Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

PrincessButtercup
há um ano63 visualizações

Nosso mundo é tão cheio de maravilhas naturais e humanas que a gente nem faz ideia. São lugares santos, históricos, de natureza intocada ou até mesmo que guardam o ocultismo de passagens bíblicas. Sim, amigos... existem lá fora verdadeiros cenários dos filmes de Indiana Jones, com perigos naturais, artefatos mágicos, tesouros escondidos, conhecimentos ocultos e paisagens que parecem de outro mundo! No entanto, tudo isso é totalmente proibido aos teus olhos.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

Seja por restrições governamentais ou por empecilhos naturais, esses locais estão espalhados por aí, como um convite aos aventureiros de plantão.

Veja os 10 mais incríveis:

#1 Igreja de Santa Maria de Sião (Etiópia)

Se você tem um cadinho de anos nas costas (e nos cabelos) vai lembrar dessa cena de “Os Caçadores da Arca Perdida”, o primeiro filme da franquia de Indiana Jones. O artefato que os nazistas encontram para a dominação mundial era supostamente mágico, trazendo para o mundo físico da Terra poderes de outra dimensão.

A suposta Arca da Aliança estaria na Igreja de Santa Maria de Sião, na Etiópia, onde somente um único guardião tem permissão para vê-la. Na história que se conta por eles, o objeto foi transportado até o país africano pelo filho do Rei Salomão com a Rainha de Sabá, o Rei Menelik I. O objeto teria guardado os tesouros mais sagrados dos hebreus. O mais importante deles seria as tabuletas dos Dez Mandamentos e outros trabalhos mediúnicos de Moisés, na sua comunicação com o Altíssimo, apontando o povo de Israel como Os Escolhidos.

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

Quase ninguém acredita que o objeto guardado pelo Igreja Ortodoxa da Etiópia seja a verdadeira Arca da Aliança, mas o local é cercado por muito misticismo e totalmente proibido.

#2 Ilha de Queimada Grande (Brasil)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

O lugar mais perigoso do Planeta está no Brasil e é conhecido mundialmente pelo apelido: Ilha das Cobras. Essa rocha que se eleva do Oceano Atlântico, a 35 quilômetros do litoral paulista, abriga o maior ninho de serpentes que já se viu. Todo o lugar é tão infestado que o desembarque é proibido! A natureza, no entanto, é deslumbrante.

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

As cobras encontradas são da espécie jararaca ilhoa, uma das mais mortais do mundo porque o veneno mata a vítima em menos de duas horas e é tão ácido que chega a dissolver um pouco o tecido musculoso. Há mais de 4 mil delas nessa ilhota de pouco mais de 400 mil metros quadrados. Somente a cada ano, um punhado de cientistas tem permissão para ir lá para estudar essas danadas.

#3 Ilha Sentinela do Norte (Índia)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

Fica na Baía de Bengala, na Índia. É a morada do povo mais hostil do mundo, os Sentinelas (ou Sentineleses), uma etnia de mais de 60 mil anos, isolada de tudo e todos. Eles matam qualquer um que se aproxima. Mesmo! São do tipo que jogam pedras e flechas em helicópteros, barcos e pesquisadores por lá se ariscam a atracar. Por isso, ninguém sabe ao certo que língua essa gente fala, o que comem, como vivem, etc. Tudo o que se tem notícia é de que são pessoas de cor muito escura, negróides, que medem entre 140 centímetros e 150 centímetros.

Antes do Sismo e tsunami do Oceano Índico de 2004 a Ilha Sentinela do Norte tinha cerca de 72 km² e um formato mais ou menos quadrado. Recifes de corais se estendiam ao redor da ilha a uma distância entre 800 e 1.300 metros da costa. A Ilha Constança, localizava-se a cerca de 600 metros ao lado da costa sudeste, na borda do recife.

Além de aumentar a área da ilha, o terremoto de 2004 inclinou a placa tectônica sob ela, levantando-o entre 1 e 2 metros. Grandes extensões de recifes de coral ao redor foram expostos e tornaram-se terra ou rasas lagoas permanentemente secos, estendendo os limites da ilha todo em até 1 km, a oeste e sul. A ilha Constança uniu-se com a Ilha Sentinela e hoje perfazem uma ilha só.

#4 Svalbard Global Seed Vault (Noruega)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

É feito um banco do genoma botânico terrestre. Uma vasta instalação para armazenar sementes em cavernas subterrâneas da ilha norueguesa de Spitsbergen, a uns 1.250 quilômetros do Polo Norte. Construída a 120 metros adentro de uma montanha de gelo, abriga hoje 840 mil amostras de 4 mil espécies diferentes de sementes de todo o mundo. Governos e os principais laboratórios do mundo guardam seus repositórios botânicos lá. A ideia é ter um local seguro para abrigar a diversidade vegetal terrena, diante de cataclismas e outras tragédias. Todo o local é altamente protegido e apenas um punhado de funcionários têm acesso a esse cofre.

