SEGUE
Ciência e Tec / Vida Digital

José Aldair Morsch's Vida Digital Collection

José Aldair MorschJosé Aldair Morsch
7 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

LAUDO DE TESTE ERGOMÉTRICO: O QUE É? PARA QUE SERVE?

O laudo de teste ergométrico é uma demanda comum em clínicas e hospitais.

Também conhecido como teste de esforço, trata-se de um exame que verifica como está sistema cardiovascular do paciente quando sujeito a uma maior exigência.

E, por ser um exame tão importante, que avalia inúmeras variáveis, seu laudo deve ser assinado por cardiologistas.

Se você quer saber mais sobre o teste ergométrico, para que serve e como se dá a emissão do seu laudo no formato a distância, está no lugar certo.

Continue a leitura do artigo e descubra todas as informações que você precisa sobre o teste ergométrico.

O que é laudo de teste ergométrico?

O que é laudo de teste ergométrico?

O que é laudo de teste ergométrico?

O laudo de teste ergométrico é o documento que apresenta as conclusões a respeito do exame.

O chamado teste de esforço é realizado com o objetivo de obter informações sobre como acontece o funcionamento do coração do paciente durante a realização de uma atividade física.

Isso porque, ao realizá-la, o coração começa a bater mais forte e rápido que o usual e esse exame consegue revelar problemas cardíacos que aparecem somente durante o esforço.

Ou seja, ele identifica possíveis anormalidades que não seriam detectadas ou diagnosticadas em repouso.

Para tanto, durante o teste, é realizado o registro do eletrocardiograma e da pressão arterial do paciente, assim como a observação do comportamento da sua frequência cardíaca.

Portanto, ele é um exame essencial para a identificação e o diagnóstico de arritmias, isquemias miocárdicas, alterações anormais na pressão arterial, entre outras condições clínicas.

Por que realizar teste ergométrico?

Por que realizar teste ergométrico?

Por que realizar teste ergométrico?

Como vimos até aqui, o teste ergométrico tem como principal objetivo avaliar como vai a saúde do sistema cardiovascular do paciente.

Ou seja, ele avalia o funcionamento do coração quando submetido a um maior esforço.

É um teste que analisa como está a capacidade funcional cardiorrespiratória, podendo detectar arritmias e anormalidades da pressão arterial e de isquemia miocárdica.

Também avalia o surgimento de sopros, sinais de falência ventricular esquerda e ainda permite a avaliação funcional de doença cardíaca já conhecida.

Para que serve o teste ergométrico?

Para que serve o teste ergométrico?

Para que serve o teste ergométrico?

O teste de esforço é realizado para a observação e análise de sintomas de doenças cardíacas.

Para tanto, utiliza o eletrocardiograma digital para avaliar se existe algum entupimento das coronárias.

Além disso, esse exame analisa o comportamento da pressão arterial das artérias e a variação da frequência cardíaca durante, antes e após a realização do esforço de caminhada em esteira ou pedalada em bicicleta.

Nesse sentido, podemos dizer que ele é um exame inicial bastante completo e amplo, uma vez que ajuda a identificar a formação de placas de gordura nas artérias coronárias, além de quadros de arritmias, insuficiência cardíaca e hipertensão arterial.

O teste ergométrico serve ainda para:

  • Liberar o paciente para a realização de exercícios
  • Guiar o tratamento de doenças cardíacas
  • Reconhecer distúrbios hemodinâmicos durante o exercício
  • Avaliar a capacidade funcional e a condição aeróbica do paciente
  • Prescrever exercícios
  • Avaliar o resultado de tratamentos
  • Apresentar ao paciente suas reais condições físicas
  • Fornecer dados para a realização de perícia médica.

Cabe dizer ainda que o laudo de teste ergométrico contribui para esses objetivos, mas é comum que médicos peçam exames complementares antes de fechar um diagnóstico exato.

Principais indicações da ergometria em esteira

Principais indicações da ergometria em esteira

Principais indicações da ergometria em esteira

Há diversos nomes pelos quais o teste ergométrico é conhecido.

Veja alguns deles:

  • Teste de esforço
  • Teste de esteira
  • Exame de esforço
  • Teste de estresse cardiovascular.

Apesar das diferentes nomenclaturas, todas dizem respeito ao mesmo exame.

Ele é indicado tanto para o diagnóstico como para a avaliação da progressão de doenças arteriais coronarianas, como vimos anteriormente.

