Atriz Shelley Lubben denuncia indústria pornô

Atriz Shelley Lubben denuncia indústria pornô

Atriz Shelley Lubben denuncia indústria pornô

Na década de 1990, Shelley Lubben ficou famosa pelos seus filmes pornográficos. Depois de oito anos nessa vida, criou uma rede para resgatar adolescentes e mulheres vítimas dessa indústria. Seu relato é uma denúncia forte em relação aos muitos abusos que ocorrem todos os dias. Acompanhe o artigo.

Mais sobre Shelley Lubben

Shelley Lubben, ex-atriz pornográfica, deixou o cenário da década de 90 depois de oito anos nesse trabalho, e revelou os absurdos que aconteceram com ela e com muitas outras mulheres. Para a mulher, o mundo pornográfico é podre.

É um mundo dominado por homens nos sets de filmagem, com filmes majoritariamente consumido por eles, de modo que há uma grande opressão em relação a essas mulheres.

Shelley revela que já fora obrigada a fazer coisas que não estavam acordadas com o agente, coisas que ela não tinha concordado em fazer e teve que realizar pela opressão, seja por falarem que não lhe pagariam, por a ameaçarem de processo ou até mesmo violência física.

Shelley começou nessa profissão a partir das vivências com sua família disfuncional. Foi entregue à sexualidade muito cedo, sendo abusada por um adolescente e sua irmã aos nove anos. Além disso, seus pais lhe permitiam que visse coisas inapropriadas. Pela ausência do pai, Shelley se revoltou e começou a sair com garotos, até que foi expulsa de casa, onde conheceu um cafetão abusivo. Então, foi “salva” por uma mulher que a introduziu à indústria pornô.

As DSTs presentes na indústria

Shelley contou que praticamente toda estrela pornô teve alguma doença venérea, por mínima que fosse, pois a indústria pornográfica é um ambiente sujo. Nela, nem sempre há preservativos, além de que é possível fabricar um exame médico falso para ocultar doenças sexuais.

No fim, estrelas pornô estão sujeitas a doenças sexualmente transmissíveis. Shelley Lubben ainda contou que a sociedade contribui para a indústria pornô e para a exploração de mulheres e crianças nela, ao assistir a esse conteúdo.

De acordo com o Wikipédia e com outros veículos de notícia, Shelley Lubben faleceu no dia 09 de fevereiro de 2019, de “causa não conclusiva”. Pesquise a respeito de sua fundação de resgate de mulheres e jovens: Pink Cross.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

500x500
500x500