou um sem número de detalhes originais do belo palacete italiano: belas pinturas murais, azulejos e afrescos no teto. E no andar de cima, há uma grande sala com uma tela de cinema, com a coleção de Martin Scorsese da história do cinema italiano.

Alessandra Ambrosio: Uxua Casa Hotel & Spa, Trancoso (Brasil)

Veja os hotéis preferidos destas cinco clebridades

A modelo e angel da Victoria Secret, Alessandra Ambrosio, é gente como a gente. De todo o mundo, a brasileira escolheu o resort Uxua, na Bahia, como a hospedagem favorita:

“Todos os meus amigos me disseram que Uxua é o mais belo lugar para ficar em Trancoso (BA). É bem no centro da cidade velha, ao lado da praça pitoresca, o Quadrado. A bossa nova flutua através do ar, a comida é incrível, feita a partir de ingredientes super frescos e há sempre um pouco de festa acontecendo em algum lugar. O que é realmente único sobre Uxua é que ela é composta de muitas pequenos bangalôs. Cada um é completamente diferente, mas todos têm uma vibe praia rústica.”

Poppy Delevingne: Hotel Bel-Air, LA (Estados Unidos)

Veja os hotéis preferidos destas cinco clebridades

A modelo Poppy Delevigne (irmã de Cara Delevingne) ama a cidade. E ama Los Angeles. O hotel que mais gosta é o Bel-Air. Ela se sente em casa, tanto pela decoração quanto pela história. O local era altamente frequentado pelas estrelas dos anos 50 e 60. Marilyn Monroe, por exemplo, fez a última sessão de fotos lá, seis meses antes de falecer. “Tudo o que eu quero fazer é fundir-se estas paredes flamingo cor de pó-de-rosa e desaparecer”, diz a moça.

Eva Longoria: Eva Longoria: One&Only Palmilla, Cabo (México)

Veja os hotéis preferidos destas cinco clebridades

Para muita gente, férias não são férias sem praia. Eva Longoria é dessas, por isso, sempre vai curtir uma praiana nas águas calientes da costa oeste do México. Mais precisamente, em São José do Cabo (Los Cabos). O hotel One & Only Palmilla é o preferido dela e com razão, porque é de tirar o fôlego!

“Meu principal objetivo quando eu chego é relaxar, então eu tento passar o maior tempo que for humanamente possível no spa. Vale a pena caminhar lá porque é muito bonito: vilas privadas para tratamentos, em pátios à sombra de palmeiras, camas de massagem abaixo cabanas de colmo, e o lugar todo cheira muito bem.”

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.