As 6 principais indicações do teste ergométrico

Conheça agora as principais indicações para a realização do exame de esforço:

  1. Detectar anormalidades no sistema cardiovascular, como é o caso de arritmias cardíacas, picos de elevação ou diminuição da pressão das artérias e isquemia miocárdica.
  2. Diagnosticar o surgimento ou a progressão de sopros
  3. Analisar como vai a capacidade cardiorrespiratória do indivíduo
  4. Diagnosticar sintomas que possam indicar a falência ventricular
  5. Analisar o desenvolvimento de doenças cardíacas previamente diagnosticadas
  6. Complementar o eletrocardiograma duvidoso.

No caso de indivíduos que já foram tratados de doenças no coração, o exame também pode ser recomendado antes da prescrição de atividades físicas ou de dietas restritivas.

Ele pode ser solicitado por médicos clínicos, profissionais de educação física ou nutricionistas.

Consiste na realização de uma caminhada em diferentes intensidades, com corrida ao final da prova – quando possível -, para acompanhar como o coração reage a cada carga de esforço.

Quem pode emitir o laudo do teste ergométrico?

Em primeiro lugar, é importante salientar que o exame ergométrico só pode ser realizado com acompanhamento especializado.

Caso o médico que irá realizar o exame não seja cardiologista, é necessário que ele passe por um treinamento anterior.

Isso também permite que o resultado obtido e que será enviado para a produção do laudo seja o mais correto possível.

Mas, afinal, quem pode fazer esse laudo?

Por ser um exame que necessita de uma análise de dados muito complexa, que envolve combinações de frequência cardíaca, ritmo cardíaco e informações traçadas no eletrocardiograma, o seu lado deve ser feito somente por um cardiologista.

Como é o laudo de teste ergométrico?

Como é o laudo de teste ergométrico?

Como é o laudo de teste ergométrico?26

O laudo de teste ergométrico é um descritivo do comportamento do paciente durante a realização do exame de esforço em esteira.

Neste documento, o cardiologista apresenta como se comportaram alguns parâmetros biológicos a partir dos dados coletados.

Entre eles, estão:

  • Frequência cardíaca
  • Pressão arterial sistêmica
  • Ritmo cardíaco
  • Fluxo sanguíneo nas coronárias
  • Capacidade física do indivíduo.

Como vimos anteriormente, a realização do exame precisa contar com o acompanhamento de um cardiologista ou clínico geral ou médico de outra especialidade – desde que treinado para a sua realização.

Em seguida, esse resultado é enviado para ser laudado por uma empresa de telemedicina, com o objetivo de diagnosticar, avaliar o tratamento e até mesmo estimar possíveis complicações cardiovasculares futuras.

Parâmetros avaliados pelo cardiologista para emissão do laudo de teste ergométrico

Para que um laudo de teste ergométrico seja entregue com qualidade e precisão, o cardiologista precisa realizar uma interpretação detalhada e analisar fatores clínicos do paciente.

Idade, gênero, probabilidade genética para o desenvolvimento de doença cardíaca e outros aspectos são de grande importância para que o médico realize uma avaliação correta.

O laudo em si contém quatro partes principais:

  • Descrição geral: apresenta de maneira mais generalizada o exame, o que foi feito e metodologias utilizadas
  • Resultados: traz os dados e informações sobre o resultado do exame
  • Interpretação: avaliação dos dados e análise realizada pelo médico responsável
  • Conclusões: informações sobre o que o médico encontrou no exame, o que ele conclui a partir dos dados coletados e análises realizadas.

Além disso, na parte dos resultados, existem cinco parâmetros principais que são avaliados pelo médico responsável por produzir o laudo.

São eles:

  • Pressão arterial
  • Frequência cardíaca
  • Sinais e sintomas de alerta (variáveis clínicas)
  • Traçado eletrocardiográfico
  • Consumo de O2 e MET

A seguir, vamos falar um pouco mais sobre esses parâmetros e como interpretá-los.

Como interpretar os resultados do laudo de teste ergométrico?

Como interpretar os resultados do laudo de teste ergométrico?

Como interpretar os resultados do laudo de teste ergométrico?

Confira, agora, detalhes importantes sobre a interpretação do exame, que dão origem ao laudo de teste ergométrico.

Variáveis clínicas

Durante a realização do teste, é importante estar atento a qualquer sinal ou sintoma que seja observado ou relatado pelo paciente.

Alguns dos mais comuns são cansaço, palidez, lipotimia, cianose, vertigem e dores nos membros inferiores.