#5 Biblioteca do Vaticano (Vaticano)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

Enterrados muito profundamente debaixo da Cidade do Vaticano estão os Arquivos Secretos da Igreja Católica Apostólica Romana, sobre a milenar Santa Sé, a história política da Europa e as bases do cristianismo nos primeiros anos. Tudo isso é propriedade oficial do papa em regência. São de 35 mil itens, limitados a um pequeno corpo de funcionários. Poucos cientistas e estudiosos conseguem permissão para entrar. Na ficção, um deles foi Robert Langdon em "Anjos e Demônios".

#6 Tumba do Imperador Qin Shi Huang (China)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

A tumba do primeiro imperador da China, Qin Shi Huang , que morreu em 210 a.C., é enterrado debaixo de uma colina no centro do país. O complexo funerário consiste de uma complicada rede de cavernas subterrâneas que foram preenchidass com todas as coisas que o imperador precisava na vida após a morte, incluindo reproduções de barro de seus exércitos, família, servos, cavalos e equipe estatal e os famosos soldados de terracota. Desde a sua descoberta inicial, em 1974 , mais de 2 mil estátuas foram escavadas, cada uma delas completamente diferente uma da outra. Acredita-se que pode haver mais que 8 mil em torno do túmulo central, ainda a serem descobertas. No entanto, o governo chinês não permite que a escavação da tumba do imperador continue, respeitando os antigos ritos de sepultamento do grande monarca. O turista pode até ver um soldado de terracota no local, mas não pode entrar na tumba do imperador onde os exércitos guardam seu corpo.

#7 Santuário de Ise (Japão)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

O Santuário Ise é um santuário xintoísta dedicado à deusa do sol, Amaterasu e está situado na cidade de Ise, na província de Mie, no Japão.

Também é conhecido por Ise Jingu, ou apenas por Jingu ("o Santuário") e é um dos mais importantes santuários xintoístas do Japão. Lá estão relíquias dos primórdios do Japão e da dinastia Meiji.

Amaterasu é considerada a antepassada da Família real nipônica e é a divindade tutelar do povo japonês, o que faz do Ise Shingu um dos templos mais emblemáticos do Japão. Antigamente, a sumo-sacerdotisa de Ise Shingu era sempre uma mulher solteira da Família Real, conhecida por Saiô. Hoje, já pode ser um homem, mas tem que ser necessariamente membro da família real. O cargo é hoje exercido por Kitashirakawa Michihisa, bisneto do Imperador Meiji.

O sol, como uma divindade feminina, é símbolo da bandeira japonesa e dá o apelido de “terra do sol nascente” ao Japão.

#8 Club 33 (Estados Unidos)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

Quase tão restrito quanto a Área 51, o Club 33 é quase uma seita secreta que recebe a mais seleta nata do mundo. Esse talvez seja o único local que Walt Disney construiu dentro do seu mundo maravilhoso da Disneylândia, na Califórnia, para selecionar a entrada do público. Para ser membro é preciso pagar uma taxa de US$ 27 mil para entrar e outra anual de US$ 12 mil. As organizações não divulgam os números desse Clubinho Disney privê, mas acredita-se que haja 500 membros e outros 800 numa lista de espera que já dura 14 anos. Só para se ter uma ideia, por cinco anos essa lista deixou de existir por não haver vagas. Todo esse dinheiro e trabalho para comer uma refeição francesa de seis pratos e beber o que há de melhor no mundo.

#9 Lascaux (França)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

É um complexo de cavernas na França que proíbe a entrada de visitantes por possuir o maior acervo de pinturas rupestres bem preservados do mundo. São 17 mil anos de história do Homem primitivo. Elas contêm 900 dos exemplos sobreviventes mais perfeitos da arte do Paleolítico Superior. Elas consistem principalmente em imagens de animais de grande porte, a maioria dos quais são conhecidos a partir de evidências fósseis que mostram quais bichos habitavam a região na época. Impossível negar a vocação da França para artes.

As cavernas, que foram proibidas ao público desde 1963, têm sido ameaçadas nos últimos anos por uma série de inexplicáveis​​, e apenas parcialmente controladas, invasões fúngicas. Qualquer presença humana nas cavernas é considerada como potencialmente destrutiva. Normalmente, elas são visitadas apenas uma vez por semana por um guarda de segurança e a inspeção dura apenas alguns minutos a cada vez.

