A sétima arte
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A sétima arte
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A sétima arte
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Logo você poderá ver em casa filmes que estão em cartaz. Se Hollywood deixar.

Sheila Vieira
há 2 anos5 visualizações

Você quer conferir se o Leonardo DiCaprio realmente mereceu o Oscar, mas simplesmente não tem tempo de ir e voltar do cinema ou com quem deixar o seu filho? Se depender de Sean Parker, seu problemas acabaram.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Co-fundador do Napster e do Facebook, o cara que foi interpretado por Justin Timberlake em “A Rede Social” agora quer revolucionar a indústria cinematográfica. Parker e Prem Akkaraju criaram o Screening Room, um serviço que oferece filmes que ainda estão em cartaz no cinema na sala da sua casa, por US$ 50 cada longa (nem vou dar o valor em real, porque mudaria dramaticamente a cada 10 minutos).

Não se trata de um Netflix mais atualizado: você precisaria comprar o aparelho (anti-pirataria) que fornece os filmes por US$ 150 e teria 48 horas para vê-los. A iniciativa está obviamente causando muita polêmica em Hollywood entre os diretores, mas o Screening Room já tem o apoio de nomes como Steven Spielberg, Martin Scorcese, Peter Jackson, Ron Howard e J.J. Abrams, que já são acionistas do projeto.

“O Screening Room expandirá a audiência para um filme, não tirá-la do cinema para a sala de estar. Não coloca o estúdio contra o dono do cinema. Ele respeita ambos e é estruturado para dar suporte a longo prazo aos que exibem e aos distribuidores, resultando em uma sustentabilidade maior para a própria indústria”, disse Jackson, diretor da trilogia “O Senhor dos Anéis”, por comunicado.

Logo você poderá ver em casa filmes que estão em cartaz. Se Hollywood deixar.

No entanto, os diretores Christopher Nolan e James Cameron são totalmente contra o projeto. O produtor Jon Landau falou por eles: “Jim e eu permanecemos comprometidos com a santidade da experiência do cinema. Para nós, de um ponto de vista criativo e financeiro, é essencial que os filmes sejam oferecidos exclusivamente nos cinemas inicialmente. Não entendemos por que a indústria quer dar ao público um incentivo para pular esta maneira de vivenciar a arte que trabalhamos tanto para criar”.

Os diretores podem esbravejar o quanto quiserem, mas a verdade é que o poder está nas mãos dos estúdios. A AMC está interessada na proposta e a Universal e a Fox estão estudando para tomar uma decisão, segundo a Variety.

Vejo os dois lados da situação. Há realmente um público que simplesmente não vai mais ao cinema, como pais de filhos pequenos e casais mais velhos. Não deixá-los esperando por meses é atendê-los. Mas e os parentes dessas pessoas que seriam um público potencial de cinema? Provavelmente aproveitarão para ver com elas, já que US$ 50 é mais barato do que pagar os ingressos de umas seis pessoas. É um incentivo sim para que as pessoas deixem de ir. Mas como tudo que envolve a tecnologia, parece um caminho sem volta.

#cinema #screeningroom #seanparker #movies #filmes #peterjackson 

Olivia Wilde é mais uma atriz considerada VELHA para ser par romântico de galã

Sheila Vieira
há 2 anos9 visualizações

Sinceramente, Hollywood, MELHORE.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Olivia Wilde é mais uma atriz considerada VELHA para ser par romântico de galã

Na minha cabeça, você só poderia recusar Olivia Wilde para um papel em caso de loucura absoluta, mas aparentemente Martin Scorcese fez isso em "O Lobo de Wall Street". A atriz de 32 anos revelou em um programa de rádio, de Howard Stern, que foi considerada muito velha para uma certa personagem do filme.

As duas mulheres com papéis de destaque no filme foram pares românticos do personagem de Leonardo DiCaprio: elas foram interpretadas por Cristin Milioti (agora com 30 anos) e Margot Robbie (que tem 25). O longa foi lançado em 2013.

"A coisa mais engraçada que eu ouvi recentemente foi que fui rejeitada para um papel porque era muito sofisticada. E eu pensei 'Ah, isso é legal'. Gostei do feedback. Não consegui o papel, mas sou uma pessoa bem sofisticada. Depois eu descobri que eles realmente disseram 'velha'. Queria fazer uma lista de tradução do feedback que os agentes te dão em Hollywood e o que as opiniões realmente significam", disse a eterna Thirteen, de "House".

Olivia Wilde é mais uma atriz considerada VELHA para ser par romântico de galã

Esta é Margot Robbie, principal mulher de um filme em que mulheres são muito valorizadas. Só que não.

Wilde não é a primeira mulher de mais de 30 anos que ouviu que é "velha" para ser par romântico de um ator mais velho que ela. O caso mais famoso foi o de Maggie Gyllenhaal, que botou a boca no trombone ano passado.

"Tenho 37 anos e me disseram que eu era muito velha para ser o interesse amoroso de um cara de 55. Foi inacreditável para mim. Eu me senti mal, depois fiquei com raiva e por fim dei risada", comentou Gyllenhaal.

Olivia Wilde é mais uma atriz considerada VELHA para ser par romântico de galã

Nem uma das mulheres mais sensuais da história do cinema, Monica Bellucci, escapou dos corneteiros. A italiana de 51 anos foi escalada para ser uma das Bondgirls de "Spectre" (mas a principal era de 20 e poucos...) e Daniel Craig foi questionado sobre James Bond se encantar por uma mulher mais velha. Detalhe: o ator é só três anos mais novo que Bellucci.

"Acho que você quer dizer uma mulher da idade dele. Estamos falando de Monica Bellucci, pelo amor de Deus. Quando alguém como ela quer ser uma Bondgirl, você só agradece pela sorte", disse Craig.

Olivia Wilde é mais uma atriz considerada VELHA para ser par romântico de galã

Um vídeo obrigatório no assunto "atrizes consideradas velhas demais" é o "Last Fuckable Day", do "Inside Amy Schumer", no qual Julia Louis-Dreyfus comemora seu último dia como 'gostosa' junto a Patricia Arquette, Tina Fey e Schumer:

Por fim, deixo a palavra com a Rainha Helen Mirren:

"Tem me deixado louca ver durante a minha carreira atrizes incríveis com suas carreiras diminuindo e desaparecendo, enquanto atores medíocres continuam".

#oliviawilde #maggiegyllenhaal #monicabellucci #aging #hollywood #thewolfofwallstreet

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar