Mais 42 agrotóxicos são aprovados pelo Ministério da Agricultura, são 211 em seis meses

Nesta segunda-feira (24) a aprovação do registro de 42 agrotóxicos foi publicada no Diário Oficial da União, com isso já são 211 apenas nos primeiros seis meses desse ano.

As fabricantes como Dow, Agrosciences, Syngenta e Bayer (a mesma que fabrica remédios) estavam esperando essa liberação há aproximadamente quatro anos. Ela inclui na parte teórica apenas um produto novo, os outros são ‘genéricos’ de produtos já disponíveis no mercado.

O novo agrotóxico liberado se chama Rinksor, e é feito à base de Florpirauxifen-benzil, de acordo com o Ministério da Agricultura, o produto novo “apresenta alta eficiência contra a infestação de diversas plantas daninhas”.

Ainda segundo o ministério, a provação de todos esses agrotóxicos genéricos irá fazer com que o mercado no setor fique com preços mais competitivos. O coordenador de Agrotóxicos e Afins do Ministério da Agricultura, Carlos Venâncio, afirmou:

“As aprovações de novos produtos técnicos equivalentes significam que novas fábricas estão autorizadas a fornecer ingredientes ativos para fabricação dos produtos formulados que já estão registrados, possibilitando um aumento na concorrência no fornecimento industrial destas substâncias”

Segundo especialistas de saúde, ainda que genéricos, essa liberação em massa pode aumentar os riscos da população.

AGRO É TECH
AGRO É POP
AGRO É TÓXICO
0