#10 Poveglia (Itália)

Os 10 lugares mais incríveis do planeta e totalmente proibidos

Poveglia é uma pequena ilha situada entre Veneza e Lido, na Lagoa de Veneza, norte da Itália. Durante séculos, Poveglia tem sido um refúgio, uma fortaleza, um lugar de exílio e um depósito de doentes e mortos.

Em 1348, a peste bubônica chegou a Veneza, e Poveglia, como muitas outras pequenas ilhas, tornou-se uma colônia de quarentena. Temendo a propagação desenfreada da doença, Veneza exilou lá muitos de seus cidadãos que apresentavam sintomas do mal. No centro da ilha, os mortos e moribundos – que foram confundidos com corpos mortos – foram queimados em piras gigantes. Estes incêndios iriam iluminar o céu italiano mais uma vez em 1630, quando a peste negra novamente varreu a cidade.

No século XX, a ilha foi novamente usada como uma estação de quarentena, contudo, em 1922, os edifícios existentes foram convertidos em um hospital para doentes mentais. Isso durou até 1968, quando o hospital foi fechado e a ilha mais uma vez tornou-se desabitada.

Lendas de assombrações pelas vítimas da peste e da guerra cercam o local, assim como o suposto fantasma de um médico louco da instituição mental que massacrava e torturava pacientes.

Atualmente, o lugar está fechado para moradores e turistas. Nos últimos anos, equipes de construção italianas tentaram restaurar o antigo prédio do hospital, mas, inesperadamente, pararam as obras sem dar motivo.

Ui!

----------

Por Pilar Magnavita

#lugaresproibidos #viagem #aventura #geografia #pelomundo

Cinco destinos baratos e incríveis para casar no exterior

PrincessButtercup
há um ano341 visualizações
Cinco destinos baratos e incríveis para casar no exterior
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Crédito: Patrícia Figueira, Dario Varesini e Ippokratis Alexiou

Vestido, casa de festas, igreja, celebrante, fotógrafo, buffet, músicos... aff! Quem organiza um casamento provavelmente é capaz de organizar qualquer evento. A lista de detalhes e de fornecedores pode alcançar o volume inteiro das antigas Páginas Amarelas! E você nem acredita (e nem quer saber) de onde conseguiu tirar tanta grana para uma recepção de proporções kadarshianas.  

Não raro as noivinhas se pegam aos prantos semanas antes, com olheiras, cheia de dores nos ombros, seja porque alguém cancelou um serviço, seja porque o noivo parece que ainda não entendeu que vocês irão casar em pouco tempo e ele nem escolheu a roupa ainda. Duro, eu sei.

Claro que qualquer sacrifício vale a pena, mas e se de repente rolasse uma viagem para um lugar super bacana, mágico e um cadinho mais em conta?

Não, isso não é impossível.

Há diversos destinos no exterior que estão bombando de casais apaixonados que escolhem uma paisagem incrível para uma cerimônia inesquecível. Seja a beira de uma praia paradisíaca ou em um castelo escocês, é possível comprar pacotes com quase tudo incluído para aquele momento mágico do sim ser super especial. Eu disse quase tudo. O vestido ainda é tarefa inteiramente da noiva.

O nome dessa nova onda é destination wedding, ideal para espíritos aventureiros que buscam unir a vontade inquietante de viajar e celebrar um momento tão importante quanto esse.

Só para se ter uma ideia, um casamento para umas 250 pessoas no Rio de Janeiro, com igreja local bacana, buffet e etc, não sai por menos R$ 50 mil, com muito otimismo. Fazer algo para menos pessoas no Caribe (100 convidados) custa a partir de R$ 40 mil. A vantagem é que será inesquecível. A desvantagem é que os convidados terão que arcar com as despesas de viagem. Mas não se preocupe com isso.

O que a maioria dos casais acaba fazendo é celebrando a cerimônia do jeito que querem lá fora, com a presença de familiares e os amigos mais íntimos. Normalmente, esse grupo querido sempre curte participar dessa aventura com o casal de noivos. Brasileiros que casam no exterior têm uma média de 30 convidados! Até porque a família já faz um bom número, não?! A minha por exemplo, daria 60 pessoas fácil!

Há, também, a possibilidade de fazer algo ainda mais reduzido: só os pombinhos! O que não deixa de ser a coisa mais romântica de todos os tempos.

A burocracia é muito simples para fazer valer teu momento mágico no Brasil é simples. Depois de casar, os noivos devem ir a uma Repartição Consular (Embaixada, Consulado ou posto de atendimento do Brasil no país onde você casou). É preciso levar a certidão que o celebrante deu porque esse papel tem que ser registrado. Quando voltar para casa, é só procurar o Cartório do 1º Ofício do Registro Civil do município do seu domicílio. Lá, você vai pagar por uma transcrição. O prazo é de 180 dias, a partir do retorno definitivo ao País.

