Pequerruchos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pequerruchos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pequerruchos
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

Pilar Magnavita
há 2 anos170 visualizações

Mamãe, não se desespere porque não pensou na fantasia do seu príncipe ou da sua princesa. A gente sabe que o Carnaval é importantíssimo para eles. Por isso, lanço aqui, especialmente para você, ideias muito simples que podem ser feitas em casa, sem grande esforço, caso não queira exorcizar seus pecados na 25 de Março em São Paulo ou no Saara no Rio. Abra o armário da criança e liste as roupinhas, porque o universo lúdico infantil começa com a simplicidade. E certamente nessa empreitada você vai achar algum Homem-Aranha ou Elsa de "Frozen" para passar, ao menos, um dia de bloco. Se bobear, é capaz de os pequenos quererem usar a mesma fantasia todos os dias.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

É ou não é?

No entanto, eis aqui algumas ideias bem criativas (e, por isso mesmo, pouco encontradas na rua) para as crianças “mais diferentonas”. Aliás, você mesmo pode sair vestida de Afrodite, com tags da Diferentona. Fica a dica! ;)

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

1) Piloto de Fórmula 1

Muito fofo, gente! Sua filha ou seu filho puxou o papai, que idolatrava o Senna? Tem um boné do extinto banco Nacional em casa? Então essa é para você, amiga. Um conjunto de calça e blusa vermelha velha compõe o uniforme básico. Cole na camisa papéis com uma escuderia (Ferrari, por exemplo) e marcas bacanas patrocinadoras.

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

2) Jedi

Seu filhote pratica alguma marte marcial? Então o kimono pode virar uma bela fantasia de jedi, o paladino galáctico de Guerra nas Estrelas. Não precisa muita coisa. Uma calça de elanca marrom (elanca? Pois é. Sou velha.), o kimono por cima e um cinto de pano, em geral em tons terra ou cinza. Para finalizar, o brinquedo de sabre de luz que ele provavelmente ganhou no Natal, não é? Na falta do kimono, peque um blusão velho de cor bege ou marrom, corte as mangas e abra a camisa no meio, para fazer uma espécie de colete. Use a sobra do pano para fazer de cinto. E pronto! É só usar com uma camisa branca por baixo. Se tiver mais de uma criança em casa dá para fazer para todos eles. E que a força esteja com vocês!

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

3) Princesa Leia

Dá para fazer o mesmo. Se sua princesinha não tiver um vestido branco, pegue um camisão branco do papai e meta a tesoura para tirar a gola. Vista uma camisa branca e por cima o camisão. Peque um cintinho marrom, cinza ou dourado e ajuste a montoeira de pano na cinturinha. Só falta dois coques no cabelo, um de cada lado, para cair na folia.

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

4) Mario e Luigi

Papais hipsters amam essa dupla. E provavelmente os filhos devem jogar muito Mario Kart no finado Wii ou nos gameboys. Se tiverem macacões de brim (traduzindo para o modernês: é jeans, gente!) podem vestir os pimpolhos com eles e usar uma camisa verde ou vermelha por dentro. Bigodinho e boné também ajudam a compor a fantasia. Até o cachorro pode fazer o par.

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

5) Clark Kent

Seguindo a lógica de Quentin Tarantino em "Kill Bill 2", essa é a fantasia da fantasia. Super-Homem era a pessoa real que se fantasiava de Clark Kent para conviver com as pessoas. E agora, é a vez do seu filhote usar essa super ideia. Também é a queridinha dos papais e filhotes hipsters, que curtem ousar e causar. Basta que o pequeno tenha uma blusa de malha do Super-Homem e vista por cima uma camisa de botão aberta. Aros de óculos escuros (em geral aquele de plástico velho que seu filhote já meio que destruiu) sem as lentes compõem a personagem divinamente. Curto essa bastante!

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

6) Aladdin Sane

Gente, olha que homenagem linda! Não requer nada demais, a não ser um estojo legal de maquiagem, um potinho de gel para cabelos e uma lata de tinta spray para cabelos infantis. É importante fazer o teste com esses produtos em um pequeníssimo pontinho no bracinho do seu filho e deixar por alguns minutinhos para saber se ele tem alguma alergia aos produtos. Se estiver tudo OK, vai nessa!

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

7) Rocky Balboa ou Apollo Creed

Essa é demais! Basta uma bermuda de pano bem larguinha vermelha, azul ou branca. Imprima o nome do seu filhote e cole atrás. Também vale “Rocky” ou “Creed”. Não ponha luvas na criança porque nenhuma curte ter pés e mãos presos. Faça com feltro vermelho o molde de um par de luvinhas de boxe miniatura, preencha com espuma e costure (pode ser toscamente porque ninguém mais tem esse dote da agulha) e prenda bem na cintura do seu filho. Se não tiver nenhuma aptidão para costura, pode enrolar as mãozinhas dele com gaze e esparadrapo, como um lutador. E libere o danadinho para brincar com os amigos numa boa, na paz.

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

8) Frida Kahlo

Gente! Quando eu tiver uma filha vou fazer essa fantasia para ela. Um lindo vestidinho colorido, uma monocelha de lápis de olho, coque com presilha de flores no alto da cabeça e um lenço. Pronto! Você tem uma heroína.

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

9) Salvador Dalí

Fica muito fofo, gente! Uma camisa preta e uma bermuda jeans já dão a base para essa fantasia que não precisa de muito. Na frente, cole a imagem de uma palheta clássica, com pinceladas de cores diferentes. Ou vale pegar uma paleta pequena real e pregar nela uma fita, para que a criança possa pendurá-la no pescoço. Dois pinceis finos presos no bolso da bermuda também ficam muito bons. Para finalizar, uma boina e um fino bigodinho!

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

10) Gnomo Lumberjack

Ah! Gente, coisa mais gostosa é o bebê em roupinha de gnomo lumberjack! Espia só o estilo! Para os trópicos, a fantasia é bermudinha jeans, camisa azul, verde ou xadrez e um chapéu de cone que pode ser feito em cartolina vermelha ou (e melhor) feltro vermelho. É só prender com um fino elástico, do tipo que prende chapeuzinho de papelão de aniversariante. Também fica bem com macacão jeans. 

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos
10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

Para as princesinhas maiores, uma meia calça, shortinho, botinha, blusa escura e o tradicional chapéu de cone. Tranças são fundamentais para complementar o look.

10 ideias de fantasias hiper criativas e caseiras para o Carnaval dos pequenos

E aí? Partiu bloquinho?

5 livros infantis sobre respeito ao próximo

Pilar Magnavita
há 2 anos664 visualizações
5 livros infantis sobre respeito ao próximo
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Pais e mães sabem a batalha que é educar os filhos. Estabelecer com eles um sistema de valores e crenças não lá coisa que um mortal como qualquer um de nós sabe como fazer. A gente sabe que é tarefa hercúlea. Nós mesmo parecemos ter tantas certezas no Facebook, mas na intimidade do lar, quando os pequenos desafiam nossos paradigmas, tropeçamos nos nossos próprios conceitos das coisas. Mas isso é a maravilha de ter um filho: eles nos desafiam a sermos pessoas melhores.

E como podemos estimular ainda mais esse gérmen divino de curiosidade e ânsia por aprender o mundo à volta que habita os coraçõeszinhos desses pequerruchos?

Na minha opinião (acho que um tanto óbvia), o caminho está na educação. O uso de atividades e a introdução de leitura educativa na primeira infância é fundamental para que a criança sustente sob bases positivas e sólidas um adolescente questionador e rebelde, para depois encontrar suas certezas (que têm raízes lá na infância) como um adulto capaz de construir coisas belas ao redor de si. Sim, esse é o objetivo, né?!

Nesse processo, valemos de jogos, brincadeiras, exemplos (principalmente isso!) e livros! Selecionei aqui alguns títulos magníficos, atuais ou não, com histórias maravilhosas (reais ou não) sobre o respeito ao próximo e a importância da convivência pacífica. Cada um tem sua própria faixa etária.

Espia só:

1) Flicts

5 livros infantis sobre respeito ao próximo

Um dos meus autores infantis prediletos, Ziraldo conta a história de Flicts, uma cor que busca seu lugar no mundo. É uma narrativa super sensível e fácil, sobre a serena luta de quem não se sente parte da sociedade e o trabalho resiliente para ser respeitado e reconhecido com igualdade entre os de sua espécie. Indicado para crianças entre cinco e 10 anos, um dos golaços da editora Melhoramentos.

2) O nascimento de Celestine

5 livros infantis sobre respeito ao próximo

Da escritora bela Gabrielle Vincent (1928-2000), criadora da série de álbuns ilustrados Ernest e Celestine, "O nascimento de Celestine" narra a história de como Ernest, um urso solitário e de bom coração, e a ratinha Celestine se tornaram inseparáveis companheiros. A cuidadosa seleção de palavras é realçada por ilustrações singelas a pincel em tons sépia, criando uma atmosfera de lirismo e poesia. É da editora 34, própria para crianças entre 7 e 12 anos. A série Ernest e Celestine" virou animação pelo estúdio 352 e disputou o Oscar de melhor animação em 2014. Perdeu para Frozen (bleh!).

3) Malala. A menina que queria ir para a escola

5 livros infantis sobre respeito ao próximo

É um livro sobre a história da ativista paquistanesa Malala Yousafzai, destinado ao público infantil, da jornalista Adriana Carranca. Ela praticamente escreveu uma reportagem sobre a menina, para uma linguagem que as crianças conseguissem compreender. Papais e mamães mais preocupados com o universo lúdico dos seus pequerruchos podem dar uma conferida, mas de maneira sutil Adriana apresenta os problemas enfrentados por mulheres em culturas de desigualdade de gêneros e a dura realidade do Vale do Swat. A narrativa empodera as meninas e ensina como a coragem é importante para lutar pelos próprios direitos. Indicado para crianças entre 6 e 12 anos. É da editora Companhia das Letrinhas.

4) A Bela Desadormecida

5 livros infantis sobre respeito ao próximo

É a história clássica da Bela Adormecida, mas adaptada para os dias de hoje, com características bem mais reais e feministas. O autor Frances Minters nos apresenta a menina Belinha, que, quando nasceu, foi amaldiçoada por uma bruxa. O feitiço dizia que, ao completar 14 anos, a menina seria picada no dedo e, nesse instante, ela e todos os que estivessem por perto dormiriam um século. Os pais de Bela passaram catorze anos evitando que a filha se aproximasse de objetos pontudos ou cortantes. O livro tem um interessantíssimo plot twist (virada na trama), com a doçura dos contos de fada.

5) Tudo bem ser diferente

5 livros infantis sobre respeito ao próximo

Do escrito Todd Parr e sucesso americano, "Tudo bem ser diferente" mostra que ninguém é igual a ninguém e que isso é normal. A história trabalha com as diferenças de cada um de maneira divertida, simples e completa, alcançado o universo infantil e trabalhando com assuntos que deixam os adultos de cabelos em pé, como adoção, separação de pais, deficiências físicas, preconceitos raciais.  Tudo isso abordado com muita simplicidade e serenidade. Bom livro da Panda Books. Indicado para crianças a partir dos seis anos.

Quer mais opções? O Brasil Post selecionou alguns títulos muito legais para você ler com seus pequerruchos e fazer da hora da história um momento muito legal para transmitir valores importantes na formação do seu filhote.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.