POLÍTICA

Os mais rodados no Senado

Rodolfo Viana
Автор
Rodolfo Viana

No artigo "Os deputados federais mais 'rodados' no começo de 2017", publicado no Storia em 17 de abril, foram revelados os gastos dos membros da Câmara dos Deputados com combustível no primeiro trimestre deste ano.

Ali foi feita a comparação entre os valores ressarcidos aos deputados via cota parlamentar e uma volta ao mundo no pior cenário possível: o carro menos econômico (o Lamborghini Aventador 6.5-­48V, de acordo com o Inmetro) rodando pelo trajeto mais longo (a Linha do Equador, com 40.075,16 quilômetros) e usando a gasolina mais cara no Brasil (R$ 4,999, segundo a ANP - Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Neste pior cenário, seriam necessários R$ 60.707,80 para comprar 12.143,98 litros de gasolina e, enfim, dar uma volta na Terra.

Resultado: a Câmara dos Deputados, que gasta em média R$ 39.840,76 por dia com reembolsos de combustível, seria capaz de dar uma volta no planeta a cada 32 horas e 15 minutos, aproximadamente. E cada deputado reembolsa, em média, R$ 81,14 diariamente.

Os senadores são mais modestos. Nos primeiros 90 dias do ano, 58 dos 81 componentes do Senado reembolsaram R$ 343.918,66 -- cinco voltas e meia no planeta. Isso dá uma média diária de R$ 3.821,32, ou R$ 65,88 por cabeça.

Somados, os reembolsos dos dez senadores que mais pediram verba de combustível nos três primeiros meses de 2017 chegaram a R$ 137.894,40 -- mais de duas voltas no globo:

  1. Gladson Cameli (PP-AC) - R$ 19.172,31
  2. Eduardo Lopes (PRB-RJ) - R$ 17.295,41
  3. Gleisi Hoffman (PT-PR) - R$ 15.694,84
  4. Wilder Morais (PP-GO) - R$ 15.650,99
  5. Ângela Portela (PDT-RR) - R$ 13.564,33
  6. Zezé Perrella (PMDB-MG) - R$ 13.474,61
  7. Ivo Cassol (PP-RO) - R$ 13.246,56
  8. Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) - R$ 10.466,67
  9. Humberto Costa (PT-PE) - R$ 9.927,89
  10. Ronaldo Caiado (DEM-GO) - R$ 9.400,79

Tais valores referem-se apenas a combustível de carro. Há ainda outros ligados a locomoção, como corridas de táxi, aluguéis de veículos, combustível para aeronaves e passagens aéreas. E há muita estrada até o fim do ano.