Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pelo mundo
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Quer emprego? Áustria oferece trabalho pra quem dispensar internet e… salário!

Emprego hoje em dia tá difícil, né? Brasilzão em crise, dólar a mais de R$ 3, tá feia a coisa. Mas tem país oferecendo emprego pra quem quiser. Tipo a Áustria. Lá, a cidade de Saalfelden, um desses lugares com montanhas e lagos espetaculares, está procurando um funcionário para uma “missão”. 

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Quer emprego? Áustria oferece trabalho pra quem dispensar internet e… salário!

Só tem uma pegadinha: quem topar vai precisar viver numa cabana nas montanhas sem direito a modernidades. Ah, tem outro pequeno detalhe também: não tem salário. Não por acaso, outro requisito é que o candidato à vaga seja um “homem espiritual”.

A história é a seguinte: a concorrência pelo emprego está sendo administrada por Alois Moser, um padre local. Ele garante que muitas pessoas já se candidataram.

O lado bom é que o funcionário escolhido vai viver nas montanhas e, durante o verão, encontrar com os muitos peregrinos que visitam anualmente o balneário de Zell am See. Muitos dos viajantes querem ver as vistas espetaculares, mas também querem conhecer o cidadão que viverá isolado. 

Quer emprego? Áustria oferece trabalho pra quem dispensar internet e… salário!

No inverno, pode não ficar tão divertido, já que os visitantes desaparecem. O funcionário terá que se virar sozinho na montanha. Resumindo, quem se candidatar precisará estar com a agenda vazia de abril até novembro. E aí, se interessou?

Os 5 motivos do sucesso de máquinas de venda no Japão

Sabe aquelas máquinas de refrigerante e biscoito que a gente encontra em metrô, aeroporto e alguns escritórios aqui no Brasil? Pois é, o Japão leva esse negócio a outro nível. Lá, eles têm máquina de venda com todo tipo de produto: comida, bebida quente, bebida fria, sopa, cigarro, chá e até saquê e cerveja.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Essas máquinas estão por toda parte no Japão. Até na rua, na calçada, tanto em área residencial quanto nas partes comerciais da cidade. E só existe essa quantidade toda de máquina (o país tem um delas para cada 23 habitantes) porque a população usa. Compra mesmo. Anualmente, as máquinas de venda japonesa rendem US$ 60 bilhões. E se você está imaginando por que esse sucesso todo, a gente explica em cinco parágrafos.

1. Espaço imobiliário caro

Os 5 motivos do sucesso de máquinas de venda no Japão

O Japão está longe de ser o maior país do mundo em tamanho, mas hoje há 127 milhões de habitantes lá. Para piorar 93% dessa população mora em regiões urbanas. Com isso, o metro quadrado custa uma insanidade em algumas cidades. Isso significa também que empresas japonesas não têm muito espaço para armazenar seus produtos. A melhor saída é lotar máquinas de venda espalhadas pela cidade.

2. Baixa criminalidade

Os 5 motivos do sucesso de máquinas de venda no Japão

Se não há criminosos nas ruas, não há máquinas furtadas ou vandalizadas. Por isso, empresas podem instalar suas máquinas até em calçadas onde não há a mínima vigilância. Maaaaaas, só pra prevenir, as máquinas japonesas têm câmeras internas e ligação direta com as delegacias. Se algo estranho acontecer, a polícia aparece rapidinho.

3. Custo da mão de obra

Os 5 motivos do sucesso de máquinas de venda no Japão

Com a taxa de natalidade caindo, uma população cada vez mais velha e pouca imigração, o Japão tem uma mão de obra cara. Logo, em vez de contratar dezenas de vendedores, o grande comerciante prefere adquirir máquinas que só exigem uma visita periódica do operador para reabastecer os produtos e recolher o dinheiro.

4. Dinheiro vivo

Os 5 motivos do sucesso de máquinas de venda no Japão

É questão cultural: apesar de toda modernidade, japoneses gostam mesmo é de carregar dinheiro vivo. Nada de cartões de crédito ou débito. Várias lojas nem aceitam os cartões. Por isso, a população sempre anda com dinheiro vivo - o que facilita na hora de escolher a máquina como opção de compra.

5. Amor por tudo que é automático

Os 5 motivos do sucesso de máquinas de venda no Japão

Japoneses adoram robôs, e o mesmo vale para máquinas de venda. Logo, vida longa para todas elas. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.