Todos eles devem ser anotados e avaliados conforme a situação.

Pressão arterial

Ao realizar exercícios, é comum que a pressão arterial sistólica do paciente suba e a diastólica permaneça estável ou mesmo caia.

Quando ela sobe mais do que os valores normais, pode ser que o paciente possua alguma doença isquêmica e que o seu miocárdio tenha dificuldade para se contrair durante o esforço.

Já a queda da pressão sistólica durante a atividade é um sinal de alerta, pois está relacionada a doenças cardíacas mais graves.

Frequência cardíaca

Durante o exercício, é normal que a frequência cardíaca aumente.

Assim, é satisfatório que o paciente atinja mais 85% de frequência cardíaca predita.

Quando essa frequência cai, isso pode indicar doença cardíaca grave.

Já a sua elevação exacerbada ocorre em pacientes sedentários, ansiosos, com hipertireoidismo, anemia ou outras alterações metabólicas.

Alterações eletrocardiográficas

A análise desse parâmetro ocorre por meio da avaliação das modificações do segmento ST – infradesnivelamento e supradesnivelamentos em relação à linha base – e da onda U.

Quando ocorrem, podem significar isquemia miocárdica, arritmias cardíacas complexas, bloqueios de ramo, dor torácica atípica, hipotensão e incompetência cronotrópica.

Consumo de O2 e MET

O MET é uma unidade de medida que representa como está o consumo de oxigênio por unidade de tempo e quilo de peso.

Nesse sentido, o consumo de O2 – ou VO2 – é proporcionalmente equivalente à quantidade de MET.

E esses dois valores são estimados no teste ergométrico.

Assim, é importante estar atento para essas medidas, já que o VO2 baixo está relacionado a um prognóstico ruim, enquanto níveis elevados podem significar uma sobrevida.

A aquisição de laudo de teste ergométrico pode ser realizada de 2 formas

A aquisição de laudo de teste ergométrico pode ser realizada de 2 formas

A aquisição de laudo de teste ergométrico pode ser realizada de 2 formas

As duas formas de aquisição do laudo do teste de esforço são as seguintes:

  1. O médico pode ter o aparelho e realizar o exame completo, como é o caso de consultórios que possuem cardiologistas em sua equipe
  2. O clínico geral realiza o exame no paciente e, em seguida, terceiriza a interpretação do laudo, recorrendo a uma empresa de telemedicina para a sua elaboração.

Sendo assim, o grande diferencial na realização do laudo de teste ergométrico com o auxílio da telemedicina diz respeito ao fato de que os resultados podem ser avaliados à distância e em tempo real por profissionais especialistas.

Nesse sentido, o indivíduo que realiza o teste pode ter a certeza de que o seu exame será interpretado e analisado com eficácia, precisão e rapidez.

Isso porque os resultados serão computadorizados, e dessa forma, analisados pelo médico especialistas de modo preciso e garantido.

Como o laudo de teste ergométrico é entregue pela telemedicina?

Os avanços da tecnologia permitiram que a telemedicina oferecesse assistência médica eficaz e qualificada mesmo para pacientes e comunidades afastadas dos grandes centros urbanos.

Neste sentido, o laudo funciona da seguinte maneira:

  • O indivíduo faz o exame que será enviado para análise em tempo real por médico cardiologista, usando uma plataforma de telemedicina em nuvem, que funciona 24 horas por dia
  • Em seguida, o laudo de teste ergométrico será repassado ao paciente, que saberá qual é o próximo procedimento a ser tomado em relação ao resultado do exame.

Ou seja, a medicina vem se destacando no mercado da tecnologia, utilizando a internet e a computação para a realização de laudos à distância também para interpretar o resultado do teste ergométrico.

A tecnologia permite que ele seja liberado em até 30 minutos para qualquer clínica que tenha um profissional que realize o exame.

Aproveitar esse benefício é levar mais opções de exames para as zonas remotas, melhorando o atendimento da população e, consequentemente, os lucros das pequenas clínicas.

Benefícios do laudo de teste ergométrico

Benefícios do laudo de teste ergométrico

Benefícios do laudo de teste ergométrico

Confira agora quais são as principais razões para apostar em um laudo de teste ergométrico a distância.

1. O laudo de teste ergométrico fica salvo na nuvem em segurança

A plataforma da Telemedicina Morsch permite que os laudos sejam armazenados de forma automática, na nuvem – um local seguro na internet.

