Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

PrincessButtercup
há um ano23 visualizações
Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A série épica Game of Thrones, que prende a atenção de meia porção da humanidade todos os domingos à noite, pode até se passar no mundo lendário dos quatro continentes “conhecidos” (Westeros, Essos, Sothoryos e Ulthos). Mas a ficção tem sua parcela de realidade. Desde a estreia na TV, em 2011, a história vem sendo filmada principalmente no Paint Hall Studios, em Belfast, e em outras localizações na Irlanda do Norte, Espanha, Navarra, Marrocos, Malta, Croácia e Islândia. E os produtores não poupam custos para deslocarem Westeros e Essos pelo nosso mundinho Terra: cada episódio sai a US$ 10 milhões, incluindo os gastos para enviar a galera toda para várias regiões da Europa e construir painéis elaborados para compor com as paisagens naturais, para o pano de fundo (mesmo com o chroma-key).

A gente que é fã sabe como seria legal ver todos esses lugares ao vivo e a cores.

(Sim! Inventaram um app para isso!)

Por isso, selecionamos aqui uma lista com 10 locações da série, para você planejar as próximas férias nessa atmosfera criada pelo sempre genial George R.R Martin.

#1 Castle Ward, na Irlanda do Norte, é um castelo real construído no século XVIII. A propriedade está aberta para o público o ano todo.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

As torres e prédios foram transformados em Winterfell, dos Bolton (ex-lar dos Stark).

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#2 Dark Hedges (Irlanda do Norte).

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Ou, como e conhecida em Game of Thrones, “Kingsroad”.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#3 A formação natural “Janela de Azur”, em Malta, foi onde Daenerys e Khal Drogo se casaram.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Olha que lindo!

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#4 O Parque Nacional de Vatnajokull, na Islândia, contem montanhas e geleiras impressionantes.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Jon Snow Jon andou por lá, na segunda temporada. E por lá também deixou a virgindade. O parque também serviu de palco para a jornada de Arya e Sandor Clegane, além da sangrenta batalha de Brienne de Tarth e Clegane na quarta temporada.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

No parque também é filmado o cenário do Punho dos Primeiros Homens, onde Sam, Grenn e Edd Doloroso encontram objetos antigos de obsidiana (vidro de dragão) enterrados na neve enquanto cavavam latrinas. 

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

A Islândia, como você agora pode perceber, é também todo e qualquer cenário das terras geladas. Aliás, os atores que o digam!

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#5 Torre de Minceta e as muralhas de Dubrovnik, patrimônio histórico da Unesco na Corácia.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

 São também a Casa dos Imortais, sede dos magos de Qarth.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#6 Rio Ounila, em Marrocos, impressinou tanto os produtores de GOT que se tornou a cidade de Yunkai.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones
Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#7 Outro patrimônio histórico da Unesco, em Marrocos, a cidade de Essaouira é mais conhecida pelos fãs como a cidade de Astapor.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

 Lembram do final da terceira temporada?

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#8 Murlough Bay, na Irlanda do Norte, é o cenário perfeito para a fictícia Baía dos Escravos.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

As cenas de Tyrion e Jorah sendo capturados por traficantes de escravos foram filmadas na baía de Murlough para a 5ª temporada. Olha lá a pedra no fundo!

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#9 O Alcázar de Sevilha é um palácio real histórico, lin-dís-si-mo, com jardins exuberantes e arquitetura detalhada.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Uma representação idílica perfeita dos Jardins de Água de Dorne, onde a Princesa Myrcella e Príncipe Trystane passavam os dias .

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Lindo!

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Lindo demais.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

#10 O Klis Fortress é outro destino croata e algumas das suas ruínas datam de dois mil anos! 

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Meereen, a nova morada de Daenerys, se passa lá, entre as ruínas.

Próximas férias: 10 locações reais de Game of Thrones

Bora preparar a mala!

Com a ajuda do app, fica mais fácil fazer o roteiro. Não fui, mas já recomendo!

