Isso é tênis, amigo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Isso é tênis, amigo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Isso é tênis, amigo
ic-spinner
У каждого есть своя история
Находите лучшие истории и интересных людей. Вдохновляйтесь ими и начинайте писать самостоятельно либо вместе с друзьями.

As nove jovens tenistas que já se destacaram no início do Australian Open

Sheila Vieira
2 года назад20 просмотров

É notável que a nova geração de tenistas do circuito feminino está conseguindo resultados expressivos mais cedo do que seus colegas da mesma faixa de idade na ATP. Os motivos para isso podem ser discutidos (e o lado B desta conversa é o envelhecimento do topo no masculino), mas o fato é que nove tenistas entre 18 e 22 anos já estão classificadas para a terceira rodada do Australian Open. 

Рассказывайте о том, что вы любите, вместе с друзьями
Стать соавтором ▸

Se você ainda não conhece as novas caras da WTA, aqui estão: 

A russa Daria Kasatkina tem 18 anos e é a próxima adversária de Serena Williams em Melbourne (#GoodLuckWithThat). Há menos de dois anos, foi campeã de Roland Garros no juvenil. Já havia chegado a uma terceira rodada de Slam no US Open do ano passado. Este ano, derrotou Venus Williams em Auckland. Suas duas vitórias no #AusOpen foram contra jogadoras também em ascensão: Ana Konjuh e Anna Schmiedlova.

Outra russa que chega com força é Margarita Gasparyan, de 21 anos, uma das poucas jogadoras do circuito que usa só uma mão no backhand. Ela ganhou o WTA de Baku em 2015, além de dois títulos em duplas. Sua campanha em Melbourne até agora teve triunfos diante da italiana [17] Sara Errani e da japonesa Kurumi Nara. 

Gasparyan duelará por uma vaga nas oitavas contra a cazaque Yulia Putintseva. Vice-campeã do US Open juvenil em 2010, a tenista de 21 anos nasceu na Rússia e passou a representar o Cazaquistão em 2012. Com apenas 1,63m de altura e muita atitude, ela é comparada à eslovaca Dominika Cibulkova. "Poots" tirou [16] Caroline Wozniacki e a chinesa Xinyun Han do Grand Slam australiano neste ano.

Ok, Belinda Bencic já é uma realidade há algum tempo. Aos 18 anos, a suíça é número 13 do mundo. No juvenil, foi campeã de Roland Garros e Wimbledon em 2013. No ano seguinte, atingiu as quartas de final do US Open já no profissional. Ganhou o título de Eastbourne em 2015 e do importantíssimo Premier do Canadá em 2015, vencendo quatro top 10 em sequência, incluindo Serena Williams. Deixou para trás Alison Riske e Timea Babos nesta semana e pega Kateryna Bondarenko.

A norte-americana Lauren Davis é a de currículo mais modesto entre as que cito aqui. Aos 22 anos, tem como destaques uma semifinal em Auckland em 2015 e um triunfo diante de Victoria Azarenka em Indian Wells há dois anos. Em Melbourne, eliminou [26] Anastasia Pavlyuchenkova e Magdalena Rybarikova (desistência). Ela desafiará Maria Sharapova na terceira rodada.

O que dizer de uma jogadora que promove a hashtag #PicaPower? Monica Puig é uma figura porto-riquenha de 22 anos. Foi vice-campeã juvenil do Australian Open em 2011, prata no Pan-2011 e chegou às oitavas de Wimbledon (profissional) em 2013. Seu único título de WTA foi vencido em Estrasburgo, em 2014. Bateu Magda Linette e depois Kristyna Pliskova em uma partida épica, salvando cinco match points e tomando 31 aces, recorde em um jogo de WTA (fica o consolo para Pliskova). Seu próximo desafio é surpreender Agnieszka Radwanska.

Olha a Rússia aqui de novo. Elizaveta Kulichkova tem 19 anos e foi campeã de simples e duplas no Australian Open juvenil há dois anos. Na estreia, superou [22] Andrea Petkovic e depois venceu Monica Niculescu. Ela joga contra Carla Suárez Navarro por um lugar nas oitavas. 

Assim como Bencic, Kristina Mladenovic é mais conhecida e vencedora. Tem um título de simples de WTA e dez de duplas. Foi campeã em mistas com Daniel Nestor em Wimbledon-2013 e Australian Open-2014. Sozinha, chegou às quartas do US Open de 2015. Após derrotar Dominika Cibulkova e Nicole Gibbs, a francesa de 22 anos encara nossa próxima e última jogadora da lista.

Daria Gavrilova tem 21 anos e representou a Rússia até 2014, quando obteve a nacionalidade australiana. Foi campeã do US Open juvenil em 2010 e líder do ranking mundial da categoria. Também ganhou o ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude no mesmo ano. Venceu a Copa Hopman em 2016 com Nick Kyrgios e coleciona vitórias contra jogadoras de expressão, como Maria Sharapova, Ana Ivanovic e, desde quarta, Petra Kvitova. A tcheca foi a segunda vítima de Gavrilova em Melbourne, após Lucie Hradecka.

As nove jovens tenistas que já se destacaram no início do Australian Open

Já tem uma favorita? #WTA #tennis #AusOpen #RisingStars

Oito estágios de uma noite acompanhando o Australian Open

1. Quando todos os seus parentes (ou roomates) estão dormindo, você está extremamente envolvido em uma partida, mas tem que se segurar. 

Рассказывайте о том, что вы любите, вместе с друзьями
Стать соавтором ▸

2. Quando a partida na qual você está envolvido(a) vai para aquele quinto set com gostinho de games extras. 

3. Quando vai aos games extras e não há previsão de terminar.

4. Não tem mesmo.

Oito estágios de uma noite acompanhando o Australian Open

5. Daí você lembra que, ainda por cima, não tinha terminado as tarefas do dia.

6. Estamos chegando perto da manhã, você já está meio grogue e confundindo tenistas que usam a mesma marca de roupa.

7. Quando você acorda daquele cochilo no meio do jogo bem na hora decisiva.

8. Quando a vida não colabora para você ver a rodada noturna (que é de manhã aqui).

E na próxima noite fazer tudo de novo!

Oito estágios de uma noite acompanhando o Australian Open
Вы прочитали историю
Story cover
написанную
Writer avatar