Milagres do Messias: Lobão, Gentili e Janaína criticam atitude do presidente

Milagres do Messias: Lobão, Gentili e Janaína criticam atitude do presidente

Felipee
Autor Felipee
Política
Coleção Política
Milagres do Messias: Lobão, Gentili e Janaína criticam atitude do presidente

Jair Messias Bolsonaro não para de fazer milagres, após dizer que o Golpe de 64 deve ser comemorado no próximo dia 31, diversas pessoas conhecidas por fazerem campanha para o hoje presidente criticaram a atitude. Dentre elas, Lobão, Danilo Gentili e Janaína Paschoal estão inclusas.

Em apenas três meses, o Governo Bolsonaro já passa por uma crise política. Nomes indicados pelo presidente não deram certo, o Ministério da Educação está uma bagunça total, e as diversas falas polêmicas de Jair já começam a incomodar até mesmo seus “aliados”.

Lobão

O músico Lobão fez uma campanha pró Bolsonaro durante as eleições, o artista é conhecidamente um crítico da esquerda. Ele detonou o Partido dos Trabalhadores e os dogmas de origem comunista.

Aliás, muitos apoiadores de Bolsonaro fizeram de Lobão uma espécie de representante popular contra a esquerda. Porém, após a polêmica frase onde o presidente afirma que o Golpe de 64 deve ser comemorado, Lobão postou um vídeo nas redes sociais onde detona o Messias.

“Se não tivéssemos esse período escro**, não estaríamos agora sofrendo todas essas mazelas” disse o artista.

Ele ainda complementou dizendo “Ter saudades de um regime desses é de uma estupidez que revela exatamente aquilo que eu tenho falado sobre a direita. A gente não pode glorificar expedientes sombrios”.

O mais curioso é que as mesmas pessoas que idolatraram Lobão durante seu apoio ao presidente, agora o chamam de burro.

Danilo Gentili

Danilo Gentili é uma figura bastante conhecida por suas piadas polêmicas e o humor satírico. Assim como Lobão, o comediante fez duras críticas à esquerda política durante a campanha de presidência.

Embora seja conhecido por fazer piadas com tudo, ele afirmou por meio das redes sociais que repudia a declaração dita por Bolsonaro.

“Para que minhas posições, por vezes conservadoras, não sejam jamais mal compreendidas, faço questão de afirmar que ditadura militar no Brasil, como toda ditadura, foi abjeta e criminosa. Não adianta nada ficar revoltadinho com ditadura comunista e vir defender ditadura militar”.

Vale lembrar que a mensagem foi postada em seu Twitter através de um retweet de outra pessoa. E assim como com Lobão, eleitores do Bolsonaro agora criticam Danilo.

Janaína Paschoal

A deputada estadual Janaína Paschoal foi a parlamentar mais votada da história do Brasil, ela é membro do PSL, partido de Bolsonaro e era esperado inclusive que ela fosse a vice de Jair na corrida eleitoral.

Janaína assinou o pedido de Impeachment de Dilma, em 2016. Ela afirmou no twitter que o presidente Bolsonaro está com as mesmas características de Dilma.

“Bolsonaro também não consegue sair de 64 e as coisas não caminham bem”.

De fato, Bolsonaro está se mostrando ser um verdadeiro Messias, protagonizando milagres por onde passa.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

500x500
500x500