A sétima arte
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A sétima arte
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A sétima arte
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Alan Rickman foi, com folga, a melhor parte de Harry Potter no cinema

Sheila Vieira
há 2 anos1 visualizações

R.I.P.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Alan Rickman foi, com folga, a melhor parte de Harry Potter no cinema

Acho que a maioria dos fanáticos pelos livros da série “Harry Potter” acredita que os filmes ficaram abaixo da expectativa. Não são ruins, mas também não fizeram total justiça ao peso dramático e ao complexo mundo que J.K. Rowling colocou em palavras. Chorei inúmeras vezes lendo os livros, mas só uma quando vi cada filme pela primeira vez: quando Alan Rickman disse “Always” em “Relíquias da Morte – Parte 2”.

Severo Snape era obviamente um grande personagem, o anti-herói da história. Até o último livro sair, uma das grandes dúvidas era descobrir com quem realmente estava sua lealdade. Ele era assustador, mas claramente escondia uma vulnerabilidade. Nas mãos de um experiente e extremamente competente ator, como Rickman, Snape se tornou a melhor parte de “Harry Potter” no cinema.

Esta é a primeira tomada de Rickman como Snape em Harry Potter.

Seu destino era tão vital para a história, que J.K. Rowling compartilhou com ele a verdade sobre Snape bem antes de lançar o último livro. Ela não fez isso com mais nenhum ator ou pessoa. Dos três principais personagens adultos: Dumbledore, Snape e Voldemort, apenas o professor de Poções teve uma presença constante e marcante nos filmes.

Richard Harris interpretou Alvo Dumbledore nos dois primeiros filmes e faleceu. Seu substituto, Michael Gambon, retratou o diretor de Hogwarts de uma maneira bem diferente e enérgica, que não agradou a todos os fãs (eu não me importei muito, mas não imaginava Dumby tão inquieto como ele fez). Ralph Fiennes foi excelente como Lorde Voldemort, mas suas aparições nos filmes eram bem escassas. Rickman, ao contrário, estava sempre lá, causando uma grande impressão (até provocando risadas às vezes) a cada cena.

A cena da morte de Snape foi extremamente tocante, especialmente pela maneira calma e amorosa que Rickman diz: “Você tem os olhos da sua mãe”. Naquele momento, enfim, Severo era ele mesmo: um homem apaixonado por Lily Potter e fazendo de tudo para salvar o filho dela.

E temos o momento da Penseira, com as memórias de Snape. Eu torcia muito para que o diretor David Yates fizesse justiça a esta cena, mas o resultado foi melhor do que eu imaginava. Mostrá-lo subindo as escadas em Godric’s Hollow, passando por James morto e caindo de joelhos ao encontrar o corpo de Lily já seria de cortar o coração. Com o belo tema “Dumbledore’s Farewell” (originalmente usado em “Enigma do Príncipe”) de fundo, não teve um fã de Harry Potter que não se emocionou.

Mesmo quem odiava o Snape, por qualquer motivo, reconhece o grande trabalho que Rickman fez nos filmes:

Claro, sabemos que Alan Rickman teve uma carreira brilhante antes da série. Era um dos principais atores de uma geração britânica incrível, com nomes como Emma Thompson e Kenneth Branagh, e vários deles também participaram de Harry Potter. Mas ninguém deixou a marca que ele deixou.

Então, em nome de todos os fãs de Harry Potter, obrigada por ter feito justiça à história que marcou a nossa vida, grande Alan Rickman.

Minhas previsões dos indicados ao Oscar

Sheila Vieira
há 2 anos1 visualizações

É isso mesmo. Sem rodeios. Podem me trollar depois que saírem as de verdade, nesta quinta.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Melhor Filme (podem ser até 10, mas fechei em oito): Perdido em Marte, O Regresso, Spotlight - Segredos Revelados, A Grande Aposta, Mad Max: Estrada da Fúria, Ponte dos Espiões, Brooklyn e Carol.

Melhor Diretor: Ridley Scott, Tom McCarthy, George Miller, Alejandro González Iñárritu e Adam McKay.

Melhor Ator: Matt Damon, Leonardo DiCaprio, Michael Fassbender, Eddie Redmayne e Bryan Cranston.

Melhor Atriz: Brie Larson, Cate Blanchett, Jennifer Lawrence, Saoirse Ronan e Charlotte Rampling.

Melhor Ator Coadjuvante: Idris Elba, Christian Bale, Sylvester Stallone, Mark Ruffalo e Jacob Tremblay.

Melhor Atriz Coadjuvante: Jennifer Jason Leigh, Rooney Mara, Helen Mirren, Kate Winslet e Alicia Vikander.

Melhor Roteiro Original: Spotlight - Segredos Revelados, Straight Outta Compton, Ponte dos Espiões, Os Oito Odiados e Sicario.

Melhor Roteiro Adaptado: A Grande Aposta, Perdido em Marte, Steve Jobs, Brooklyn e Carol.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar