Pequerruchos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pequerruchos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Pequerruchos
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

Leite materno varia fórmula conforme saúde do bebê

Gente, essa é incrível! E mostra como o corpo humano é simplesmente fascinante! O exemplo mais recente disso vem de uma mulher chamada Mallory Smothers que compartilhou algo interessante sobre o leite dela no Facebook. 

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Ela estava dando de mamar na noite de 14 de fevereiro, antes de ela e a família irem para a cama. Até aí, tudo bem! Quando o bebezinho dela deu aquela acordada no berro, por volta de 3h da manhã, ela notou que a criancinha estava muito congestionada, espirrando muito, iniciando aquelas infecções que são verdadeiros martírios para todas as mamães. O bebezinho depois de alimentado acabou dormindo. Mas.... na mamada seguinte (aquela da manhã), a cor do leite apareceu dramaticamente diferente do que tinha sido apenas algumas horas antes. Parecia um colostro (aquele que você a mulher produz nos primeiros dias após o nascimento do bebê)!

Sabem por quê?

A saliva doente do bebê, em contato com os canais internos do seio, "diz" às glândulas da mamãe o que o filhinho está precisando. Sério! O líquido se personaliza às necessidades do bebê, “recalibrando” a composição para levar em conta a saúde, a idade e até mesmo a temperatura exterior.

Quando um bebê mama no peito da sua mãe, um “vácuo” é criado. Dentro desse vácuo, a saliva do bebê é sugada pelo mamilo da mãe, onde os receptores na glândula mamária leem os sinais.

A saliva contém informações sobre o estado imunológico do bebê. Tudo o que os cientistas sabem sobre a fisiologia indica que esse processo é uma das coisas que o leite materno usa para ajustar sua composição imunológica. Se os receptores da glândula mamária detectam a presença de infecção, isso obriga o corpo da mãe a produzir anticorpos para combatê-lo, e esses anticorpos viajam através do leite materno de volta para o corpo do bebê, protegendo-o.

Leite materno varia fórmula conforme saúde do bebê

No estudo da Clinical and Translational Imunology, de 2013, é possível entender como essa fascinante relação de mãe e filho se completa na amamentação. 

E isso Smothers também cita no post. O estudo mostra que até 70% das células encontradas no colostro são os leucócitos. Isto é: glóbulos brancos que combatem a infecção. Poucos dias após o parto, quando o leite materno normal substitui o colostro, o número de glóbulos brancos que combatem a infecção cai para cerca de 2%. Ainda assim, surpreendentemente, o processo da amamentação é tão perfeito que permite que a fórmula do leite se altere para atender melhor as necessidades do bebê.

Não é à toa que médicos super recomendam uma baita dieta super nutritiva para as mamães lactantes. Sem drogas, sem bebidas, sem açúcares refinados, sem cigarro! Para que tudo de bom possa ir para o bebê, evitar as doenças na primeira infância e ajudar a criança a se desenvolver forte e saudável.

Mas lembre-se: não é porque o leite mudou de cor que o bebê possa estar doente. Sabe como tinta Suvinil tem um zilhão de opções para tinta branca? Pois então, é o mesmo com o leite materno. Pode variar de acordo com fatores maternos tais como hidratação ou desidratação, dieta, vitaminas e medicamentos. O fator emocional é algo fundamental para a boa produção do leite: estresse, fadiga, nervosismo, entre outros fatores, impactam fortemente em toda a produção do leite. Mais do que você imagina!

#amamentação #bebê #criança #filhos #leitematerno

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Mamães e papais sempre acham que os pequerruchos estão mais seguros em casa, guardadinhos no conforto do lar. Ao menos, 52% das mães brasileiras pensam assim, segundo a ONG Criança Segura. Mas é lá que se esconde os maiores riscos. De acordo com o Ministério da Saúde, as maiores causas de internação envolvendo crianças de até 14 anos são dométicos. A exceção de atropelamentos, são comuns dentro de casa as quedas, queimaduras, envenenamentos, acidentes com armas de fogo e sufocamentos.

Toda essa dor de cabeça começa quando os pequeninos aprendem a ser indenpendentes com as próprias perninhas: quando passam a se deslocarem engatinhando e até caminhando, segurando em tudo pelo caminho. Aí, amiga... uma toalha de mesa pode ser problema! Imagine se sua princesinha ou seu príncipe resolve puxá-la e trazer para cima dele tudo que há em cima?

Portanto, mãezinhas e paizinhos, cuidado! Segundo a ONG Criança Segura Safe Kids Brasil, cerca de 90% dos acidentes ou lesões não intencionais com crianças de até 14 anos poderiam ser evitados com medidas de prevenção como modificações no meio ambiente. Isso significa que pais e responsáveis precisam fazer a sua parte, providenciando as adaptações necessárias na casa e na rotina da família.

Banheiros: Afogamento é a segunda causa de morte mais frequente na infância. E acredite: parte significativa dos casos ocorre não na piscina, mas em banheiras, baldes e bacias, com crianças até três anos, quando a cabeça ainda é mais pesada do que o corpinho. Esvazie baldes, banheiras e piscinas depois do uso e guarde-os sempre virados para baixo. Cuidado com o vaso sanitário!! Crianças têm ideias. Ela pode querer meter a mão na água e cair. Pelo peso da cabeça, pode não conseguir levantar.

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho

Piscina: Nunca deixe brinquedos e outros atrativos próximos à piscina e aos reservatórios de água. De preferência, cerque a área! Serve para a criança e serve para o cachorrinho também.

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho

Cozinha e área: Aqui está o local mais complicado da casa. É na cozinha que estão as facas, garfos, vidros, tesouras, fogo, produtos de limpeza.... Mantenha as crianças longe da cozinha e do fogão, principalmente durante o preparo das refeições. Nada de toalhas compridas sobre a mesa da cozinha. Mãozinhas curiosas sempre podem tentar puxá-las. Guarde produtos de limpeza e medicamentos trancados, fora da vista e do alcance das crianças. Mantenha os produtos em suas embalagens originais. Produtos tóxicos guardados em outra embalagem podem ser confundidos com algo inofensivo.

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho

Em relação à comida,• corte os alimentos em pedacinhos bem pequenos na hora de alimentar as crianças. Elas podem se engasgar!

Quarto e salas: Remova todos os brinquedos e travesseiros do berço quando o bebê estiver dormindo, para reduzir o risco de asfixia. Instale portões no topo e no pé das escadas. Caso seja uma escada aberta, coloque redes ao longo dela. Não se esqueça de comprar tampa para tomadas e prender todos os fios da casa nos rodapés ou em canaletas nas paredes!

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho

Mantenha camas e armários longe da janela. A criança pode tentar escalá-los para alcançá-la. E instale telas de proteção!!! Em segundos que você a deixe para atender um telefone, as danadinhas podem subir lá.

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho

Com essas dicas, pode ficar tranquila, mamãe e papai. Seus pequenos, tão cheio de ideias, estão bem mais protegidos!

Saiba como deixar a casa mais segura para seu filho

#crianças #proteção #casa

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
pilarmag
Escritora, psicóloga de parentes e amigos, experimentada na cozinha e na Comunicação, já pipocou na chapa quente de grandes jornais e empresas, mãe de cachorro, esposa prendada e tirana, mulher sensível e chorona, teóloga meia boca, fã de Neil Degrasse Tyson. Namastê! Prazer em te conhecer.