OUTROS

Russo e americano voltam à Terra depois de quase um ano juntos no Espaço

Pilar Magnavita
Author
Pilar Magnavita
Russo e americano voltam à Terra depois de quase um ano juntos no Espaço

Foram 340 dias a 400 quilômetros de distância que consideramos Terra. O americano Scott Kelly e o russo Mikhail Kornienko finalmente desembarcaram nesta terça (01/03/16) na estação de lançamento espacial do Cazaquistão depois de quase um ano juntos, sobrevivendo a uma missão de resistência na Estação Espacial Internacional (ISS), em órbita desde 1998. O objetivo da missão, que começou em março do ano passado, é o treinamento de astronautas para missões a Marte, previstas para as décadas de 2020/2030.

E imaginar que a Guerra Fria com a corrida espacial foi há meras duas décadas e meia, né?!

Russo e americano voltam à Terra depois de quase um ano juntos no Espaço

Foram 3h30 de descida até o chão. Rápido, né?! A cápsula pousou no Cazaquistão às 23:26 quarta-feira. De lá, Scott vai viajar hoje até Houston, no Texas (Estados Unidos), onde será recebido com toda festa pelo pessoal da agência espacial americana, Nasa, a família (incluindo o irmão gêmeo astronauta, Mark) e o próprio vice-presidente americano Jill Biden.

Depois de tanto tempo fazendo esse “intercâmbio” espacial, infelizmente Scott não irá descansar com a família. Com o retorno dele vem uma bateria de testes e exames a serem feitos pelos cientistas: irão perscrutar cada aspecto da saúde do astronauta para ver se o corpo humano aguenta bem uma estadia como essa fora do Planeta (e, eu acho, para ver também se o cara voltou de lá com alguma pereba espacial). O irmão gêmeo também vai se submeter aos testes. Entenderam agora o motivo da escolha de Scott Kelly? Esse pessoal não é bobo, não!

Scott vai dar uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (04/03/16), às 14h (horário de Huoston) para contar um resumo da experiência. Quem quiser acompanhar e até participar, a Nasa vai responder às perguntas no Reddit, rede social que compila assuntos #trends (mais quentes) na internet, a partir das 11h, no horário do Oeste americano, e depois abrir para a imprensa, às 13h.

Se você não acompanhou o ano do Scott, dá só uma espiada no Instagram do cara. É cada imagem incrível que ele documentou do Espaço.

Não foi a primeira vez que ele deu uma volta na órbita da Terra. Na verdade, foram três delas. Se fosse combinar todo o tempo que ele passou no Espaço na vida, daria um total de 540 dias flutuando em volta do nosso planeta. E o cara ainda disse para o povo da Nasa, quando chegou, que poderia ficar mais um ano lá fora, de boa. E pior que a galera da agência espacial americana concordou! Kelly chegou aqui super bem.

Aliás, parece que o camarada americano curtiu muito a temporada no Espaço. Foi ele que se vestiu de gorila para perseguir o colega Tim Peake (que ainda vive na ISS, já há seis meses).

Ou da vez que ele colou essa foto do lado de fora da ISS!

E ficando de boas com os chineses!

Sejam bem-vindos de volta, Scott e Mikhail!

#espaçosideral #astronauta #scottkelly #mikhailkorniyenko #nasa #missãoespacial #iss