‘Língua difícil’, cultura diferente e frio intenso: Na Finlândia, meia Murillo Fioravante supera dificuldades e mira ”ótima temporada” na liga nacional 

‘Língua difícil’, cultura diferente e frio intenso: Na Finlândia, meia Murillo Fioravante supera dificuldades e mira ”ótima temporada” na liga nacional 

FutBlog
Autor FutBlog
Futebol
Coleção Futebol

Localizada no Sudoeste da Finlândia, a cidade de Paimio é o novo lar do meia Murillo Fioravante. Aos 22 anos, o brasileiro, que possui cidadania italiana, acertou com o Paimion Haka, tradicional clube do país. O jogador inclusive já fez a sua estreia pela nova equipe. Ele atuou no revés por 1 a 0 diante do Pargas Idrottsförening, em partida que aconteceu na última quinta-feira (4), pela primeira rodada da Liga Kolmonen.

Na Finlândia desde o final de março, Murillo explica como tem sido a sua adaptação ao novo país. ”Estou me adaptando aos poucos. É uma cultura diferente e uma língua difícil. Em relação ao futebol, percebi que é um estilo de jogo bem diferente do Brasil, no qual eu estava acostumado. Aqui é um jogo mais truncado, muito tático e de muita força. Aos poucos vou pegando o jeito das coisas”, disse o jogador, que no Brasil atuou por clubes como Rio Claro, Oeste e Santa Cruz-RN.

Além das dificuldades normais sofridas pelos atletas que chegam a um novo clube, como adquirir entrosamento e se adaptar ao estilo de jogo do time, Murillo Fioravante tem enfrentado outro obstáculo na Finlândia. Tratam-se das baixas temperaturas do país, um dos mais frios da Europa. O brasileiro, porém, garante que isto não atrapalha o seu rendimento dentro de campo. ”Aqui é bem frio e os termômetros registram temperaturas baixas durante boa parte do ano. Porém, não acho que isso seja um ponto negativo. Particularmente, isso não atrapalha o meu rendimento”, destacou o meio-campo, natural de Jaú (SP).

Focado em realizar uma boa temporada com a camisa do Paimion Haka, Murillo Fioravante revela as suas expectativas para a a sequência da Liga Kolmonen. ”As expectativas são muito boas, o clube fornece uma excelente estrutura para que possamos desenvolver o nosso trabalho. Estamos todos trabalhando forte para que possamos realizar uma ótima temporada e alcançar os objetivos traçados”, concluiu.

O Paimion Haka volta a campo na próxima quinta-feira (11). Às 13h (horário de Brasília), a equipe recebe o Maskun Palloseura, pela segunda rodada da Liga Kolmonen.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.
Vencedor de concurso de física é na verdade um ator pornô 
2.
“A Bahia é um lixo” afirma Delegado Waldir, líder do PSL na Câmara
3.
Aplicativo brasileiro que traduz português para Libras é premiado no Google
4.
Homem é sequestrado após dar calote e não pagar conta em bordel
5.
“Quem discorda do Bolsonaro é comunista” Kim Kataguiri critica presidente
6.
Desigualdade de renda atinge maior nível já registrado, afirma FGV/IBRE
7.
Pai raspa cabelo de filha que cometia bullying e gera polêmica
8.
Mulher se cansa de vizinhos “intrometidos” e faz uma faixa hilária
9.
“Tudo pequenininho aí?” Bolsonaro fala com japonês sobre o PIB brasileiro
10.
Livraria carioca envia livro de Kafka com 25% de corte para ministro da educação
500x500
500x500