Mulher de 18 anos tem cesariana negada e morre após parto normal

Foto: Igor Aparecido Pereira

A família de Ana Paula Saqui de Paula, estudante de 18 anos fez um boletim de ocorrência contra o Hospital São Luiz de Boituva. A estudante faleceu após o parto normal, segundo familiares, ela pediu por cesariana.

“A família ficou abalada, mas tem que ser forte por causa da Estella. Já estou com ela em casa e ela está boazinha, graças a Deus. Todo mundo dá assistência. Até os amigos. Todo mundo ficou triste com o que aconteceu”
afirmou Igor, companheiro da jovem.

Ele disse que se emocionou bastante ao ver a filha pela primeira vez, a menina passa bem e já recebeu alta nesta terça (30).

O caso

Ana Paulo, grávida de 9 meses, deu entrada no Hospital São Luiz de Boituva na quinta-feira (25), ela recebeu atendimento e foi sugerido que ela aguardasse o trabalho de parto em casa ou no hospital. Ela foi medicada e voltou para a residência.

Na madrugada do dia 26 eles voltaram para a unidade, às 12h a equipe médica afirmou que a dilatação estava apta para a realização do parto. Ana Paula pediu por uma cesariana e a médica perguntou pelo anestesista.

Segundo consta no B.O, ela recebeu a informação de que o profissional só chegaria ao hospital por volta das 16h. A médica teve de tentar o parto normal com uso do fórceps, inicialmente tudo correu bem, o parto foi feito e a criança nasceu sem problemas.

Porém, após ser encaminhada para o quarto, Ana Paula começou a ter hemorragia. O caso ficou muito grave e ela foi transferida para outro hospital, mas faleceu antes de chegar lá.

O Hospital São Luiz de Boituva informou que está apurando o caso e dando apoio para a família.

0