Bolsonaro ataca pai de Michele Bachelet, morto pela ditadura chilena

 
Na manhã desta quarta-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para causar polêmica mais uma vez. Ele atacou o pai de Michele Bachelet, comissária da ONU e ex-presidente do Chile.

Bachelet disse que o Brasil está sofrendo "redução do espaço democrático", sobretudo com os ataques aos defensores dos direitos humanos e da natureza.

"Michelle Bachelet, seguindo a linha do Macron em se intrometer nos assuntos internos e na soberania brasileira, investe contra o Brasil na agenda de direitos humanos (de bandidos), atacando nossos valorosos policiais civis e militares

Diz ainda que o Brasil perde espaço democrático, mas se esquece que seu país só não é uma Cuba graças aos que tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973, entre esses comunistas o seu pai brigadeiro à epoca"

00
00
Mobil uygulamamızı indirdiniz mi? Hemen indir