Mais de 1 milhão de pessoas perderam o título de eleitor

O prazo para justificar a ausência nas urnas nas últimas três eleições se encerrou ontem (6), mais de 1 milhão de pessoas não justificaram e tiveram o título de eleitor cancelado.

Quem não justificou a falta de votos, além de ficar inepto e sem quitação eleitoral, também irá perder o direito a diversos direitos civis básicos, como por exemplo, tirar passaporte ou renovar a matrícula em uma instituição de ensino.

Só em Minas Gerais, segundo maior eleitorado do país, cerca de 230 mil pessoas tiveram seus títulos eleitorais invalidados.

Se você está em dúvida sobre sua situação eleitoral, é possível fazer uma consulta online no

Caso seu título esteja cancelado, será necessário fazer um processo para recuperá-lo, levando um documento com foto, o título, comprovante de endereço e o comprovante de pagamento da multa. Você consegue consultar tudo isso no site acima.

Os títulos cancelados são apenas aqueles onde a falta de votação não foi justificada por três eleições consecutivas, lembrando que o primeiro e segundo turno contam como duas.

Com o título cancelado, você fica impedido de:

  • Tirar passaporte e carteira de identidade
  • Receber salário, remuneração ou qualquer outro vencimento proveniente de um emprego no setor público
  • Conseguir empréstimos nos bancos estatais ou qualquer outra instituição de crédito gerida pelo governo
  • Se inscrever ou ser empossado em qualquer emprego público
  • Renovar a matrícula em instituições de ensino
  • Tirar qualquer documento pública
  • 0