Ação contra Aécio Neves “passa da validade” e é extinta em MG

Ação contra Aécio Neves “passa da validade” e é extinta em MG

Paulo24
Autor Paulo24
Política
Coleção Política
Ação contra Aécio Neves “passa da validade” e é extinta em MG

O ex-governador de Minas Gerais, ex-presidenciável e atual deputado federal Aécio Neves (PSDB) teve uma ação judicial contra si extinta pois passou do prazo de validade. O Ministério Público abriu uma ação requerendo o ressarcimento de R$ 11,5 milhões aos cofres públicos pelo uso irregular de aeronaves públicas. Aécio supostamente “emprestava” os aviões para voos particulares.

Os voos teriam ocorrido entre 2003 e 2010, período onde Aécio Neves governou Minas Gerais, foram realizadas 1.337 viagens nesse período, o que dá quase 200 por ano.

Os principais trajetos eram de Minas para o Rio de Janeiro, onde o deputado possui um apartamento, e para Cláudio, cidade do Centro-Oeste onde seus pais possuem uma fazenda.

A promotoria afirma que a maioria desses voos foram realizados para transportar passageiros sem que houvesse a identificação do beneficiário.

Já que o caso ocorreu entre 2006 e 2010, o prazo de 5 anos para ajuizamento do processo prescreveu, já que ele foi feito em 2018. A decisão é da 5ª Vara de Fazenda Pública e Autarquias de Belo Horizonte, aliás, o bloqueio dos R$ 11,5 milhões do ex-governador havia sido determinado.

O Ministério Público ainda não afirmou se irá recorrer da decisão. Os representantes de Aécio Neves afirmaram que todos os voos realizados no período foram feitos dentro das normas legais do Estado.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

500x500
500x500