Vai, planeta!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vai, planeta!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vai, planeta!
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

A Internet vai nos deixar loucos?

Quebrando o Tabu
há 9 meses49 visualizações

Por Fábio Chap

Vai. Vai nos deixar loucos e mostrar nosso pior. Mas também vai nos fazer muito bem e mostrar o nosso melhor.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

É inquestionável que a tecnologia tem sido extremamente aliada da humanidade no quesito informação, mas será que comportamentalmente e culturalmente a tecnologia tem nos permitido avançar positivamente também? Ou será que, em comentários de redes sociais, estamos regredindo para o posicionamento moral de uma era medieval?

Alguns, ao se depararem com o nível dos comentários de Internet, se perguntam:

'Meu deus, como é que chegamos a esse ponto?'

Eu faço outra pergunta:

Algum dia a gente já saiu desse ponto?

A gente costuma dizer que determinado comportamento é 'medieval'. Mas o lance é, algum dia deixamos de ser bons e maus ao mesmo tempo?

Já houve algum ser humano que não violou regras, que nunca descumpriu ordens, que não quebrou pactos, algum ser que nunca ofendeu ninguém? Bem, devoções religiosas à parte, em geral concordamos que nunca existiu tal pessoa.

E aqui não vamos ser desonestos: é muito diferente, sim, o ato de fazer gato de TV a cabo do absurdo que é assassinar uma pessoa. A corrupção é obviamente mais grave do que furar a fila. Mas é sabido que conforme a oportunidade é dada, é aí que a moral é verdadeiramente testada. E todos somos moralmente reprováveis em determinado momento da vida. Muitos delitos ocorrem quando a necessidade encontra a oportunidade, mas muitos outros delitos precisaram apenas da oportunidade para serem cometidos. Sem que haja necessidade real ou imposta, alguns cometem delitos. Outros delitos acontecem sob o sentimento da raiva quando surge uma oportunidade da vingança.

No documentário 'Os Delírios do Mundo Conectado' somos apresentados à história da Internet. De como ela começou como uma ferramenta de guerra, tornou-se prioritariamente uma ferramenta da informação e agora, nessa 2ªdécada do século 21, transforma-se novamente em ferramenta de guerra.

A conclusão que se chega assistindo a esse documentário é que a Internet ainda não é uma entidade separada de quem somos nós. Internet não tem moral própria. Prevalece a nossa: humana e errática. 

Não é só de caos que vive a Internet, porque não é só de caos que vivemos nós seres humanos. Também vivemos de progresso, altruísmo, cooperação. A Internet não é uma coisa avulsa com vida própria. A internet somos nós: eu e você.

Portanto, respondendo ao questionamento inicial:

Não acho que a Internet vá nos deixar loucos. Loucos já somos. Irresponsáveis já somos. Uns mais, outros menos. A questão é: o quanto a gente assume responsabilidade pela loucura e pela irresponsabilidade e viramos o jogo: retomando para a nossa geração o poder de construir uma internet que reflita com mais intensidade o melhor de nós e que nos ajude a controlar o pior de nós.

Temos o poder de ferir e temos o poder de construir: ambos vão sempre coexistir, mas a qual poder vamos dar mais espaço e prioridade?

Responder essa questão cabe a nós.

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Por Fábio Chap

Você pode ser de esquerda e quebrar o tabu. Você pode ser de direita e quebrar o tabu também. Você, com certeza, pode ser alguém que não concorda com o maniqueísmo Esquerda x Direita e mesmo assim pensar, agir e lutar para mudarmos esse mundo louco.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Porque quebrar o tabu significa olhar a sociedade com olhos de esperança. Agir no seu cotidiano de maneira a não mais aceitar os preconceitos de sempre e as verdades impostas através dos séculos. É lutar pelos direitos humanos e pela tolerância ao diferente (desde que o diferente não queira oprimir e matar ninguém, porque aí lutaremos contra meeesmo).

A página tem, ao longo dos anos, postado inúmeras amostras de como a sociedade pode ir longe se entendermos que só o respeito é a saída.

Veja a seguir algumas atitudes transformadoras:

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Nessa foto vemos o soldado Marcus Vinicius da Silva Pavão (ex-cabeleireiro) fazer um corte gratuito para um menino de quebrada do Rio de Janeiro.

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Que tal cristãos egípcios fazendo um cordão humano para que muçulmanos pudessem fazer suas rezas em meio a manifestações sangrentas no Cairo?

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

O premiado jornalista Ricardo Boechat diz que o Estado não tem que se meter com o fumo de ninguém.

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Criança quer ser feliz e bem criada. Só. 

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Torcidas inimigas juntas por uma causa? Sensacional. E que não precisemos de outras tragédias pra que essas pessoas se juntem e façam, novamente, as arquibancadas serem uma coisa bonita de se ver.

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Se até um Ministro do Supremo Tribunal Federal diz que uma mulher não é um útero a serviço da sociedade, quando é que uma grande parcela da população vai perceber que a mulher - e somente ela - é que deve escolher seu próprio destino? 

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Fight like a girrrrrlll.

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

A cantora Alicia Keys cansou de ser obrigada a usar maquiagens que a faziam se sentir desconfortável consigo mesma. Ousou fazer diferente e ainda inspirou milhares de outras mulheres a fazerem o mesmo.

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Não é só a sua religião que salva a alma das pessoas. Já pensou nisso? Apagar a intolerância pode sim, deve sim.

**

Afinal, o que é quebrar o tabu?

Quem disse que criança não pode fazer sua parte? Na 'semana das princesas', uma linda garotinha decidiu se fantasiar de hot dog. Além de tudo ganhou um mega apoio da diretoria da escola.

**

Não perde a esperança, não. Dá - e muito - pra quebrar o tabu; mudar o mundo com pequenas-grandes atitudes. 

Vaaaai, planeta!!!!

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
quebrandootabu
Por um mundo mais inteligente e menos careta.