Wilson Baldini Junior's story
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Wilson Baldini Junior's story
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Wilson Baldini Junior's story
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Os dez melhores filmes de boxe

O cinema completou 120 anos de vida no fim de 2015. E o esporte mais utilizado na telona é o boxe. Confira uma lista com dez grandes filmes que possuem a nobre arte como tema principal. Faça a sua lista.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

1) TOURO INDOMÁVEL

Ano – 1980

Direção – Martin Scorsese

Em uma de suas principais apresentações, Robert De Niro interpretou Jake La Motta, um boxeador campeão mundial dos médios no fim dos anos 40, que ganhou o apelido de “Touro Indomável” pela agressividade demonstrada dentro do ringue e pela vida conturbada fora dele.

2) Rocky

Ano – 1976

Direção – John G. Avildsen

Um drama que conta a história de um pugilista desconhecido que ganha a oportunidade de disputar o título mundial dos pesos pesados. Ganhou o Oscar e transformou Sylvester Stallone em um astro.

3) O Campeão

Ano – 1979

Direção – Franco Zefirelli

Um ex-campeão é obrigado a voltar a lutar para tentar manter a guarda do filho. A última cena entre John Voight e Ricky Schroder é um das mais emocionantes de todos os tempos.

4) Marcado pela Sarjeta

Ano – 1956

Direção – Robert Wise

Exuberante, Paul Newman representa de forma incrível Rocky Graziano, campeão dos médios no fim dos anos 40. Destaque para a cena em que Graziano esconde os golpes da namorada, que critica a violência do boxe.

5) O Ringue

Ano – 1927

Direção – Alfred Hitchcock

Filme mudo do mito Alfred Hitchcock, que conta a história de um triângulo amoroso: um boxeador, no auge de sua carreira e seu desafiante, que está mais interessado em sua noiva do que no cinturão de campeão.

6) Ali

Ano – 2001

Direção – Michael Mann

Trata-se de um dos melhores filmes biográficos feitos sobre Muhammad Ali, o boxeador mais importante da história. Will Smith teve o auxílio do próprio Ali nas filmagens.

7) Menina de Ouro

Ano – 2004

Direção – Clint Eastwood

O boxe serve de pano de fundo para contar a história de uma garota que busca na nobre arte o dinheiro para sobreviver e tem como sonho conquistar o título mundial. O relacionamento entre técnico (Eastwood) e lutadora (Hilary Swank) é comovente. O desfecho não poderia ser mais dramático.

8) Réquiem por um lutador

Ano – 1962

Direção – Ralph Nelson

Um filme que não teve o mesmo reconhecimento de Rocky ou Touro Indomável, mas possui momentos memoráveis como os diálogos entre Anthony Quiin e Julie Harris.

9) A Luta pela Esperança - Cinderela Man

Ano – 2005

Direção – Ron Howard

O filme conta a vida de James Braddock, campeçao mundial dos pesos pesados, que passa fome e frio com a esposa e filhos, durante a Grande Depressão, em 1929.

10) Quando Éramos Reis

Ano – 1996

Direção – Leon Gast

Documentário espetacular sobre a luta entre Muhammad Ali e George Foreman, no Zaire, em 1974. Sem dinheiro, Gast precisou esperar mais de 20 anos para editar o material que reuniu na África. Ganhou o Oscar.

China leva atletas do Brasil e investe na Espanha

As empresas chinesas atuam de forma diferente no futebol brasileiro e espanhol. Enquanto aqui o foco são os jogadores e técnicos que se destacam, na Europa os times servem de vitrine para seus melhores produtos.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Ricardo Goulart e Éverton Ribeiro, dupla de grande sucesso no Cruzeiro bicampeão brasileiro em 2013-2014, preferiu trocar um lugar cativo na seleção brasileira por um contrato milionário para atuar na Ásia.

No fim do ano passado, Jadson, um dos destaques da campanha vitoriosa do Corinthians, também não resistiu à proposta milionária dos chineses. Ele vai atuar ao lado do veterano Luis Fabiano, ex-São Paulo, e os dois vão ser orientados por Vanderlei Luxemburgo no Tianjin Quanjian. Vale lembrar que este é um time de segunda divisão.

Paulinho, herói do Corinthians na conquista da Taça Libertadores e do Mundial de Clubes, em 2012, não teve boa passagem pela Inglaterra, e aceitou ir para o Guangzhou Evergrande trabalhar com Luiz Felipe Scolari, seu comandante na Copa do Mundo de 2014.

Mas se no Brasil os chineses chegam para amedrontar os clubes,, na Espanha eles são a tábua de salvação para acabar com a crise financeira. Os melhores times possuem parcerias com empresas chinesas, confiantes na estrutura do futebol daquele país.

 

Você leu a pasta de história
escrita por