Muitos destinos, de tão procurados por noivinhas estrangeiras, já possuem um esquema completo de cerimônia e recepção.

#1 Grécia

Cinco destinos baratos e incríveis para casar no exterior

Foto: Casamento de Raufa e Paulo.

Um lugar inigualável e mágico. Uma das ilhas preferidas das noivas é Santorini. Um lugar tão mágico quanto o momento que o casal irá vivenciar a beira do altar. Planeje-se e ajude os convidados a se planejarem: um Save The Date com pelo menos um ano de antecedência é bem recomendado. Assim, todos podem programar as férias e juntar o $$ necessário para a viagem. Ah, faça lembretes a cada dois ou três meses e organize uma programação para as pessoas na ilha. A dica é do blog Casamento em Santorini, de Luana Sarantopoulos. Essa brasileira conta que planejou cerimônia para 30 pessoas e foram 120! A galera comparecer, gente! Tá pensando o quê?!

Um contato poderoso de um cerimonial que vai dar TUDO o que você precisa é o Divine Wedding.

Outro é a agência Travel Zone. Localizada em Atenas, é uma especialista em levar casais para um "sim" magnífico a beira do Mar Egeu. São muito conhecidos na área e contam até com uma equipe de agentes brasileiros, com baita experiência.

Os valores para um casamento grego não são tão altos. O pesado é chegar até a Grécia. As passagens de avião são geralmente muto caras. No entanto, há hotéis pra lá de chiques e idílicos que custam, talvez, o mesmo valor de uma pousada requintada do Roteiro do Charme aqui no Brasil.

#2 Las Vegas

Cinco destinos baratos e incríveis para casar no exterior

Pensou em casamento no exterior, pensou em Las Vegas, claro! A capital do romance! Quer dizer... a capital do romance kitsch. A foto acima é do casamento da Aline e Marco.

Há uma gama de empresas que organizam o casamento que você quiser, na terra em que Elvis Presley celebra o compromisso de noivos apaixonados sob uma cruz neon. Claro, há cerimônias bastante requintadas também, nos maiores hotéis da cidade. Da pompa à diversão pura, vale tudo.

#3 Aruba

Cinco destinos baratos e incríveis para casar no exterior

Um dos destinos mais procurados por brasileiros que querem casar no exterior, Aruba tem uma estrutura completa para grandes eventos nos hotéis e resorts das praias mais belas do mundo. Em geral, há opções de pacotes para diversos tipos de bolsos.

O Marriot, por exemplo, monta pacotes para grandes grupos, com a possibilidade de ganhar mais descontos e diárias estendidas gratuitamente, ou apenas para os noivos e a festa. Há pacotes também com spa e outros serviços.

Outra opção é buscar uma agência de cerimonial para organizar TUDO para você.  Daí é só chegar e casar. Mas se você quiser escolher cada detalhe, há uma lista de fornecedores no site de turismo de Aruba.

#4 França

Cinco destinos baratos e incríveis para casar no exterior

Bastam meros R$ 8 mil para alugar o lendário castelo de Chantilly, a 30 minutos de Paris (França) para um casamento. Sério! É um sonho que pode se realizar para muitas moças que anseiam por um casamento de conto de fadas. Poucas coisas são tão chiques e mágicas do que trocar alianças num lugar assim. 

França é um dos países ideais para celebrar uma cerimônia, especialmente para casais estrangeiros. Extremamente popular entre pombinhos em Lua de Mel, o país do amor é pouquíssimo procurado para as cerimônias. Claro, pensamos que isso iria nos custar os olhos da cara. No entanto, castelos menores e menos populares, fora do eixo Paris, costumam alugar seus salões nobres por um preço muito bom!

E não se preocupe em como organizar e achar todos os serviços necessários. Há uma penca de empresas que podem fazer isso por você.

#5 Itália

Cinco destinos baratos e incríveis para casar no exterior

Já imaginou fazer uma viagem incrível até a Toscana? E ainda por cima casar lá, na companhia da família??? Veramente um sogno! E mais do que possível. É que muitos pombinhos do mundo todo buscam as paisagens bucólicas de vinhedos, vilas e os campos secos para uma cerimônia simples, sem grandes rapapés.

É possível casar no civil, religioso, fazer votos em uma celebração simbólica, tanto para duas pessoas quanto para a cidade inteira. E, é claro, há cerimoniais brasileiros especializados na Toscana. Essas empresas também te levam ao pé do Lago Como, para um sonho de verão a dois. Vale muito um momento como esse!

----------

Por Pilar Magnavita

#viagem #destinos #casamento #casamentonoexterior #destinationwedding

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.