TV

10 paródias musicais de Adnet que te fazem pensar: "Como isso passou na Globo?"

Sheila Vieira
Author
Sheila Vieira

Demorou quase dois anos, mas o Facebook está finalmente entendendo como o "Tá no Ar" é o melhor programa da TV aberta brasileira, com seus usuários compartilhando em peso as paródias musicais de Marcelo Adnet.

10 paródias musicais de Adnet que te fazem pensar: "Como isso passou na Globo?"

As músicas, que encerram o programa, nem sempre são a parte mais engraçada ("Jardim Urgente" e o Militante são insuperáveis), mas contêm certos personagens e críticas políticas que você não esperaria de um programa global. 

Aqui estão as 10 paródias musicais de "Tá no Ar" que te fazem pensar "como isso passou na Globo?": 

Jesus Cristo rapper 

Logo no primeiro episódio de "Tá no Ar", em 2014, Adnet já começou a mostrar que a Igreja Católica não estaria isenta de piadas. O humorista se vestiu de Jesus Cristo em um clipe de rap na periferia, dedicando a música "aos seguidores da Cananeia, Faixa de Gaza, Cohab Galileia, Grande Jerusalém, alô Morro do Golã". Mas o melhor verso é "Não sou dono do mundo, mas sou filho do dono".

Jingle eleitoral sincero

O título é autoexplicativo, então deixo as melhores partes:

"Cercado de assessores, papagaios de pirata e de sua mulher de fachada/ Na verdade ele namora o careca à esquerda atrás do cara de barba com cara emburrada"

"Ele come pela primeira vez no bandejão escolar/E elogia a comida que seus filhos nunca vão provar"

"Câmera lenta, papel picado, abraço forçado/ Uma montagem faz aparecer o vice do seu lado"

"Voz grossa traz credibilidade para proposta falsa número 1"

A série "Crentes"

OH NO YOU DIDN'T. Sim, mexeram com os evangélicos. Foi mais light do que em outros quadros do programa, mas como ignorar o refrão "Pago o dízimo/10% para o pastor" no ritmo de "I'll Be There For You"?

"Hoje a Festa é Sua" sincero

Hoje/ é qualquer dia/ que a gente junta/ um monte de ator

Eu sorrio/ pra quem eu não gosto/ ou nem conheço/ pra aparecer

Quem é de novela/ tem prioridade/lá no fundo/ quem faz humor

Associando o Carnaval a tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e turismo sexual

Essa provavelmente foi a que mais me chocou, já que o programa estava claramente detonando e associando crimes graves a um produto importantíssimo da Globo. Mas foi ao ar. Destaques:

Veio da esquina/Do dinheiro da contravenção

Qual foi o bicho que deu?/Explode caça-níquel de emoção

E o tráfico de armas vai bancando o abre-alas

E a comissão de frente/É pura purpurina e pó

Debate Lula x Collor e 'herói reformando carros' com a melodia de "Brasil", do Cazuza 

Não nos colocaram no horário nobre/Porque o nosso galã é o Adnet

Tem que ter anão em programas bizarros/Ou virar herói reformando carros

Eu já vi jogarem bacalhau em pobre/E debate editado pra me convencer

Escancarando a hipocrisia dos cidadãos de bem, ao som de "O Que é, O Que é"

Beber/E ver no twitter onde tem blitz

Já roubaram meu celular achei um absurdo/Comprei outro no cara que arranja de tudo

Não assina a carteira da moça/Que lava a louça e faz o café

Eu dou carteirada/Falsifico meia-entrada

Meu padrinho é forte/Agita até passaporte

Até a PM? Até a PM.

Paródia do RPM, o DVD "ERRA PM" tem policiais cantando sobre plantar provas, culpar um morador por uma bala perdida, receber dinheiro para liberar criminosos e prender trabalhador. Sim, isso passou na Globo.

Adriana Partimpim querendo saber mais sobre política

O projeto infantil de Adriana Calcanhoto também foi trilha sonora de uma paródia um pouco mais crítica ao atual governo, caso você estivesse achando o programa muito PETRALHA. Tem delação premiada, barragens que caem, milhões para o "paraíso", obras que demoram, Lava-Jato, panelaço e a pergunta final: "Por que alguns querem impeachment?"

Chico. Buarque. de. ORLANDO.

Os maiores sucessos da música popular de direita: "Você e o dólar vão ficar de quatro por este lançamento":

A Disney não é a mesma de antes/Agora tá muito povão

Pai/Parcela pra mim esse Nike/Pai

Amanhã vai ter Black Friday

Vai passar/Lá pela fila do Não Declarar

"Abraço pro Lobão, adeus."

#tánoar #marceloadnet #globo #humor