Adeus chapinha, os crespos estão de volta!

De um certo tempo para cá, cada vez mais estamos vendo as mulheres deixarem as químicas de lado e assumindo os seus lindos cachos. Mas se engana quem pensa que essa é uma atitude fácil.

Durante muito tempo, o cabelo liso era tido como o padrão de beleza. Com isso, muitas mulheres se sentiam na obrigação de alisar os seus cabelos para se adequarem aos padrões impostos pela sociedade.

Felizmente, isso já não acontece mais. Hoje em dia, as mulheres crespas, cacheadas e onduladas estão aceitando os seus cabelos como são. E o melhor: sentindo orgulho dos seus lindos cachos.

Transição: dificuldades no processo

O primeiro passo para deixar a química de lado de uma vez por todas é se aceitar. O processo de aceitação é fundamental para que a mulher consiga passar pela transição com determinação.

A transição capilar é a fase em que acontece a retomada dos cabelos naturais. E o tempo de duração dessa fase varia de uma pessoa para outra. Durante esse período, é muito importante que a mulher cuide bem do seu cabelo, que ela siga à risca o cronograma capilar e que esteja certa do que quer.

Passar pela transição capilar não é uma tarefa muito simples. E, durante o processo, podem surgir algumas dificuldades bem comuns como:

Vontade de usar a chapinha

Você só vai conseguir atrapalhar a sua transição se insistir em usar a chapinha. A partir do momento em que você decidir assumir as suas madeixas, você deve se esquecer da chapinha de uma vez por todas, pois ela é capaz de danificar e muito os seus cachos. Se você quer cachos, então tem de se libertar da chapinha.

Falta de dinheiro

Hoje em dia existe uma variedade muito grande de produtos para transição capilar. A questão é que, nem sempre, a gente tem dinheiro para comprar tudo o que precisa. Mas calma! Isso não é motivo para desistir da transição ou desanimar, pois também existem diversos tutoriais sobre alternativas muito eficazes para ajudar quem está nessas condições.

E acredite, você não é a única pessoa passando pela transição, e muito menos sem dinheiro para comprar todos os produtos recomendados.

Vontade de desistir

As vezes vai te dar vontade de desistir mas isso não significa que você é uma pessoa fraca. O que acontece é que, em muitos casos, o processo de transição pode ser um pouco mais demorado; ou aquelas pessoas sem noção chegam até você para contar, como se você não soubesse, que o seu cabelo apresenta duas texturas, com a raiz mais ondulada e as pontas esticadas... e por aí vai... Nesse momento, acontece muito de nossa autoestima ficar lá embaixo.

Para conseguir superar as críticas, pense em como os seus cachos ficarão radiantes e lindos depois de terminada a transição capilar!

Ansiedade

Vai bater aquela ansiedade de chegar logo no resultado final e isso é totalmente normal. Você precisa entender que o cabelo necessita de um tempo para nascer e crescer. O processo de transição capilar não termina da noite para o dia. Procure distrair a mente com outras coisas, se exercite, faça uma atividade física, procure outras coisas que te ajudem a não pensar somente na transição. Treine a sua mente, trabalhe a sua paciência.

Por fim, lembre-se que o mais importante é estar de bem consigo mesma e tudo ficará bem!

0