Trump manda taxar o aço do Brasil e Bolsonaro definitivamente é seu cachorrinho

 

Nesta segunda (2), o presidente Donald Trump decidiu agredir seu cachorrinho chamado Biroliro e pode ser condenado por maus tratos, entretanto, o dog continua lambendo seu dono.

Trump afirmou que as economias de Brasil e Argentina estão desvalorizando suas moedas e afirmou que retomou as tarifas do aço e alumínio vindo desses dois países hermanos.

“Brasil e Argentina têm presidido uma desvalorização maciça de suas moedas. O que não é bom para nossos agricultores. Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todo o aço e o alumínio enviados para os EUA a partir desses países”, disse o cara laranja.

Questionado, Biroliro, que sempre se gabou por ser o cachorrinho de Trump, afirmou que irá lamber o presidente americano com mais intensidade. “Vou falar com o Guedes hoje. Alumínio? Vou falar com o Paulo Guedes agora. Vou conversar com o Paulo Guedes. Se for o caso, ligo para o Trump. Eu tenho um canal aberto com ele”.

00
00