POLÍTICA

Muito ovo para um galinha só

Ricardo Rangel
Author
Ricardo Rangel

Para que Gilmar Mendes seja presidente da República, isto precisa acontecer:

1. A cassação de Temer precisa ser julgada no TSE ainda em abril, de preferência antes do dia 16, quando o ministro Henrique Neves, favorável à cassação, será substituído por Admar Gonzaga, favorável a Temer. Parece encaminhado, mas nunca se sabe.

2. A decisão tem que ser contra Temer. Relativamente fácil.

3. Os recursos ao TSE precisam ser derrotados até maio, no máximo. Parece encaminhado, mas nunca se sabe.

4. Gilmar precisa renunciar ao TSE e ao STF logo após a derrota dos recursos no TSE. Fácil.

5. O STF precisa julgar os recursos em exatamente seis meses. Se for mais rápido do que isso, Gilmar não pode se candidatar; se for mais lento, fica para o ano que vem (e dificilmente o STF removerá Temer para entregar a presidência a outro por apenas seis meses). Altamente duvidoso.

6. Gilmar precisa vencer a eleição. É quase certo que Temer será candidato, fortíssimo, e fará o possível para destruir o rival que o traiu. Quase impossível.

Há ovos demais dentro de uma galinha só. Sai dessa, ministro.

Muito ovo para um galinha só