OUTROS

Somos geniais e não sabíamos

Pilar Magnavita
Author
Pilar Magnavita

Você escutou a vida toda "essa criança só vive no mundo da Lua"? Na escola você desenhava no caderno, viajava na explicação da tia de História, ria sozinho das piadas que só existiam na sua cabeça? Tem dificuldade de se concentrar nas reuniões, a maioria delas Repon (na sigla, "Reunião de Porra Nenhuma"), e não consegue focar na execução de tarefas mecânicas?

Somos geniais e não sabíamos

Se você respondeu "sim" para a maioria das perguntas acima, tenho uma boa notícia: você é um gênio.

E não.. não sou eu quem está dizendo: é a ciência!

Funcionários com problemas de concentração no dia a dia pode ter o intelecto superior ao dos colegas, de acordo com um novo estudo. Isso porque pessoas inteligentes têm dificuldade de focar em tarefas por conta de todas as ideias muito mais interessantes que passam pela cabeça constantemente.

Os mais espertos têm dificuldade de priorizar as ideias para focar em apenas uma, geralmente a primeira delas, com distrações que levam potencialmente para aquela sensação de não estar integrado, adaptado, de inadequação mesmo. Alguém se viu nessa descrição como eu, gente?

Somos geniais e não sabíamos

Mas.. o que eu dizia mesmo?

Ah!

A pesquisa, liderada pelo psiquiatra Ned Hallowell, foi conduzida com 10 mil trabalhadores de 17 países. Com a tecnologia dominando os escritórios, a distração acabou por ser um aspecto comum a todos, no entanto, o pesquisador explica que o cérebro do trabalhar gênio tende a "falhar" para cumprir certas expectativas dos chefes, porque os mais inteligentes costumam precisar de mais tempo para suas tarefas, uma vez que a cabeça está rodando "mil programas" ao mesmo tempo, numa analogia com os computadores.

Se quiser saber mais sobre essa super descoberta sobre gente como a gente, pode dar uma conferida no artigo completo sobre a pesquisa no Steelcase.

Foi mal a distração aê, chefe!