Desabafos aleatórios
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Desabafos aleatórios
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Desabafos aleatórios
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

O trabalho está cada vez mais prático, mas também cada vez mais cansativo

DeTudoUmPouco
há um ano31 visualizações
O trabalho está cada vez mais prático, mas também cada vez mais cansativo
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Trabalhadores ~qualificados~ da atualidade têm cada vez mais “facilidades” para ganhar o pão de cada dia. Muitos podem trabalhar de casa, evitando o trânsito e economizando gasolina ou bilhete. Os horários ficaram mais flexíveis e, se você tiver um compromisso de manhã, é possível que seu/sua chefe deixe você entrar e sair mais tarde. Você pode resolver inúmeros problemas por mensagens de celular ao invés de ligar ou encontrar pessoas.

Mas você também se sente cada vez mais cansado.

Uma pesquisa da Hamermesh e Stancanelli revelou que 29,2 dos norte-americanos já trabalham aos fins de semana. Porque nenhuma facilidade vem sem algum fardo. Você pode resolver problemas pelo celular? Então veja aqui uns 30 pepinos para você arrumar durante a madrugada! Vai ficar em casa? Que tal entregar este relatório hoje ao invés de amanhã? Você está usando o tempo que economizou de trânsito. :D

Este tipo de trabalhador não tem aquela satisfação de ver que é hora de ir embora, desligar tudo, dar aquele tchau para os colegas e pular de alegria na saída, sabendo que ele vai ter a noite ou o fim de semana para pensar em qualquer coisa, menos no trabalho.

Enquanto isso, você está olhando o celular durante o jantar porque alguma coisa pode aparecer a qualquer momento. E se você fizer o desencanado e não olhar, seu colega ambicioso fará isso, tomará o seu lugar e você vai ser despedido.

A cultura empregatícia da atualidade é o sacrifício. Disfarçado de comodidade. E isso está afetando até a saúde das pessoas. Afastando-as de suas famílias. Levando vários para a depressão.

Isso significa que você vai querer largar seu emprego como publicitário e resolver ser vendedor no shopping? Provavelmente não. No Brasil, principalmente, pessoas que fizeram faculdade preferem pedir empréstimo aos pais do que arrumar um emprego que não exige um diploma. E mesmo os que cogitam isso sabem que estes empregos não permitem que você junte dinheiro para fazer aquele tour pela Europa.

Porém, se você vai ser oprimido por algo, pelo menos saiba que está sendo. Não se sinta culpado. Você não é o único que pensa em largar tudo e tentar a vida como garçom na Irlanda. 

O trabalho está cada vez mais prático, mas também cada vez mais cansativo

#work #trabalho #cansaço 

#Twitter10Anos: Coisas que só quem é tuiteiro de raiz sabe

Sheila Vieira
há 2 anos26 visualizações

O Twitter é a rede social com usuários mais empenhados em defendê-lo. Provavelmente porque, entre as maiores, é a menos usada e nós temos medo de perdê-la. Mas a verdade é que, mesmo não acessando o microblog do passarinho, sua experiência nas outras redes sociais é muito influenciada por ele. Essas são as coisas que só tuiteiros de raiz sabem:

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Qualquer programa de TV é divertido quando todos estão tuitando sobre ele. Pode ser The Voice Kids, Masterchef, resgate dos mineiros do Chile, sorteio da Champions, Rock in Rio: você assiste para não ficar fora da conversa ou perder as melhores piadas. 

O Twitter faz você adorar pessoas que você não conhece, enquanto o Facebook faz você ter preguiça de pessoas que você conhece. Isso é possível justamente porque o Twitter não é tão popular e só você de humanas que gosta de pitaco em tudo é usuário dele. A lógica é seguir quem fala sobre os mesmos assuntos que você e assim fazer novas amizades com muita afinidade.

Celebridades em geral não sabem usar o Twitter e isso é muito engraçado. Especialmente quando eles querem brigar. Muitos deles estão acostumados a só ler mensagens de fã que os amam de paixão e se assustam quando se deparam com a acidez dos tuiteiros. Uns largam mão, outros deixam a conta na mão dos assessores e os briguentos decidem se explicar, como o Kanye West.

A qualquer situação da vida ou do mundo, há sempre um tweet antigo do Neymar ou do Eduardo Cunha que pode ser aplicado.

Tuiteiros acham que podem opinar sobre tudo. A gente começa com um “não sou especialista nisso, MAS" (aí fala uma besteira). Pior ainda é quando você fala algo em que acredita fervorosamente, a realidade te desmente e te alopram por isso pelo resto da sua existência.

No Twitter, ninguém tem vergonha de admitir que a própria vida é uma merda. No Facebook, você só compartilha seus melhores momentos, as baladas, os novos relacionamentos, as viagens, os novos empregos. Já no microblog a gente compartilha a verdade.

O Twitter pauta as notícias que você vê no Facebook horas depois. Uma cena muito comum na vida de um tuiteiro é aquele amigo chegando “você viu tal coisaaaaaa?!”. “Sim, há três dias”. “Mas só saiu hoje em tal site!”. “Porque não se fala de outra coisa no Twitter há três dias”. Tipo o meme da diferentona.

Os trending topics lembram que ainda há muitos adolescentes usando a internet.

No Twitter, você pode postar coisas que fazem zero sentido simplesmente porque elas vieram à sua cabeça e são engraçadas.

#LoveTwitter.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar