O mundo não é o bastante
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O mundo não é o bastante
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O mundo não é o bastante
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Não se esforce para parecer competente, mas sim para ser digno de confiança

DeTudoUmPouco
há um ano48 visualizações
Não se esforce para parecer competente, mas sim para ser digno de confiança
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Se tem algo que fascina igualmente todos os seres humanos é saber como as pessoas nos veem, especialmente a primeira impressão que passamos. Quando há um emprego em jogo, a necessidade de tentar ser o novo Mark Zuckerberg acaba dominando muita gente e nem sempre provocando a melhor resposta.

Não se engane: é melhor fazer todos acreditarem que podem confiar em você do que eles pensarem que você é o mais competente para aquela posição. Quem diz isso é Amy Cuddy, professora da Escola de Negócios de Harvard.

Não se esforce para parecer competente, mas sim para ser digno de confiança

Ela realmente parece ser uma pessoa confiável.

Por mais de 15 anos, Cuddy estudou a “ciência” das primeiras impressões com os psicólogos Susan Fiske e Peter Glick. As perguntas que as pessoas geralmente perguntam quando conhecem alguém são: “posso confiar nela?” e “eu a respeito?”. Sim, nesta ordem.

Em um mundo ideal, você deve dar a entender que é confiável e competente. Mas se tiver que escolher, vá com o primeiro.

Vejam só o David Luiz, que fez um punhado de besteiras, mas é amado pela galera.

“De uma perspectiva de evolução, é mais crucial para nossa sobrevivência saber se uma pessoa merece nossa confiança”, afirma Cuddy ao Business Insider. Ou seja, quando o chefe se sente ameaçado por você, seu currículo vai contar muito menos.

“Se alguém que você está tentando influenciar não confia em você, você não vai muito longe. Na verdade, vai despertar suspeitas porque pode parecer manipulativo”, acrescentou a professora.

Minha impressão sobre o mundo corporativo sempre foi a inversa: que a racionalidade do “é a melhor pessoa para este emprego” fosse mais valorizada do que a personalidade do candidato. No caso, o que ela consegue transmitir de sua essência em uma situação extremamente formal e desconfortável. Pelo jeito, estava errada. Deve ser porque assisti muito a "O Aprendiz".

Agora, se você é aquele ser humano atrapalhado, que não consegue ser você mesmo, tenta demonstrar que é forte e falha miseravelmente, sinto muito. Torça para que gostem de você no segundo, terceiro ou quarto encontros.

#personalities #business #negocios #personalidade #psicologia

Mulheres seminuas que enganam turistas em NY devem ser expulsas da Times Square

Sheila Vieira
há 2 anos24 visualizações
Mulheres seminuas que enganam turistas em NY devem ser expulsas da Times Square
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Um alerta que várias pessoas e sites fazem para alguém que está prestes a conhecer Nova York é para tomar cuidado com os “tip hustlers”. O que eles/elas fazem? Você está andando pela Times Square com aquela cara de bobo turista e alguém com uma fantasia muito legal pergunta se você quer tirar uma foto! Você tira e… eles exigem dinheiro pela foto de uma maneira meio intimidadora.

O tipo mais comum de “tip hustler” são as “desnudas”, mulheres que ficam só de calcinha ou biquíni, além de plumas na cabeça e muito glitter e tinta no corpo, como passistas de carnaval. A Associação da Times Square quer tirá-las das calçadas do ponto turístico, assim como as pessoas que se vestem de Minions, Mickey ou qualquer outro personagem que turistas amam para tirar fotos e levar uma grana.

“A lei ainda permitirá que pessoas honestas trabalhem como personagens, e as desnudas também, mas vai regular mais precisamente onde eles podem ficar”, esclareceu o presidente da Associação, Tim Tompkins, ao Daily News.

Mulheres seminuas que enganam turistas em NY devem ser expulsas da Times Square

Ou seja, a galera não poderia ficar na Times Square mesmo, onde há 400 pessoas por metro quadrado, 390 delas turistas. Porém, a área em volta da praça, onde ficam os principais teatros da Broadway e há também uma concentração gigante de turistas, estaria liberada.

Visitei a Times Square umas três ou quatro vezes (na estação de metrô umas 200) e nunca fui abordada por um “tip hustler”. Porém, é bem comum que pessoas cheguem em você em qualquer lugar turístico da cidade oferecendo ingressos "especiais" para alguma atração cuja bilheteria está a 20 metros de distância. Quem é brasileiro já sabe que tudo muito fácil tem trambique por trás, mas quem vem de países sem cultura de corrupção cai demais na lábia desses caras.

A verdade é que a Times Square é um centro praticamente só de turistas, do qual os nova-iorquinos tentam passar o mais longe possível. O trânsito é horrível, as pessoas não andam porque ficam tirando fotos de absolutamente tudo (inclusive com pau de selfie) e as lojas são caríssimas. Há certamente lugares mais interessantes em Nova York, mas não adianta: isso não vai te impedir de passar por lá, não é mesmo? 

Mulheres seminuas que enganam turistas em NY devem ser expulsas da Times Square

#newyork #NY #timessquare #desnudas #turismo 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar