TV

Protagonistas da ‘Shondaland’ apoiam Hillary e Caitlyn Jenner elogia Trump

Sheila Vieira
Author
Sheila Vieira

A corrida presidencial americana segue um tanto previsível no quesito celebridades. Mais quatro personalidades da TV do país revelaram de que lado estão nas eleições: as três protagonistas das séries de Shonda Rhimes, da ABC, e Caitlyn Jenner.

Protagonistas da ‘Shondaland’ apoiam Hillary e Caitlyn Jenner elogia Trump

Kerry Washington (“Scandal”), Ellen Pompeo (“Grey’s Anatomy”) e Viola Davis (“How To Get Away With Murder”) gravaram um vídeo chamado “Real Life”, ao lado de Rhimes, apoiando a candidata democrata Hillary Clinton. Revezando as frases, as atrizes dizem:

“Todos os dias eu acordo e interpreto uma mulher brilhante, complexa, superqualificada e que faz suas próprias coisas, que luta de forma determinada por justiça, que se importa, que dá voz aos que não têm uma, que é derrubada pelos outros, mas sempre se levanta”.

Rhimes destaca que faz “televisão cheia de personagens que eu imagino que todos podemos ser”. E as atrizes prosseguem: “Fortes, mas não perfeitas, humanas, mas extraordinárias. Nossas personagens estão na televisão, mas o mundo real… o mundo real tem Hillary Clinton”.

Já Caitlyn Jenner, que nunca escondeu ser republicana, inclusive antes de revelar que é trans, elogiou Donald Trump em conversa com outras mulheres no seu programa “I Am Cait”:

“Não sou uma grande fã dele, porque acho que a atitude de macho dele causaria problemas com as mulheres sem ele perceber. Mas isso não significa que ele não seria bom para as questões femininas. Acho que ele seria muito bom para os assuntos envolvendo mulheres. Não é objetivo dele destruir mulheres, tirar coisas delas ou esse tipo de coisa”.

Com a surpresa das colegas de programa a esses comentários, Jenner explicou:

“Não acho que minhas opiniões políticas mudaram desde que eu fiz minha transição. Ser mulher não faz de mim uma liberal da noite para o dia”.

A madrasta das Kardashian também deixou claro que jamais votaria em Hillary, porque o país “acabaria”:

“Ela foi uma péssima senadora. Foi horrível. Olhe tudo que está acontecendo no Oriente Médio. Tudo por causa do que ela fez. Olhem Benghazi (cidade líbia em que o consulado americano foi alvo de um ataque terrorista, com quatro mortos, incluindo o embaixador). Ela mentiu para a gente. Ela é uma ‘fucking’ mentirosa”.

EUA, este curioso local em que a trans mais famosa do país é republicana.

#eleiçõesamericanas #shondaland #caitlynjenner #hillaryclinton #donaldtrump #presidencialrun