OUTROS

Vegetarianismo a longo prazo muda DNA humano e pode causar doenças

Pilar Magnavita
Author
Pilar Magnavita
Vegetarianismo a longo prazo muda DNA humano e pode causar doenças

Ah! Essa ciência.... Depois de nos trazer informações do arco da velha com relação à nutrição, pesquisadores da Universidade de Cornell, nos EUA, descobriram que o vegetarianismo a longo prazo pode levar a mutações genéticas que aumentam o risco de doenças cardíacas e câncer. E as pessoas com antepassados vegetarianos, consequentemente, tem mais chances de desenvolverem essas doenças. Pois é...

A conclusão é que, mais saudável do que o simples vegetarianismo, seria melhor modificar a dieta lentamente até comer carne muito raramente, sem deixar de ingerir a proteína animal.

Basicamente, as descobertas deles dizem que populações que tiveram uma dieta totalmente vegetariana por décadas transformaram aos poucos o DNA para tornar mais fácil a absorção de ácidos graxos essenciais para metabolizar plantas. Isso estimula a produção de ácido araquidônico, que é conhecido por aumentar doenças inflamatórias e câncer. Quando acoplada com uma dieta de elevado teor em óleos vegetais - tais como óleo de girassol - o gene mutado transforma rapidamente ácidos gordos nesse ácido araquidónico perigoso.

Coisinha curiosa, né?! Ao comer muita carne, estamos sucetíveis a doenças cardíacas. Ao nos tornarmos vegetarianos, também!

Os cientistas compararam o DNA de duas populações: moradores da cidade de Pune, na Índia, que tinham um histórico de alimentação sem carne, e norte-americanos carnívoros da cidade de Kansas. Durante as observações, a equipe encontrou uma mutação chamada rs66698963 no grupo indiano. Essa falha genética aumenta a produção do ácido araquidônico, uma ômega-6 com efeitos anti-inflamatórios, mas que, em excesso, pode ter resultado reverso.

Vegetarianismo a longo prazo muda DNA humano e pode causar doenças

A descoberta pode ajudar a explicar a pesquisa anterior que encontrou populações vegetarianas são quase 40% mais propensos a sofrer de câncer colorretal do que comedores de carne, uma descoberta que tem intrigado os médicos, porque comer carne vermelha é justamente associada ao aumento do risco dessa doença.

Creio eu que esses pesquisadores associar isso à prática de sexo anal, logo, logo. Pois já se sabe que uma dieta pobre em fibras e o ato desenvolvem mesmo câncer no reto.

Acho que, no fim, o segredo é o equilíbrio em tudo.

Vegetarianismo a longo prazo muda DNA humano e pode causar doenças

#ciência #vegetarianismo #aliemntação #carnívoros #pesquisa #estudo #fenomenal