Gilmar Mendes libera pedido de liberdade de Lula para julgamento

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes liberou nesta segunda-feira (10) um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Lula. Sendo assim, o caso poderá ser julgado.

O habeas corpus questiona a atuação do ex-juiz e atual ministro Sergio Moro durante o processo que condenou o ex-presidente Lula. O pedido aponta a suspeição de Moro e poderá ser analisado já nesta terça (11), ou no dia 25, pela Segunda Turma do STF.

O pedido foi apresentado pela defesa de Lula no ano passado, quando Sergio Moro aceitou o convide de Jair Bolsonaro para comandar o Ministério da Justiça.

Em abril desse ano o STJ (Supremo Tribunal de Justiça) analisou o caso e manteve a condenação, porém reduziu a pena de doze anos e um mês para oito anos e dez meses.

0