Vai, planeta!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vai, planeta!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vai, planeta!
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

Quebrando o Tabu
há 7 meses296 visualizações

Por Fábio Chap

 

Angela Davis

8 pensadores modernos que você precisa conhecer
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Angela é a principal expoente do pensamento negro norte-americano. A professora e filósofa lutou no movimento pelos direitos civis dos negros nos EUA e, principalmente, pelos direitos das mulheres. Sua obra dedica uma poderosa reflexão ao sistema carcerário de seu país. É uma das principais defensoras da extinção da pena de morte. Sua obra mais conhecida é 'A Democracia da Abolição'

 

Yuval Noah Harari

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

Yuval é um jovem e já mundialmente famoso professor de História. Nascido em Israel, alçou vôo com seu livro 'Sapiens, uma breve história da humanidade'. Polêmico, o autor remexe as estruturas da história global para afirmar que o que permitiu a sobrevivência do homo sapiens foi a religião, o dinheiro e os impérios. Sapiens não termina 'amistoso', digamos assim; por isso, o autor decidiu dar continuidade e escreveu sobre o futuro da humanidade no livro 'Homo Deus'.

 

Monica de Bolle

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

A economista Monica de Bolle é a única mulher latino-americana a integrar o 'Peterson Institute for International Economics'. Para ela, sem reformas substanciais, o Brasil não irá resolver seus problemas domésticos no que tange à economia. Monica foi a tradutora do livro 'O Capital do Século 21' de Thomas Piketty e ela própria também fala como poucos sobre o tema da desigualdade social. A potente fala da economista pode ser conferida nessa entrevista: https://www.youtube.com/watch?v=7JgXDqKWMRk

 

Mangabeira Unger

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

Mangabeira Unger tem nome de gringo, sotaque de gringo, mas é brasileiro, natural do Rio de Janeiro. Viveu a infância nos EUA e a adolescência no Brasil. Foi um dos mais jovens professores a lecionar em Harvard e seu trabalho permeia a filosofia, o direito e a teoria social. Defensor de uma revolução radical na educação, Mangabeira diz 'O ensino médio é o maior gargalo da educação brasileira': https://www.youtube.com/watch?v=DvcLtKhJsfQ

 

Glória Alvarez

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

Jovem e ousada, Glória é uma cientista política que vem sendo cada vez mais conhecida na América Latina por ser uma grande defensora do Libertarianismo, corrente filosófica que defende direitos individuais, direitos de propriedade, livre mercado, capitalismo, justiça, ou o princípio da não iniciação de agressão. Glória é guatemalteca e crítica ferranha do populismo latino. Seu mais famoso discurso segue essa linha: https://www.youtube.com/watch?v=8rLhmRMRNOw

 

Renato Janine Ribeiro

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

Renato é filósofo, cientista político, professor e escritor. Suas obras são conhecidas pelo forte destaque que dá ao senso ético. Inclusive, ética é um dos seus principais temas como acadêmico. Renato Janine é ferrenho defensor dos direitos humanos e de reformas na educação. Também tem feito diversas reflexões acerca da 'sociedade digital' em sua página de Facebook.

 

Djamila Ribeiro

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

Djamila é uma filósofa brasileira natural de Santos. Filha de um militante, começou cedo com seu engajamento sócio-político. Mestra em Filosofia Política, seu trabalho concentra reflexões acerca da realidade da mulher negra no Brasil. Suas provocações têm se espalhado pelas redes sociais e, cada vez mais, Djamila conquista espaço na grande mídia, questionando privilégios e pregando a importância da representatividade. Para conhecer o pensamento da filósofa, assista a essa entrevista: https://www.youtube.com/watch?v=i2o8eTdW-Qo

 

Alain de Bottom

8 pensadores modernos que você precisa conhecer

Alain é aquele tipo de profissional sagaz que consegue transformar pautas difíceis em linguagem popular. Lido e assistido em todo o planeta, Alain ficou conhecido por popularizar temas difíceis da filosofia ao usar exemplos cotidianos para se fazer entendido. Também é escritor e dono de uma produtora focada em documentários que ajudem a popularizar a filosofia. Seu trabalho 'Notícias' é um compilado bem didático sobre a mídia e os tempos modernos.

Amor platônico: um filho do machismo

Quebrando o Tabu
há 8 meses238 visualizações

Por Maria Goretti Nagime

Amor platônico: um filho do machismo
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

 

Vocês conhecem a origem do termo "Amor Platônico"?

Platão escreveu um diálogo chamado "O Banquete".

"O Banquete", em resumo, fala de uma festa na casa de um sujeito chamado Agatão. No dia seguinte todos estavam de ressaca. Pausânias, amante do dono da festa, sugere que ao invés de beberem mais, falassem sobre a definição de amor.

As mulheres não participavam desses diálogos. Aliás, as mulheres não tinham voz. Não eram consideradas seres pensantes, dotadas de intelecto. E é nesse contexto que Sócrates fala da definição de uma mulher sobre o amor.

E quem era essa mulher? Diotima de Mantineia, uma sacerdotiza que vivia isolada.

Chamam a atenção dois pontos nessa historinha:

1- Diotima não estava presente. Tratava-se de uma sacerdotiza, de corpo intocável, longe, no templo. Essa valia como dona de um discurso.

2- Essa mulher não aparece falando. A fala dela foi feita através de um homem.

Nessa fala de Sócrates, Platão conclui que o que se ama é somente aquilo que não se tem e não temos como desejar aquilo que temos. Eros, o amor, teria justamente a natureza da falta.

E é daí que surge o conceito de "amor platônico", do velho machismo que idealiza a mulher distante e pura e não a considera humana, com pensamentos e vontades. Você ama a mulher que não pode tocar. O consentimento dela ferraria tudo.

“Quando fotos de uma mulher nua vazam, todos ficam felizes. Quando uma mulher decide compartilhar fotos do seu próprio corpo, todos se revoltam contra ela. A nudez só é legal quando a mulher não consente porque a cultura do estupro é real.”  - Renata Pereira Amorim

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
quebrandootabu
Por um mundo mais inteligente e menos careta.