Mulher morre após prefeito usar cilindro de oxigênio do hospital para bombear chope

 

Saiu nesta semana (29) a condenação de José Cláudio Prol, então prefeito de Luziana (PR). O homem pegou um cilindro de oxigênio de um hospital e levou para bombear chope em uma festa na sua casa. Uma mulher precisou do oxigênio e morreu no hospital.

O caso aconteceu no Réveillon de 2013 (Justiça rápida, né?). A idosa de 64 anos estava com problemas respiratórios graves e precisou ser transferida para o hospital de Campo Mourão.

Ela morreu por insuficiência de irrigação sanguínea e infarto agudo do miocárdio. A investigação apontou que a falta do aparelho de oxigênio usado pelo prefeito contribuiu para o fato.

O ex-prefeito é réu por homicídio qualificado por motivo fútil e peculato, que é a apropriação de recursos ou bens públicos. A prefeitura terá de pagar uma indenização de R$ 160 mil aos filhos da vítima. Inacreditável!

 
00
Mobil uygulamamızı indirdiniz mi? Hemen indir