CURIOSIDADES

Star Wars: Rogue One

Ricardo Rangel
Author
Ricardo Rangel

Como todo mundo sabe, George Lucas concebeu “Star Wars” como uma série de nove episódios. Começou, para contrariar, contando os episódios 4, 5 e 6, depois contou os episódios 1, 2 3.

O último filme foi o episódio 7, de modo que seria de se esperar que esse que estreia amanhã fosse o 8, o que traria duas grandes vantagens, rever aquele sonho que é Daisy Ridley (no papel de Rey) e a perspectiva de, em breve, vir o episódio 9 e podermos, finalmente, nos livrar dessa maldição que nos persegue há 40 anos.

Qual. Se George Lucas ainda fosse dono dos direitos, até poderia ser, mas agora a franquia é da Disney. Esse filme de amanhã, “Rogue One”, insere-se entre o episódio 3 e o 4 — “rogue” significa trapaceiro, por sinal.

Como com certeza virão “Rogue Two” e “Rogue Three”, temos pela frente mais uns 10 anos de “Star Wars”. Se eles enfiarem uma trilogia entre cada uma das trilogias originais, o que é provável, a série vai nos assombrar até o túmulo. Raios.

Quando estreia o novo 007?

Em tempo. Não é que eu ache SW uma porcaria. É meio como profiteroles: não dá pra levar muito a sério e quase nunca entrega o que promete.