Isso faz com que os arquivos e documentos fiquem protegidos de invasões e também das intempéries.

Afinal, o mecanismo de armazenagem na nuvem possui mecanismos de segurança, como criptografia e senhas.

2. Disponibilidade de segunda opinião médica quando solicitado

Como vimos, a interpretação dos resultados do teste ergométrico necessita de um profissional especializado e que tenha atenção aos detalhes.

Por isso, ter dúvidas sobre a conclusão e os laudos deste exame podem surgir.

Nesse sentido, a Morsch disponibiliza a consulta de segunda opinião médica por meio da plataforma de telemedicina.

3. O laudo do teste ergométrico é interpretado por cardiologistas

A Telemedicina Morsch possui uma equipe completa de especialistas para realizar a análise dos exames e elaborar os laudos médicos.

No caso do teste ergométrico, todos os laudos são interpretados e avaliados por cardiologistas com experiência não apenas na área, mas também na realização do teste, que assinam digitalmente o laudo online.

4. O laudo do teste ergométrico pode ser emitido 24 horas por dia

Com atendimento 24 horas por dia, sete dias por semana, até aos finais de semana e feriados, a Morsch está sempre pronta para ser sua parceira.

Ou seja, independentemente do dia ou horário, ela terá especialistas trabalhando em sua plataforma de telemedicina para produzir os laudos dos exames.

Sobre a Telemedicina Morsch

Com um time de especialistas, softwares de ponta e um portal intuitivo, a Telemedicina Morsch é a parceira ideal para quem deseja implementar a emissão de laudos à distância.

Além de oferecer o laudo de teste ergométrico, ela disponibiliza esse serviço para exames como eletroencefalograma, polissonografia, diferentes tipos de raio-x e outros procedimentos em cardiologia, radiologia e pneumologia.

Outro benefício é a possibilidade de utilização da modalidade de aluguel em comodato.

Funciona assim: você contrata uma quantidade de laudos e, enquanto durar a parceria, pode usar sem custos adicionais os equipamentos digitais necessários para a realização dos exames.

Dessa forma, o comodato da Morsch beneficia negócios dos mais diversos portes, já que permite a produção e liberação de laudos em menos tempo, reduzindo os custos com a contratação de especialistas e a aquisição de equipamentos médicos.

E ainda permite que a empresa amplie a sua oferta de serviços e consiga atender mais pacientes.

Conclusão

Neste artigo, destaquei a importância do acompanhamento de um médico especialista durante a realização do teste ergométrico, assim como no momento de laudar os seus resultados.

Com o uso da telemedicina, é possível garantir não apenas laudos detalhados e completos, mas que a sua análise e conclusão sejam feitas por profissionais experientes e especialistas no exame.

Além de trazer benefícios como agilidade, segurança e a disponibilidade de solicitar uma segunda opinião médica.

Caso ainda tenha dúvidas sobre como funciona a emissão de laudos à distância e a utilização da plataforma de telemedicina, entre em contato com a Morsch.

Nossos especialistas estão à disposição para responder seus questionamentos e preparar um orçamento para que a sua clínica se beneficie dessa tecnologia.

Aproveite também para conhecer e testar gratuitamente a nossa plataforma.

E, se gostou deste artigo, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais e acompanhar o nosso blog para conferir mais conteúdos como este.

Referências Bibliográficas

Meneghelo RS, Araújo CGS, Stein R, Mastrocolla LE, Albuquerque PF, Serra SM et al/Sociedade Brasileira de Cardiologia. III Diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Teste Ergométrico. Arq Bras Cardiol 2010; 95(5 supl.1): 1-26.

Este artigo foi originalmente publicado em https://telemedicinamorsch.com.br/blog/laudo-de-teste-ergometrico

0
0
0
0
José Aldair Morsch's Vida Digital Collection

QUALIDADE DO ELETROCARDIOGRAMA: FATORES QUE PREJUDICAM A QUALIDADE DO ECG

A qualidade do eletrocardiograma depende de uma série de fatores, que envolvem equipamentos, técnicas, posicionamento do paciente e eletrodos.

Problemas em qualquer um deles podem resultar em distorções nos gráficos do exame, que prejudicam sua interpretação, requerendo um novo teste para monitorar a atividade cardíaca.

Há alterações no ECG que podem ser identificadas com facilidade durante o procedimento, enquanto outras são mais difíceis de detectar.

Daí a importância de conhecer o traçado de um....

0