A volta dos Tamagochi

A volta dos Tamagochi

A volta dos Tamagochi

O Tamagochi é um brinquedo que fez muito sucesso na década de 1990. Era um dos primeiros aparelhos eletrônicos que podiam ser carregados com facilidade por qualquer criança.

Por isso, muitas crianças e jovens o carregavam para lá e para cá. O objetivo era simples: cuidar de um animal virtual como se fosse um pet.

Assim, no decorrer dos dias era necessário dar carinho, alimentar, e higienizar o animal.

A depender de como era cuidado, após algumas semanas poderia se tornar um anjinho ou um demônio.

Uma outra versão do Tamagochi foi lançada em alguns anos mais tarde e ele podia comunicar-se com outros animais e até mesmo ter filhinhos. O aparelho foi se desenvolvendo chegando até mesmo a se tornar um aplicativo para aparelhos smartphones.

Os Tamagochi e seu sucesso hoje

Os Tamagochi serão relançados pela Bandai, desenvolvedora do jogo, em julho de 2019. Isso está atiçando aos nostálgicos da década de 1990.

O interesse da empresa não é tanto nas crianças que agora possuem uma série de aparelhos eletrônicos a sua disposição, diferente do que acontecia a praticamente 3 décadas atrás.

Mas sim nos adultos que brincaram com ele. Afinal, este é um setor do mercado que é sempre gera altos retornos. Basta ver como as gravações e até mesmo remakes de filmes dessa época se tornam grandes sucessos.

Ainda não há data prevista para a chegada o brinque no mercado brasileiro. Mas já é aguardado com grande ansiedade por aqueles que viveram a década de 1990.

Relançamento

Segundo a empresa, o relançamento do item se tornou uma ideia fértil ao acompanharem o crescimento da busca por produtos da década de 1990.

Afinal, quem viveu esse período está por volta de seus 30 anos e já possui um certo poder aquisitivo para comprar aquilo do que sente saudade.

Já que o Tamagochi foi uma verdadeira febre, a empresa viu com bons olhos a tentativa de retomar os lucros que teve no final do século passado.

Ainda há a possibilidade da atual geração de crianças também ter interesse no brinquedo. Afinal, elas podem criar um bichinho de maneira simples, sem ter de ficar buscando qual o aplicativo em que ele está.

Ao mesmo tempo, é um método dos pais ensinarem as crianças a terem cuidados com os aparelhos eletrônicos e se inteirarem de como se cuidar bem de algo.

O mercado da nostalgia

Quase todos os adultos sentem saudades de algum brinquedo da época de infância. Até mesmo de algum doce ou de algum parque de diversão.

Afinal, a maioria das pessoas possui as melhores memórias dessa época, em que não era preciso ter tanta responsabilidade.

Assim, a nostalgia também é um negócio a ser explorado. Caso você ainda tenha o seu Tamagochi da década de 1990 e em bom funcionamento, não deixe de ir a uma loja de brinquedos antigos para atestar o seu valor.

Afinal, é sempre bom relembrar das nossas brincadeiras de criança e despertar aquele sentimento de alegria.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.
“Não posso admitir que, com dinheiro público, façam filmes como Bruna Surfistinha”
2.
Bolsonaro leva filho mais novo para cúpula do Mercosul: “Embaixador mirim”
3.
VÍDEO: Caetano Veloso aparece rindo e debochando do inglês de Eduardo Bolsonaro
4.
Gentili faz piadas com família Bolsonaro, insinua perfis fakes e ironiza demissão do SBT
5.
“Eduardo fala inglês, espanhol e frita hambúrguer, tá legal?”, reafirma Bolsonaro
6.
IMAGEM FORTE: Brinquedo de parque de diversões se rompe e deixa dois mortos
7.
Homem desempregado se revolta por mulher sustentar a casa e a mata
8.
Festa de São Firmino deixa 35 feridos e 8 chifrados, na Espanha
9.
A privatização da Vale compensou?
10.
Em 2017 mais de 20 mil empresas fecharam as portas
500x500
500x500