----------

Por Pilar Magnavita

#viagem #roteiro #gameofthrones #GoT #pelomundo

Quem diria: estereótipo que temos de turistas britânicos é lenda urbana

PrincessButtercup
há um ano30 visualizações

Enquete do dia:

Quem diria: estereótipo que temos de turistas britânicos é lenda urbana
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O que você faz quando encontra com brasileiros no exterior?

1) Sai correndo

2) Finge que é nativo da terra

3) Critica ou abana a cabeça em desaprovação

4) Todas as alternativas acima

5) Nenhuma: cai uma lágrima de emoção patriótica

Seja sincero: quem nunca viu alguém bipando no Nextel nas ruas de Nova York e virou o rosto para outro lado? Ou viu aquela camisa do Flamengo em Paris se divertindo feliz com a família e fingiu ser de outro lugar?

Por incrível que pareça, acho que nosso complexo de vira-lata não nos permite achar graça disso. Seja porque nosso colega e compatriota brazuca fala muito alto, grita o nome dos outros e parece se deslumbrar com as promoções de uma pá de coisas que o Brasil nem sonha importar.

Um amigo meu, doutor em Neurociência, me contou que quando morou em Quebec, no Canadá, todos os brasileiros que migraram para o parte francesa do país negava completamente as origens. Alguns trocaram até o nome ou afrancesaram o que tinham.

Agora, na real... quem falou que todos nós somos o povo mais mal educado a turistar pelo mundo? Vamos nos valorizar, pessoal! Até porque tem uma galera bem com um código comportamental bem menos aceito do que nós.

Na verdade, o problema todo é não seguir as regras do lugar onde se está. Nenhum povo do planeta gosta de visitantes que falam alto, gritam o nome das pessoas, causam confusão, andam em grupos muito grandes (e por isso tumultuam certas atrações), parecem nunca chegar a um consenso sobre o que devem pedir num restaurante, num bar e que parecem não respeitar cerimoniosamente uma fila. E esse tipo de pessoa está em quase qualquer cultura. Talvez apenas os suíços não sejam assim.

Fato é que chegou a hora de termos um pouquinho mais de amor com nosso povo tão pouco acostumado a outras culturas. Até porque, os britânicos, exemplo de finesse mundo a fora, também está longe de ter um comportamento exemplar fora da Grã-Bretanha.

Duvida?

Está aí a prova que não me deixa mentir:

Estatisticamente, METADE dos dois mil turistas entrevistados para um estudo do escritório Slater & Gordon, um dos maiores de advocacia em Londres, respondeu que normalmente bebe muito mais fora do próprio país e que, por isso, sempre se veem em situações embaraçosas. O termo empregado em inglês foi “reckless behavior”, o que mostra que a galera realmente fica muito doida.

Quem diria: estereótipo que temos de turistas britânicos é lenda urbana

Em um grupo de 10 pessoas, uma respondia que se mete em brigas por causa da bebedeira e quatro, que fizeram coisas que jamais imaginaram fazer na Grã-Bretanha. Coisas do tipo: acidentes de trânsito, sexo com desconhecidos completos, brigas violentas de torcida em eventos esportivos, drogas, afogamentos e comer loucamente para em seguida passar muito mal.

O governo sempre fica tão escandalizado, que lançam de tempos em tempos relatórios sobre o comportamento louco dos britânicos e políticas de educação. Em geral, os países onde essa galera tem mais problemas é Espanha, Estados Unidos, Tailândia, França e Grécia.

Quem diria: estereótipo que temos de turistas britânicos é lenda urbana

Estão vendo? Brasileiros estão longe de encabeçarem a lista dos povos mais sem noção e mal educado do mundo. Tudo bem que a gente tem ainda muito a melhorar e a aprender com as boas maneiras dos outros, mas não merecemos tanto desprezo de nossa parte, não é mesmo?

----------

Por Pilar Magnavita

#viagem #turismo #brasileirosnoexterior #turistabrasileiro #turistamaleducado

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.