A tocha é nossa!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A tocha é nossa!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
A tocha é nossa!
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Ainda há ingressos olímpicos para vôlei, basquete, futebol e atletismo

Sheila Vieira
há 2 anos11 visualizações

Está esperando o quê?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Sim, as sessões mais concorridas já estão esgotadas, mas isso não significa que você está fora dos esportes mais populares nas Olimpíadas do Rio! Ainda há muito ingresso disponível para fases preliminares (não tem como saber quem joga agora) e alguns também de sessões valendo medalha! Dá uma olhada:

Futebol

Primeira fase: 21 sessões disponíveis. Custam entre R$ 40 e R$ 70 no feminino e R$ 50 a R$ 100 masculino.

Quartas de final: sete sessões à venda, todas do feminino e três do masculino. Você paga de R$ 60 a R$ 100.

Semifinais: nenhuma esgotou ainda. As femininas (em BH e Rio) saem entre R$ 100 e R$ 280. A masculina da Arena Corinthians só tem ainda de R$ 600 e a do Rio conta com três opções: R$ 400, R$ 500 ou R$ 600.

Valendo medalha: o bronze feminino (Arena Corinthians) tem ingresso a R$ 40 (sem ingresso marcado) e o ouro sai por R$ 300, R$ 420 ou R$ 580. Em BH, o bronze entre os homens está valendo de R$ 240 a R$ 600. A decisão masculina está esgotada, mas ingressos de revenda têm aparecido com frequência no site. Tem que ficar de olho. Certo, Neymar?

Basquete

Primeira fase: 42 sessões à venda, custando R$ 50 a R$ 70 no feminino e R$ 100 a R$ 350 no masculino.

Quartas de final: todas disponíveis, entre R$ 180 e R$ 420, algumas com categorias mais baratas esgotadas.

Semifinais femininas: você pode comprar por R$ 240, R$ 400 ou R$ 600.

Final feminina: aí está mais salgado, valendo R$ 900.

Vôlei

Primeira fase: temos 29 sessões disponíveis ainda, tanto no masculino, quanto no feminino. Todas valem entre R$ 100 e R$ 350. Quem sabe você dá sorte e assiste ao Brasil?

Quartas de final: todas à venda, só que custando R$ 420.

Atletismo

As sessões misturam eliminatórias, semifinais e finais e 10 estão ainda à venda, valendo entre R$ 100 e R$ 1200.

Eu destacaria a sessão noturna de 15 de agosto, que tem a premiação dos 100 metros rasos masculino (quer dançar com o Bolt?) e a final do salto com vara masculino. Outra bacana é a de 17 de agosto, noturna, que tem Bolt competindo na semifinal dos 200 metros rasos. Ambas saem entre R$ 260 e R$ 900.

Dica: Bolt já confessou que seu maior objetivo no Rio, além dos três ouros, claro, é quebrar novamente o recorde dos 200m.

Cerimônia de encerramento

Ok, não é a abertura, mas mesmo assim costuma ser bastante emocionante. Vai ter muita coisa sobre o Japão, que sediará os Jogos de 2020 (e nós amamos o Japão, não é?) e a pira será apagada.

Porém, as sessões ainda disponíveis são as mais caras: R$ 1400, R$ 2500 ou R$ 3000.

Para comprar, acesse https://ingressos.rio2016.com/.

Sempre lembrando que a todo momento as pessoas estão revendendo ingressos pela plataforma oficial e eles reaparecem a qualquer hora no site. Se você quer aquela entrada impossível, deixe a aba da sessão nos seus favoritos e vá olhando durante o dia!

#olimpiadas #olympics #rio2016 #ingressos #tickets

10 superestrelas que você vai ver nas Olimpíadas do Rio

Sheila Vieira
há 2 anos3 visualizações

(Ou não).

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O maior evento esportivo do mundo acontecerá no Brasil neste ano (Copa, eu te amo, foi lindo te conhecer, mas você não é a Olimpíada) e milhares de brasileiros que não podem viajar para o exterior terão a chance de ver de perto grandes ícones da história do esporte. Nem todos estão 100% confirmados, mas não custa sonhar! Vamos aos nomes:

LeBron James, basquete

Um dos melhores jogadores de basquete de todos os tempos (UM DOS, CALMA FÃS DO JORDAN), King James deve disputar sua quarta Olimpíada no Rio. Não deixou uma boa impressão em Atenas, onde teve sua atitude criticada pelos técnicos, mas se recuperou sendo fundamental para os ouros norte-americanos em 2008 e 2012.

