SEGUE
Recentes

Economia e Negócios Coleção

Luiza NunesLuiza Nunes
2 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

Estudante publica desperdício de água da vizinha e terá de pagar indenização

Por causa de uma publicação nas redes sociais uma estudante terá de pagar uma indenização de R$ 3 mil para a vizinha. A jovem publicou sua insatisfação com o suposto desperdício de água cometido pela mulher em Bandeira do Sul (MG).

O TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) entendeu que a divulgação de comentários ofensivos nas redes sociais configura ato ilícito capaz de ferir a honra e imagem da pessoa.

Os pais da garota serão obrigados a pagar os R$ 3 mil, e a jovem deverá publicar um pedido de desculpas no Facebook sob pena de R$ 500 ao dia.

A vítima solicitou a indenização afirmando que a garota publicou informações que prejudicaram sua imagem sem a autorização dela e incitando ódio e revolta, além de ofender sua reputação.

O juiz Felipe Lírio foi o responsável pela condenação e os pais da jovem recorreram afirmando que ela só usou as redes sociais para manifestar seu direito à livre expressão.

O relator Luciano Pinto afirmou que a postagem extrapolou os limites do razoável causando desonra, tornando obrigatório a indenização da vítima. “Restou, pois, incontroverso nos autos o fato de que a requerida fez uso da rede de relacionamentos facebook para publicar comentários negativos e ofensivos, que atingiram a imagem da autora, não havendo que se falar em ausência de prova do dano”

0
0