Brasil afirma para ONU que não houve golpe em 64, e que o governo afastou comunistas

Brasil afirma para ONU que não houve golpe em 64, e que o governo afastou comunistas

Politica
Coleção Politica
Brasil afirma para ONU que não houve golpe em 64, e que o governo afastou comunistas

Nos últimos dias houve um grande debate sobre o Golpe Militar de 64, o relator especial da ONU, Fabian Salvioli, afirmou que o Brasil sofreu sim um golpe. O Governo Bolsonaro decidiu enviar um telegrama para a ONU hoje, nele, a afirmação de Salvioli é criticada. O conteúdo diz que não houve golpe, e que os militares afastaram uma “ameaça comunista”.

O conteúdo da mensagem foi confirmado tanto pelo governo brasileiro, quanto pela ONU. O texto é uma crítica direta às palavras ditas por Salvioli na última semana, onde ele afirmou que a comemoração de um regime militar ditatorial é algo “imoral e inadmissível”.

Na ocasião, o relator especial afirmou:

“Tentativas de revisar a história e justificar ou relevar graves violações de direitos humanos do passado devem ser claramente rejeitadas por todas as autoridades e pela sociedade como um todo”.

Salvioli ainda disse:

“Comemorar o aniversário de um regime que trouxe tamanho sofrimento à população brasileira é imoral e inadmissível em uma sociedade baseada no Estado de Direito. As autoridades têm a obrigação de garantir que tais crimes horrendos nunca sejam esquecidos, distorcidos ou deixados impunes”

O governo brasileiro disse que as afirmações feitas pelo argentino não possuem fundamento, e pediu para que a Organização das Nações Unidas respeite os processos nacionais, além disso, o governo disse que as comemorações do dia 31 de Março ocorreram em anos anteriores.

No telegrama enviado pelo governo federal, podemos destacar essa parte:

“O presidente reafirmou em várias ocasiões que não houve um golpe de Estado, mas um movimento político legítimo que contou com o apoio do Congresso e do Judiciário, bem como a maioria da população. As principais agências de notícias nacionais da época pediram uma intervenção militar para enfrentar a ameaça crescente da agitação comunista no país.”

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.
Um ovo custa o mesmo que 93,3 milhões de litros de gasolina na Venezuela
2.
'Aí vai na balada, bebe e vira machão' suposto policial dispara arma para se exibir
3.
A Virada Cultural injetou R$ 235 milhões na economia de SP
4.
Homem é sequestrado após dar calote e não pagar conta em bordel
5.
Chico Buarque vence Prêmio Camões, o mais importante da língua portuguesa
6.
“Quem discorda do Bolsonaro é comunista” Kim Kataguiri critica presidente
7.
Com o decreto de Bolsonaro, qualquer brasileiro poderá comprar um fuzil
8.
Conheça a namorada de Lula, petista diz estar apaixonado e quer se casar
9.
Marta termina com sueca e assume namoro com colega de time
10.
O brasileiro não tem um dia de paz: Versão brasileira de Shallow gera memes
500x500
500x500