E ELE TAMBÉM SABE ATUAR.

Hope Solo, futebol

A goleira norte-americana já é bicampeã olímpica (2008 e 2012) e conquistou enfim seu primeiro título de Copa do Mundo em 2015. Só temos que ficar de olho se ela voltará a ter problemas com a Justiça. Como meio mundo sabe, ela responde processo por ter supostamente agredido seu sobrinho e sua "meia-irmã".

Roger Federer, tênis

Você já sabe que o suíço é dono de vários feitos históricos do tênis, foi medalha de ouro nas duplas em Pequim com Stan Wawrinka e prata em Londres. Mas Fed também se aproximou do amor de sua vida em uma edição das Olimpíadas. Em Sydney, o recordista de Slams começou a namorar sua compatriota Mirka Vavrinec. Eles estão juntos até hoje e têm quatro filhos. 

OLIMPÍADA TAMBÉM É AMOR. <3

Yelena Isinbayeva, atletismo

A recordista mundial ainda é dúvida para os Jogos do Rio, já que não compete desde 2013, um ano antes de se tornar mãe. E também há a chance de a Rússia não participar do atletismo por causa do escândalo de acobertamento de doping. Porém, vontade não falta da parte de Isinbayeva. 

"Não são só os Jogos Olímpicos. Também estou sonhando com outro recorde mundial. Depois de ter tido este sentimento várias vezes no passado, você quer repetir. Seria um dos momentos mais emocionantes da minha carreira", disse a saltadora.

Michael Phelps, natação

Mais um ídolo em busca de um retorno triunfal nas Olimpíadas, Phelps tem obtido resultados bem animadores em sua preparação para o Rio-2016. O recordista geral de medalhas olímpicas (22) fez os melhores tempos no 100m borboleta, 200m borboleta e 200m medley de 2015 no Campeonato Norte-Americano. Já é possível dizer que Chad Le Clos e Ryan Lochte estão tendo pesadelos. E a gente sonhando em vê-lo!

Serena Williams, tênis

Sim, tem mais uma tenista, se reclamar, vai ter outra (vai mesmo)!

A número 1 do mundo já disputou três Olimpíadas: Sydney, Pequim e Londres, e saiu com ouro em todas elas. São três em duplas e uma em simples (que provocou esta dancinha maravilhosa). Da última vez que esteve no Brasil, Serena tirou alguns dias para comprar biquínis. Quem sabe você não a encontra em uma loja do Leblon?

Lionel Messi, futebol

Há um obstáculo entre o craque argentino e os Jogos do Rio: a Copa América Centenário, que acontece em junho. O treinador da seleção, Gerardo Martino, declarou neste mês que é melhor não expor demais o melhor jogador do mundo. Também não ajuda o fato de que Messi já tem um ouro olímpico, conquistado em Pequim.

VEEEM, MESSI, POR FAVOR! A gente te dá uma centésima Bola de Ouro.

Katie Ledecky, natação

Se você ainda não conhece a nadadora norte-americana, invista, porque ela será um mito do esporte depois do Rio-2016. Ledecky domina totalmente provas de 200m, 400m, 800m e 1500m, e tem o recorde mundial das últimas três. Sua primeira Olímpíada foi a de Londres, da qual saiu com um ouro. Espere bem mais que isso no Rio.

Usain Bolt, atletismo

Se alguém achava que Bolt não chegaria ao Rio como favorito, foi devidamente calado no Mundial de 2015. O bicampeão olímpico dos 100m, 200m e 4x100m fechou a porta da cara de Justin Gatlin. Ainda por cima, o jamaicano é um "farofeiro" de primeira e vai adorar a vibração da torcida brasileira.

Maria Sharapova, tênis

Em Londres, a popstar russa tentou pegar um suco de laranja na Vila Olímpica e acabou ficando uma hora tirando fotos com outros atletas. Sharapova é a atleta feminina mais conhecida do mundo e, com 1,88m, não será difícil reconhecê-la pela cidade. Sua única medalha foi a prata conquistada nos últimos Jogos.

Está bom ou quer mais? #olympics #sports 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar